((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 9 de dezembro de 2012

O AZUL DE SÍRIUS


Antes da queda da consciência sobre este mundo, havia muitas raças de seres galácticos que a vida partilhada com os seres humanos neste planeta. Um desses seres avançados foi o "Blue Ones" ou os Sirianos. Eles são os "Blue Ones" retratada no leste da cultura indiana como várias divindades. Assemelham-se a seres humanos, mas seu pigmento da pele é azul na natureza.

Muitos de vocês têm o "sangue azul" Sirian em suas veias de seus descendentes. O "sangue azul", como chamamos, é realmente códigos de DNA para a mestria e ascensão. Estas seqüências de domínio irá ativar esses códigos Sirianos Crísticos que são uma parte de seu código de DNA e herança espiritual para recuperar sua posição entre os mestres deste reino.

O azul seria apenas uma das três cores-luz primárias, se não fosse tão especial: cor-pigmento, resultado da sobreposição de ciano no magenta e que costuma, erroneamente, estar associada à frieza, à depressão e à monotonia.


Entre os matizes, é o menos expansivo aos olhos: acalma, refaz e dá prazer interior; se relacionado ao fogo, é o menos invasivo...

‘Queima’ em silêncio,
trazendo o sagrado ao comum.

Na Psicologia, que estuda a alma, o azul é usado para que se limpem as mentes; cria-se um ambiente reparador no atendimento: um momento em que cada pessoa possa, na sua maneira própria de expressão, ser mais clara e translúcida ao dizer o que sente de verdade.


Na Bioenergética, que traz o equilíbrio à vida, a cor azul é fundamental, pois representa - no físico, o terceiro centro de consciência a partir do alto; que 'olha' para dentro de nós, sempre preocupados com a nossa necessidade mais premente.

Azul é o chakra laríngeo, vórtice de pura comunicação: feche os punhos e faça muita força, você vai sentir que o centro da energia está no meio do pescoço. Força que permite a conexão entre todos os seres universais; entre a alma e o espírito; entre o humano e o (sobre) natural; entre as coisas profanas e as dádivas angelicais.

Um centro de energia poderoso, que corre como sangue quente e que também se irradia para baixo, para os centros de consciência mais básicos; sugere-nos a vontade e mede a nossa capacidade de conhecimento e realização.


É exatamente ali, na garganta, que percebemos o mundo de causas e efeitos e entendemos que, para conseguirmos uma coisa, temos que fazer outra primeiro: ter voz na ação! Perceber isso é aprender a trilhar sem deixar rastros, ou deixá-los como espectros de luz azul, com direção e sentido: caminhar de maneira brilhante pela vida... Buscando encontrar um ponto preciso de aplicação: o rumo certo, vetorial.

É precisamente essa a comunicação que se estabelece entre o Céu e a Terra, em todas as dimensões e que vale, portanto, para todas as pessoas, que podem voar e voltar ao chão.


Azul!
Sejamos receptores e emissores deste maravilhoso tom para abrir todas as portas da percepção... As mesmas que Aldous Huxley abriu, sem precisarmos, aqui, das experimentações psicodélicas do grande cientista escritor.

Um azul que pode ser: celeste, safira, ou turquesa e também significa: a paz, a ordem e a harmonia. E sempre será esta a cor da cordialidade, da perseverança e do amor. Um tom crescente, como os acordes pungentes de Ravel, correndo trepidante nas veias de todas as pessoas com dignidade, humanismo e leveza.


O espírito é desta mesma cor.
Quando a nobreza da alma tem...
Sangue Azul. 


http://sirianos.blogspot.com.br/

http://a-casa-real-de-rigel.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails