((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

UM RECADO ATEMPORAL E VIBRATÓRIO DE AÏVANHOV (UMA GRANDE AULA)


Bem caros amigos, estou extremamente contente e me alegro de reencontrá-los.

Então, se querem, eu lhes transmito todas minhas bênçãos e vamos proceder como de hábito, ou seja, numa troca de questões e respostas, que é meu modo habitual de proceder com vocês. Então, caros amigos, vamos.

Questão: onde estão as tribulações da Terra, nesse momento?
De qual ponto de vista? Se é o nosso, o seu, ou aquele daqueles que resistem? Porque, obviamente, não são de forma alguma a mesma visão, não é? Você compreendeu.

Então, começando por nós, o que vemos é que tudo segue seu ritmo e tudo segue um plano que está perfeitamente estabelecido pela Luz e que segue uma rota que está perfeitamente em harmonia com nossas esperanças (eu emprego a palavra esperança) as mais loucas com relação à humanidade e com relação aos inúmeros seres humanos que iam poder viver esses processos mágicos de saída da matriz.

Então, agora, de seu ponto de vista, você, que segue todos esses trabalhos maravilhosos conosco, com vocês e que lhes permite aceder a esses estados específicos, podemos dizer que alguns de vocês bem gostariam de ver o final. Nós também.

Mas, entretanto, é preciso que sigamos um certo processo. Creio que, assim como o Arcanjo Miguel e talvez o porta-voz Sri Aurobindo, falaram em outros momentos, é preciso que nos ajustemos, progressivamente.

É uma operação delicada, delicada não para o estabelecimento da Luz, mas para fazer de modo que muitos, um máximo de seres humanos, possa aceder, com esse corpo de 3ª Dimensão, na nova Dimensão.

Então, nós ali vamos por pequenos toques. E agora, com relação a todos aqueles que estão ainda nas forças de resistência, nas forças de dualidade, que não estão ainda verdadeiramente do lado da Luz, é evidente que isso não pareça bom para eles, porque muitas coisas que estavam ligadas ao poder estão desabando por toda parte sobre o planeta e compreenderam que não podem contar com seus amigos lá em cima (é uma expressão) mas não podem contar também com a humanidade como contavam antes.

Assim, o balanço da Terra é muito positivo. Nós nos dirigimos para o que é anunciado desde sempre e esperamos sempre ir cada vez mais rápido, mas também cada vez melhor, com relação a tudo isso.

Questão: o que é dos lugares que são reputados como tendo um papel específico no futuro?
Então, caro amigo, existem muitos lugares neste planeta que têm um papel a desempenhar. Mas os lugares não são nada sem os seres humanos que ali estão. Isso é extremamente importante.

Vocês tiveram, em muito numerosos momentos da História da humanidade, lugares que eram, como dizer, consagrados e elevados no plano Vibratório e que foram, de algum modo, rebaixados pelos humanos que estavam sobre o lugar que desnaturaram completamente, eu diria, a natureza dos lugares e a função dos lugares. Isso vocês o vivem por toda parte.

Isso existe na França, como existe em outros países. Então, agora, sabemos e observamos lá de cima que há lugares onde se desenvolvem polos de interesses (vamos chamar assim) que atraem humanos como potencialmente lugares mágicos que vão fazer o trabalho em seu lugar. Mas nenhum lugar fará o trabalho por você.

De nada serve ir a um lugar para esperar encontrar o despertar. O despertar e a transformação estão no interior, unicamente.

E o que podemos culpar alguns lugares que observamos, é que seres vêm, atraídos pelos discursos, atraídos pelos livros, atraídos pelas Vibrações e se estabelecem em regiões sem no entanto viver o nível Vibratório necessário. Então, não é preciso se repousar nos lugares, quaisquer que sejam, isso é muito importante.

Agora, existem inúmeros lugares. Mas existem lugares assim, consagrados, ou ditos consagrados, no leste da França, no extremo leste. Existem também na Bélgica e na Alemanha. Em todos os países observamos esta recrudescência de agitação através de lugares mágicos ou lugares esotéricos que tiveram funções, ou que supôs-se terem funções. Eu diria que isso não deve atraí-los mais que isso.

O mais importante é que vocês vivam no interior. E sem o interior, sem a Luz interior, todo o resto não serve estritamente a nada.

Então, agora, sobre as funções históricas, a virem ou passadas, não me compete revelar-lhes o teor e a veracidade dos lugares de que falou. Compete a cada um de se fazer sua própria experiência. Porque se eu digo que é preciso ir ver a energia lá, vocês compreendem bem que haverá ainda mais pessoas que vão querer vir, ou, ao contrário, partir desse lugar, se eu digo que é falso. Portanto, isso nada quer dizer.

Cabe a vocês fazerem sua idéia e sua própria opinião, sabendo que tudo isso, definitivamente, não é muito importante, a partir do momento em que vocês penetram em seu Estado de Ser e vivem estados de Consciência que não têm mais nada a ver com os papéis ou missões desta 3ª Dimensão. Por conseguinte, é preciso relativizar.

Questão: por que nos sentimos atraídos por tal lugar ou tal pessoa?
Então, caro amigo, a resposta será muito geral. Não é preciso procurar resposta histórica, cármica ou futura. Há ressonância.

Você pode encontrar essas ressonâncias através de lugares e de pessoas. Se tomamos o exemplo de pessoas, há hoje seres que se colocam a vibrar face a um outro ser humano e imediatamente eles intervém dizendo: «oh la la, é uma alma irmã», «oh la la, é algo de muito potente, tenho algo a construir».

É preciso prestar muita atenção, porque vocês estão abertos, hoje. Abertos à Vibração, isso quer dizer também serem capazes de sentir Vibrações, como chamados com relação a lugares, com relação a pessoas, ou, ao contrário, repulsas, o que vem a ser o mesmo.

É preciso ficar muito atento para não tirar conclusões com relação a um fenômeno que viveu. Imaginem, por exemplo, que eu vá ou que vocês vão, em um outro lugar, lá onde apareceu, não sei quem, onde há um Santo que está enterrado, por exemplo, e que vocês sentem uma Vibração. Vocês sabem que está ligada ao Santo. Não lhes virá jamais à idéia de irem se instalar lá, porque vocês se sentem atraídos pela Vibração.

É necessário fazer exatamente a mesma coisa com os lugares porque, mesmo se a experiência vivida é completamente autêntica e verídica, não significa necessariamente o que você acredita. Ela assinala, sobretudo, um princípio de atração que vai colocá-los em Vibração com algo que, efetivamente, lhes concerne.

Mas prestem extrema atenção para, como vocês dizem, não bordarem com relação a isso. Contentem-se de viver as informações que chegam com relação a lugares ou pessoas mas não construam castelos, como vocês dizem, na Espanha, com isso.

Porque esta percepção Vibratória se desenvolve cada vez mais e o que acontece? Basta que vocês tenham um lugar Vibratório, que qualquer um fale ou escreva, para que vocês tenham um conjunto de seres humanos que chegam a esses lugares e que dizem sentir algo muito forte ou muito positivo, o que será completamente verdadeiro, mas, entretanto, as consequências de tudo o que acontece no humano são apenas castelos na Espanha, isso, é preciso bem compreender.

Se você é atraído para um lugar, vá. Mas se você é atraído para um lugar porque alguém falou ou porque você leu algo, atenção aos castelos na Espanha.

O importante é seu ser interior, não é o lugar que você vai encontrar.

As forças Arcangélicas intervêm efetivamente nos lugares de agrupamento, nos lugares onde haverá probabilidades, eu digo sim probabilidades, de reuniões de Consciências humanas, no momento vindo. Mas tudo isso, pelo momento, são apenas projeções.

Por exemplo, desde vinte anos, meu antecessor (ORIONIS) preparou um lugar que devia ser um lugar de agrupamento essencial da humanidade, e, em particular, para a Europa do Oeste. Esse lugar foi preparado desde muito tempo. E esse lugar, como dizemos, capotou.

Isso é importante? Perdemos algo? O Homem perdeu algo? Não, nós o substituímos, obviamente. Por conseguinte, é preciso ficar, não circunspecto, é preciso estar aberto, mas atenção a não construir coisas que não existem. Isso é muito importante, para os lugares, para as pessoas e para as situações. Castelo na Espanha, em francês, lhes diz «bexigas por lanternas».
 
Questão: qual é a origem e o significado do raio dourado, do raio azul?

A Luz é Vibração. A Luz é Vibral. A Luz contém todas as cores visíveis e invisíveis. Existe, nesta Luz Unitária, um certo número de especificações. Houve um exemplo, no ano passado, com a energia do Ultravioleta. Houve um outro exemplo, anterior, com a energia do Espírito Santo ou da Shakti. E há um outro exemplo com a Luz e a Vibração da Fonte.

Todas as três reunidas reconstituem um valor Unitário da Luz. Mas cada Luz e cada Vibração (ou cada comprimento de onda, se preferem, da Luz) vai trazer uma característica específica.

Ultravioleta, isso quer dizer para vocês que está além do violeta. E além do violeta, o que há? Há os raios X, e antes há os raios gama. Os raios gama são os raios que são enviados para vocês pela Fonte, por Alcyone, e que são retransmitidos por nós mesmos, a fim de desencadear as mutações necessárias em seu DNA e em sua estrutura biológica.

Os raios X estão em outro nível, muito mais rápido, ao nível Vibratório e de frequência, que vão induzir transformações que eu qualificaria de finais. Entre esses raios X e a luz visível existe um certo número de qualificativos.

Por exemplo, a Luz Azul não é o azul que vocês veem com seus olhos, salvo em certas circunstâncias particulares quando as Portas das Estrelas se abrem, e nesse caso é diferente. Mas a Luz Azul tem um impacto específico. A Luz Azul corresponde à Luz do Espírito Santo, que é azul.

A Luz Dourada, ou o Raio Dourado, corresponde à reunificação da Luz Branca e a Luz Ultravioleta, em seu Coração, que dá então essas irradiações de cor dourada que vocês chamam a Presença a vocês mesmos ou o Estado de Ser, ou também o Fogo do Coração.

Questão: por que não vimos os acontecimentos que você anunciou?

É toda a diferença entre o que nós vemos, quando estamos encarnados ou quando estamos lá em cima, como algo de certo, onde nós atribuimos um tempo, que corresponde ao tempo Vibratório da descida do mundo de emanações (em todo caso dos mundos os mais elevados de sua matriz, até nesta Dimensão). (Nota: Olha o delay aí gente...)

Várias vezes, já, desde vários anos, eu disse que haveria ondas de frio gigantescas, que haveria também tempestades.

Mas é preciso bem compreender que a humanidade reajusta. Vamos tomar um exemplo muito mais recente que não concerne a fenômenos geoclimáticos nem geofísicos, mas que concerne ao sistema econômico.

Nós todos havíamos dito, e o Arcanjo Miguel também, que, quando do período de desconstrução (que não está terminado, eu lhes afirmo), haveria uma destruição total do sistema econômico e financeiro.

Isso é real e já chegou nos planos os mais altos da matriz. Mas as resistências humanas e os medos humanos fazem com que esse sistema se perpetue, mesmo se não exista mais.

O problema é que, aí, vocês tocam o domínio das crenças, nesse nível.
No nível geoclimático é um pouco diferente. Nós teríamos de longe preferido que as modificações geofísicas, tectônicas, ligadas ao Cinturão de Fogo do Pacífico, vulcões, fossem mais estendidas no tempo.

Eu já falei, se minhas lembranças são boas, em dezembro de 2005, do Cinturão de Fogo do Pacífico. E o que observamos? Que esta ignição se faz e continua a se fazer, enquanto deveria se fazer muito mais rapidamente.

Entretanto, nós somos, e vocês são, obviamente, dependentes de diferentes resistências existentes na matriz, com relação a isso. É a mesma coisa para o sistema econômico.

Mas quando nós lhes dizemos que algo chegou e chega, mesmo se lhes dizemos que vai chegar em tal momento, sabemos que vai talvez chegar em tal momento, mas isso pode ir até o final do período determinado.

Por exemplo, para a desconstrução total do Arcanjo Miguel, lhes foi dito, me parece, no final do ano, que vocês iriam assistir a uma recrudescência de fenômenos geofísicos.

Mas não esperem ver um sismo como aquele que ocorreu há pouco tempo, todas as semanas. Sem isso, haveria maior mundo sobre a Terra. Mas, entretanto, tudo isso está a caminho.

Então, é preciso compreender que o que nós lhes anunciamos é o que nós vemos nos planos os mais altos da matriz, e que chegou. Então, o sistema econômico chegou.

Agora, o tempo que isso toma para se manifestar sobre a Terra encontra um certo número de resistências e de crenças que são muito mais fortes do que pensávamos, simplesmente. Mas isso está a caminho para vocês. Não há qualquer meio de parar isso.

É como quando falamos das Ondas Galácticas que chegam para vocês. Nós sabemos que elas vão chegar. Sabemos que se banham dentro. Sabemos também que esse fluxo de partículas vai crescer. Mas, em qual momento esse fluxo se tornará suficiente para permitir gerar o que deve ser gerado? Sabendo que esse fluxo de partículas, de início, seja canalizado, seja filtrado (isso depende dos períodos) pelos Arcanjos, e em seguida por nós mesmos, antes de chegar até vocês. E vocês mesmos (o conjunto da humanidade, eu falo), vão filtrar isso também.

Segundo essas diferentes camadas sucessivas de penetração, os efeitos podem ser mais ou menos, como dizer, deletéreos, ou mais ou menos elásticos no tempo. Entretanto, há sempre uma noção de data limite.

É como a data limite de consumo, é parecido. O que podemos dizer, simplesmente, é que, paradoxalmente, a preparação interior dos humanos vai muito mais rápido do que acontece ao nível da matriz, quer dizer que temos muito mais seres humanos despertados, hoje, que não esperávamos.

Temos muito mais seres humanos que vivem o Fogo do Coração que não esperávamos, há ainda alguns meses (ainda em setembro, para aqueles que se recordam, quando falei das vacinas).

Temos observado, verdadeiramente, um fenômeno interior que é bem real e imediato, mas que não se acompanha necessariamente sempre da desconstrução da matriz ao ritmo em que o desejávamos.

Mas é preciso bem compreender que quanto mais nos retardamos, mais há um fenômeno de elástico que se estende, entre uma parte da Consciência daqueles que se abrem e a Consciência daqueles que resistem, ou da matriz, quer dizer o conjunto de crenças que resistem. A um dado momento, o elástico volta ou se solta.

Questão: existem, no estrangeiro, canais tais como podemos ter aqui?
Completamente. Há numerosas pessoas que são canais, que exprimem, por exemplo, os Arcanjos. 
Há um, que é mais antigo, nos Estados Unidos, uma mulher que recebe, obviamente, comunicações do Arcanjo Miguel ou de outros Arcanjos.

Tenho a precisar, e creio que já disse que o Arcanjo Anael muito melhor se exprimiu que eu, porque se eu me exprimo sobre isso, isso vai ser muito mais violento: é preciso bem compreender que os processos de canalização correspondem a telefonemas dados ao redor do universo, desde a matriz, desde si mesmo, até os planos os mais elevados.

Compete-lhes a vocês mesmos encontrar o que os faz vibrar e o que lhes permite se elevarem e se aliviarem.

Portanto, não há que definir o que é verdade e o que é falso. Agora, se vocês me colocam a questão com relação à origem do plano, ao mínimo supramental, eu diria que 90% mínimo de tudo o que é recebido não vem do supramental.

O que não quer dizer que é negativo. Não se esqueçam jamais que, mesmo no processo de canalização o mais puro, nós nos servimos, obviamente, ao mesmo tempo de palavras da laringe da pessoa e também de seu cérebro e de seu coração.

Então, não se surpreendam de encontrar, necessariamente, toques da pessoa em encarnação, mas não é sempre negativo. Obviamente, isso depende das qualidades de coração e das qualidades Vibratórias daquele que recebe. Isso necessita também a permeabilidade de algumas estruturas energéticas.

Querer canalizar, sem ter ativado a Shakti e a Kundaline, volta a canalizar a si mesmo, certamente.

Muitos seres consideram que as canalizações são apenas de palavras. Vão ler as palavras e ver se isso as coloca em Vibração, é seu sentido pessoal.

Vocês tiveram a prova, mais que evidente, com o Arcanjo Miguel, que retransmitiu energias. E nós também, os 24 Croûtons (nota: a Assembléia dos 24 Anciões), quando nós enviamos energias, vocês as sentiram, não é? Além das palavras.

É preciso sempre ir além das palavras, porque dar prazer com palavras é muito fácil.
Eu posso acariciá-los nos cabelos durante horas, sem qualquer energia e vocês vão acreditar chegados, porque sentiram que isso lhes fez bem.

Não é a mesma coisa do que viver energias sem palavras, como fazemos todas as noites com vocês (nota: de 19 a 19 :30 – hora francesa – 16 a 16 :30 horário de verão Brasília). Aí, vocês estão em um outro domínio que é um processo Vibratório em relação, desta vez, não mais com uma canalização, dado que vocês se tornam vocês mesmos o canal desta energia, para todos os outros. Vocês compreendem isso.

Então, agora, há mensagens que vão acariciá-los nos cabelos e lhes dizer que são seres sublimes, seres de toda beleza. Vocês terão muitas pessoas que vão dizer isso. Terão também muitas mensagens que vão lhes dizer que vai acontecer tal coisa, tal dia, a tal hora. Eu não falo de fenômenos Vibratórios que lhes retransmitimos, mas um acontecimento, por exemplo.

Houve, nos anos anteriores, pessoas que anunciaram contatos com a Frota Intergaláctica, em um dia e um dado momento precisos, que jamais aconteceu, certamente. Então, naquele momento, pode-se colocar a questão, eis que, eu lhes disse há pouco que mesmo eu, com relação à economia ou à finança, estava evidente que tudo ia desabar antes do inverno (verão no hemisfério sul), no entanto, continua aí. O que quer dizer que é suspensão.

Mas lembrem-se que o importante não são as palavras. O importante não são as previsões. O importante é o trabalho Vibratório da Luz. E isso, vocês tiveram a demonstração, pelo Arcanjo Miguel, nas reuniões planetárias que ele organizou, que algo aconteceu, certamente.

Questão: a defasagem entre os anúncios dos acontecimentos e sua realidade para nós significa que o desenrolar do tempo em nossa matriz é imprevisível, mesmo para vocês?
Completamente. Recordem-se que um ser vindo de Dimensões superiores, a partir do momento em que se aproxima da matriz demasiadamente, fica preso pela matriz e se encarna. E, encarnando-se, é obrigado a se reencarnar, ele não pode mais escapar da matriz, salvo em momentos precisos da História da humanidade como agora (salvo muitos grandes seres que se beneficiaram, eu diria, de um suporte logístico considerável, como isso foi o caso para Cristo).

Simplesmente, há alguns seres (dos quais tive a chance de fazer parte em minha última vida, ou como o Venerado Sri Aurobindo) que tocaram um nível Vibratório que estava no limite da matriz e, aqueles, nós pudemos extraí-los, eles puderam ser extraídos e participar desta interface entre a matriz e os planos Arcangélicos que somos nós, os 24 Croûtons.

Questão: isso está em relação com o que Einstein desenvolveu sobre a curvatura do espaço/tempo?
É a mesma coisa. Vocês estão num tempo curvado. Num tempo que foi fechado sobre ele mesmo, para cortar o conjunto desse sistema Solar da irradiação da Fonte, o que foi perfeitamente obtido com êxito desde 300.000 anos. E, a cada 50.000 anos, esse sistema retorna a um ponto de partida, que vocês chamam a precessão dos equinócios.

A partir daquele momento, o sistema solar é submetido a um bombardeamento eletromagnético de raios gama. Até o presente, nós não pudemos jamais fazer cessar essa curvatura do espaço/tempo. É o que estamos realizando desde o verão passado (inverno no hemisfério sul), com a ajuda dos Arcanjos e da Confederação Intergaláctica que corresponde a todas essas embarcações que estão em torno do Sol, incluindo a embarcação de Maria e aquela em que estou.

Tranquilizem-se, estou numa embarcação de Luz que nada tem a ver com ferragem. Mas há também embarcações de ferragem, em particular as de nossos irmãos Unificados de 3ª Dimensão de Vega que lograram êxito em romper a matriz num ciclo precedente e que estão portanto liberados da influência Arcôntica. Eles, entretanto, escolheram permanecer num corpo dimensional de 3ª Dimensão, ou seja, à base carbonada, mas Unificada desta vez, o que era seu caso, para a maior parte de vocês, há mais de 300.000 anos.


Vocês estavam num corpo de carbono, mas unificado. Então, nós dissemos (na época, eu não estava aí) que as Forças de Luz tiveram muita dificuldade em dissolver esta matriz.

Até um momento preciso da História da humanidade, pensávamos que bastava um certo número de «sacrifícios», de Seres de Luz que tomavam corpo nesta encarnação, para poder fazer desaparecer e dissolver a curvatura do espaço/tempo.

Ora, é necessário reconhecer que as forças Arcônticas são terrivelmente inteligentes e conhecem perfeitamente as regras da matriz e souberam perfeitamente jogar o jogo de fechá-los em suas próprias crenças, modificando suas estruturas cerebrais, ao nível do DNA.

Fomos obrigados a esperar esse momento que vocês vivem agora, que assinala o final do ciclo de 52.000 anos, para poder dissolver, esperar dissolver (o que está em bom caminho agora, dado que a Luz ganhou), de maneira definitiva, esta matriz.
 
Questão: como o trabalho dos Arcontes pôde acontecer?

Porque, na partida, o trabalho dos Arcontes foi deixado livre pela Fonte. Tratava-se de uma experiência ligada a uma experimentação específica.

Obviamente, naquele momento, os seres que estavam sobre a Terra manifestaram-se junto à Fonte dizendo que isso seria uma experiência horrível.

E a Fonte, e os Arcanjos, alguns Arcanjos, decidiram prosseguir a experiência. Outros não.  Houve uma espécie de, como vocês chamam isso em sua linguagem, uma cisão. O problema é que, uma vez que o desvio Arcôntico teve lugar, tornou-se extremamente difícil restabelecer as coisas. E a maestria dos planos densos, pelos mestres Arcônticos, tornou a sua experiência muito penosa.

Mas esta experiência desemboca, e desembocará sobre mais Luz. O problema desse mais Luz é que isso se fez na dependência de uma submissão, ou seja, de uma violação de sua liberdade.

Substituiram a liberdade pelo livre arbítrio, dizendo ser uma nova liberdade: o Bem (havia o Bem), o Mal (havia o Mal).


Enquanto que a Consciência, destacada desta noção de materialidade, não conhece nem o Bem, nem o Mal, não conhece senão a Luz e a Unidade.

E, por conseguinte, nós percorremos, vocês percorreram, um certo número de ciclos, que chega hoje a sua expiração, apenas agora. E esta experiência, na partida, era livre, mas conduziu a privá-los de sua liberdade Dimensional.

Questão: é então normal sentir um estado de cólera com relação a tudo isso?
Não, porque a cólera pertence à dualidade, mesmo se sei que Cristo manifestou sua cólera no templo e eu também manifestei cóleras. (Nota: e nós também!)

Mas, hoje, vocês estão em uma outra etapa. Há 2.000 anos, não há 20 anos. Hoje, vocês devem se pacificar pela Luz, quaisquer que sejam as coisas que necessitariam, ao limite, colocá-los em cólera, porque, obviamente, os Arcontes e o que resta sobre a Terra têm apenas um objetivo, que é o de desencadear reações. Eles procuram, por todos os meios, desencadear reações. A guerra é uma reação, a violência é uma reação, porque a violência, a guerra (a reação, de uma maneira geral), mantêm a matriz.

Eles sabem, pertinentemente, que a matriz está afrouxada, dividida, se preferem. Eles procuram um meio de restabelecê-la, mas é impossível, porque esta matriz, para ser restabelecida (além das crenças da humanidade que começam já a delas se liberar), há também as manipulações ligadas às forças dos três envelopes de que já falei: ionosfera, magnetosfera, heliosfera.

Esta curvatura do espaço/tempo tornou-se possível pelas embarcações Arcônticas de ferragem magnética que o curvaram por sua dimensão. Ora, estas foram ejetadas durante o verão (inverno no hemisfério sul). Portanto, eles não podem mais recurvar o espaço/tempo. E nós, nós descurvamos de nosso lado, agora, tranquilamente e levando em consideração as reações da humanidade.

Questão: os Arcontes poderiam recomeçar a curvar em outros sistemas?

Mas, caro amigo, eles já curvaram sobre mais de 80 universos, já é enorme. Mas acabou. É o fim final agora.

A qualidade de irradiação da Fonte, em reunião com o Conclave Arcangélico, em reunião com Metatron, o príncipe dos Arcanjos, modificaram a qualidade de irradiação que fez com que não seja mais possível, agora, para esses seres, poderem curvar o espaço/tempo do mesmo modo. Terminou.
 
Questão: o que é do fundamento de Darwinismo, do Criacionismo?
 

O Darwinismo é uma gorda fraude da qual aliás se servem de resto os Arcontes, a sacrossanta evolução. O ser humano descende do macaco, certamente. E eu, eu descendo de coqueiros. E não importa o quê. É algo que está destinado a fechá-los numa visão materialista, evolucionista, mas na matéria e em nenhum outro lugar.

Quanto ao Criacionismo, não é exatamente assim que isso deve se apresentar. Mas isso nos levaria demasiadamente muito longe.

Simplesmente retenham que Darwin e Darwinismo são os mesmos lados que o Criacionismo. São os dois lados de uma mesma peça, é uma peça teatral que lhes foi vendida pelos Arcontes.

Em contrapartida, que incorporaram sua alma e uma parte de seu Espírito em corpo de macaco, isso é completamente verdadeiro. A estrutura humana foi criada e preparada há muito tempo. Há mais de 20 milhões de anos, os primeiros geneticistas de Sírius, os grandes Delfins revestidos que andavam no ar, chegaram sobre a Terra para preparar a Vida.

Preparar a Vida necessitava depositar, neste planeta, matrizes cristalinas. Essas matrizes cristalinas deviam gerar os cristais que são planos de Vida, que serviriam, a seu turno, de matriz para a organização biológica carbonada.

Lá acima, a Divina Maria, sua Mãe, de todos e nossa Mãe, veio com um contingente, desta vez, de mulheres (não havia homens, hein, como dizia o outro, não é por acaso: as mulheres são criadoras).

Essas criadoras vieram propor aos Espíritos multidimensionais, de múltiplas origens, tomar posse de um corpo biológico mas sem ficar prisioneiro desse corpo biológico, ou seja, que havia a possibilidade de não cortar a multidimensionalidade.

Esta experiência se reproduziu sobre um número considerável de universos, porque a Fonte a autorizou, porque Maria a autorizou, e a permitiu, e a criou. E havia a possibilidade de ir entre as Dimensões as mais elevadas, até esta Dimensão a mais densa, em total liberdade, e experimentar a matéria carbonada.

Em seguida, um certo número de civilizações se desenvolveu. Hoje, vocês diriam multiétnicas, eu diria multicósmicas, porque havia seres que vinham de um pouco de toda parte.

Havia diferentes formas que estavam ligadas ao que vocês chamam, vocês aqui, os animais, mas é ainda uma ironia criada pelos Arcontes que lhes fizeram representar os animais que são, de fato, os seres os mais evoluídos da humanidade (não os animais que vocês veem, mas a forma de seu rosto, por exemplo).

Quando há uma face de tal raça animal, vocês pensam que é um animal. Isso é uma comédia lúgrubre dos Arcontes que fizeram criar, de algum modo, essas formas animais, para gozarem, assim, desses seres que vieram de outros lugares.

Mas isso foi há várias centenas de milhares de anos. Lá, os Arcontes fecharam e curvaram o espaço/tempo e os fecharam, quer dizer, privaram-nos de sua capacidade de reencontrar sua liberdade. E eles substituiram a liberdade pelo livre arbítrio, ou seja, o combate entre o Bem e o Mal. Esse combate Bem/Mal ilustrou-se durante mais de 300.000 anos.

Foi necessário o sacrifício de Cristo (que dissolve, de algum modo, a ação/reação e substitui pela ação de Graça), e foram necessários 2.000 anos para que isso chegue a hoje, ou seja, que o ser humano, a humanidade, se desperte.

Por conseguinte, vejam vocês, é algo que é do domínio do épico, não é?
É verdade que o mais difícil, eu creio (mesmo para o humano que quer se liberar de manipulações, de crenças, de religiões, de tudo o que o subjuga), o problema é que não são todos conscientes, longe disso, que tudo o que vocês vivem aqui não é verdade, que tudo isso é uma falsificação da Criação.

E os Arcontes (ANUNAKIS) lhes disseram que eram os Deuses Criadores, certamente. Eles os fizeram crer que foram eles que os criaram, vocês, e que criaram esta Dimensão, o que é arquifalso.

Então, há algo que está além: o interesse de se apresentar como Criador, é que se pode desempenhar ao mesmo tempo os dois papéis, ao mesmo tempo Deus e o Diabo, dado que é a mesma entidade. Em todos os golpes se ganha. E é o que fizeram os Arcontes.

Agora, as coisas são diferentes. Nós chegamos a uma extremidade onde, pelo o acesso ao Estado de Ser, que vocês começam a viver em sua personalidade, vocês se dão conta que tudo o que lhes contaram é um disparate, que todas as religiões, sem exceção, foram manipuladas, ou criadas, por alguns dentre eles, pelos Arcontes, para mantê-los na dependência, e nada mais.

A tal ponto que, hoje, muitos seres humanos não encaram mesmo que possa existir outra coisa, mesmo nos mundos mais além. Olhem, por exemplo, a crença e a adesão da humanidade ao carma, à reencarnação. Fizeram-lhes acreditar que era o objetivo, de se reencarnar sem parar, para não mais ter que se reencarnar. É uma grande farsa.

Tudo o que existe na superfície desta Terra, mesmo o que é bonito (por exemplo a natureza, a beleza humana, a música), são apenas falsificações da verdadeira Luz.

Vocês estão num mundo, como dizem os orientais, de ilusão total. O problema é que vocês aderiram de tal modo a esta ilusão que, por isso, estão persuadidos de que é a única Verdade que existe.

E contra isso, há modelos que se construíram. Então, há os seres humanos que acreditam que têm um carma. E efetivamente, acreditando nisso, eles são submetidos a esse carma. Enquanto você crê nisso, isso lhe é submetido. E, durante esse tempo, aqueles que representam os Arcontes sobre a Terra, desde extremamente longo tempo compreenderam que não havia qualquer carma, exceto aquele em que se crê.

E é por isso que eles podem fazer o Mal sem jamais serem punidos. E eles não poderão ser punidos, por isso. E vocês, durante esse tempo, acreditam que se fazem o Bem, vão colher o Bem. É maravilhoso, não é?

Questão: a música pode ser igualmente «falseada», mesmo se fazemos referência a um músico tal como Johann Sebastian Bach?
Existiram muitos músicos que estavam ligados ao que chamamos a Música das Esferas, ou seja, que está além da matriz. Entretanto, a partir do momento em que um som existe na superfície deste planeta, a partir do momento em que vocês ouvem um pedaço de música que os transporta, obviamente que os transporta, não é falso.

Mas se vocês aceitam o princípio de que tudo é falso nesse mundo, necessariamente é falso e falsificado, mesmo as coisas as mais belas.

Quando vocês tocarem o Estado de Ser, viverão o que é a Música das Esferas. A Música das Esferas, ou Música Angélica, nada tem a ver, mesmo com concertos brandenburgueses, ou com o vôo como a Valquíria de Wagner.

Tudo isso é muito bonito mas nada tem a ver com a Música das Esferas. Estritamente nada a ver. Entretanto, isso foi suporte Vibratório para vocês. E esses suportes Vibratórios permitiram-lhes, assim mesmo, recordarem, em alqum lugar, mesmo de maneira subconsciente, de sua dimensão de Eternidade, não é?

A música é feita para isso. A beleza da natureza também. Há, assim mesmo, em tudo o que é falso e desta ilusão, elementos que estão aí para lembrá-los de sua Essência primeira. A música faz parte disso, falsificada ou não.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros amigos, vou lhes apresentar minhas bênçãos e retornar agora para preparar nosso trabalho com os Arcanjos, às 19h (hora francesa), não é?

E vou deixar o lugar, junto desse canal, para acompanhá-los de maneira mais direta, ao Venerado Sri Aurobindo. Eu lhes digo, quanto a mim, até muito breve, e agradeço por todas essas questões. Eu lhes dou todo meu Amor. Até breve.

Nota MM: Coincidências não existem, então sem necessidade de pormenores, a mensagem abaixo é um presente de Aiva não só para preencher o espaço da falta de mensagens, é muito mais, pois esta mensagem acaricia as personalidades e faz explodir a Paz em muitos Corações.

Nota Anthonio: Eu não sabia como, mas eu tinha certeza que Aiva daria o "ar da Graça" e isso foi registrado num podcast.

Mensagem de OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=532
30-01-2010  Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

AS PUBLICAÇÕES ANTERIORES A ESTAS, ESTÃO NO INÍCIO DO BLOG NA SEÇÃO: "ESSENCIAIS".
 
http://minhamestria.blogspot.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails