((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

THERESA DE LISIEUX - 03-09-2012 - AUTRES DIMENSIONS

THERESA DE LISIEUX - 03-09-2012 - AUTRES DIMENSIONS



Áudio em francês.

Eu sou THERESA DE LISIEUX e eu os amo.
Antes de passar minha mensagem do dia, todos juntos vivamos um momento de Amor e de Fusão.

Irmãose Irmãs amados, eu velho falar-lhes da Vida Eterna que vem e, paraisso, eu gostaria (para aqueles que não conhecem o que foi a minhaencarnação) expressar um certo número de elementos que, nesses tempos,podem ajudá-los a se interessar, de maneira importante, ao Amor, à Luze ao que nós dizemos sem cessar: o que vocês São, em Verdade.

Desdea minha mais tenra idade eu pensava no Céu. Claro que, sendo criança,eu imaginava o Céu de um modo particular. Mas este pensamento do Céu,este desejo do Céu nunca se fez acompanhar de uma recusa a minha vida.

Eucumpria todas as minhas tarefas, quer fossem no Carmelo ou antes, emminha família. Pensar no céu, pensar no depois desta curta existênciaTerrestre me enchia de alegria, mas me enchia também, certamente, comotodos vocês, de interrogações.

Eu tive a oportunidade, muitojovem, de ter uma revelação. E esta revelação era, indiscutivelmente, oReinado de MARIA. O único sinal que tive (e que, entretanto, hoje, paramuitos de vocês são quase quotidianos em seu Canal Mariano e através desuas experiências e vivências), eu o vivi somente uma vez, uma únicavez, e isto foi suficiente para me completar e para me dar a certeza deque o Céu estava vivo, pois MARIA me aparecera.

Oh, foi muitosimples: isso não se iguala ao que vocês vivem hoje (esta Presença noCanal Mariano e todas as experiências que vocês, talvez, já tenhamvivido).

Então, claro, vocês têm procurado manifestar (paraalguns entre vocês, desde muito tempo) o Amor e a Luz, quer seja emsuas vidas, na personalidade, ou também, através do Amor que foinomeado Vibral ou Crístico.

Hoje, é tempo de se inclinarem sobreesta Vida Eterna. Não a ansiando, não a desejando, em um momentopreciso, mas pensando nela. Porque pensar nela não é se projetarsomente no futuro, longe disso, mas é estar, paradoxalmente, ainda maispresente no que vocês fazem, em todas as suas relações, em todas assuas tarefas (as mais nobres, as mais elevadas ou as mais simples).

Pensarna Eternidade, a Vida Eterna que vem é, certamente, não pensar namorte, na Passagem, mesmo se todos nós lhes dissemos que esta Passagemnão é realmente uma passagem e que não há morte. É, justamente, oReencontro com o que todos nós somos, além desta Terra e além do Céulimitado desta Terra.

Não é projetar-se em umfuturo, não é simplesmente imaginar o que isso poderia ser. Mas, hoje,é realmente, em algum lugar, religar-se e fazer ressoar em si a VidaEterna. Isso se passa, seguramente, no Coração. Isso se passa na nossaComunhões e em nossas Fusões.

Isto não é um conhecimento ou umacuriosidade, mas sim o estabelecimento de um estado que lhes permite,em certos momentos, de estar aqui e, ao mesmo tempo, de estar em umoutro lugar, se posso dizer, que é pleno de Amor, onde a Sombra nãopode existir, onde somente a Luz está presente: não existem sombrasprojetadas, não existe sofrimento.

Então, claro, existe, quandoestamos sobre a Terra, esta espécie de avidez de conhecer o que podeser esta Vida Eterna. Ou então, um medo que faz com que muitos Irmãos eIrmãs se inclinem e se concentrem em sobre suas vidas, sobre o que écomum a todo mundo, quando nós estamos sobre a Terra, desde as ações asmais simples e repetitivas de cada dia, até as aspirações as maisprofundas.

Deste encontro que eu vivi, criança, decorreu toda acerteza que eu expressei em seguida (evidente, do que eu chamava, àépoca, o Céu ou o pós-vida) , mas bem mais do que isso. Meu coração foileve, apesar do que quer que eu tenha vivido e o que quer que eu tenhasofrido na carne. E, mesmo esse sofrimento não era um sofrimento, poisme oportunizava reviver meu primeiro e único Encontro com MARIA, etambém a certeza de um Amor infinito, porque eu o vivia e revivianaqueles momentos.

É importante repensar esses momentos. Nãocomo uma lembrança, pois que já lhes foi dito: o tempo não existe.Então, claro, nossa Presença ao lado de vocês (de uma das Estrelas), sefaz por intermitência, segundo seus Apelos e também segundo os momentosem que nós podemos nos aproximar de vocês. Mas, alimentem-se disso.Porque é uma janela que está entreaberta com Verdade, com Amor. E é aíque nós estamos, todos, realmente o que nós Somos.

Então, a VidaEterna que vem não deve ser nem uma simples curiosidade, nem umaapreensão, mas, bem mais, de encontrar o que aí se encontra: e o que aíse encontra é somente o Amor. E, nossos contatos, quando vocês noschamam ou quando nós viemos por nós mesmos, lhes traduzem estarealidade.

Isto deve ser um bálsamo e não está inscrito em umaexperiência ou em um passado, mas se reatualiza, de todo modo, a cadaminuto de suas vidas, se vocês quiserem, se vocês desejarem. Não parasatisfazer, ainda uma vez, uma pequena curiosidade ou uma grandecuriosidade, mas bem mais, para estar em ressonância e contatarrealmente os Planos de onde viemos, onde não existe mais Sombra, nemsofrimento, nem perda: onde tudo é Alegria e Plenitude.

É istoque testemunhamos quando estamos ao lado de vocês. Não esperem grandesdiscursos, não esperem longas explicações. Nós viemos simplesmente paraprovar seu Amor e para que vocês provem do nosso. A fim de que, denosso Amor comum, se revelem a vocês, a Verdade e a Beleza do Amor e daLuz, dando-lhes a força, a coragem de fazer o que vocês têm a fazer.

O Chamado da Luz é isso, antes de tudo.É compreender que a Luz desce até vocês, que as Presenças dos mundosUnificados estão, doravante e cada dia, mais e mais próximas de vocês,tanto em suas noites como em seus dias.

Inclinar-sesobre o Céu, sobre a Vida Eterna é reviver, permanentemente, estaEternidade. Não porque isso corresponde à Passagem ou à morte, masporque já está presente, agora. Desde o instante que seu Canal Marianoestá ativo, desde o instante em que uma primeira Presença tenha semanifestado, vocês já têm uma parte do que vocês São na Vida Eterna,dando-lhes um aperitivo das primícias desta Vida, que não conhece neminício, nem fim.

Então, certamente, o mundo moderno de hoje osengaja a aproveitar a vida. E, depois, as circunstâncias deste mundo,em que o conhecimento (deste mundo) é acessível em todo lugar,certamente, no nível que vocês chamam a espiritualidade, vocês notaramque muitas pessoas (sejam Despertas, verdadeiramente, ou em fase deAcordar) procuram, sobretudo, compreender os mecanismos de suas vidas. Mas, quem procura, realmente, não compreender, mas viver os mecanismos do Céu?

Existeuma forma de precipitação da consciência de nossos Irmãos e Irmãs, comuma bulimia que se expressa seja no versante material da vida, e issoexiste, certamente, como também no versante mais espiritual. Como umconsumismo desenfreado de conhecimento de si. Mas, quem se inclina, realmente, em intenção, quem se inclina com Amor sobre a Vida Eterna?

Façama experiência, quando do primeiro contato de vocês. Lembrem-se dessemomento, não como uma lembrança, não como qualquer coisa que se passouontem ou há alguns meses. Mas, o simples fato de pensar nisso fazreviver este instante, dando-lhes a prova que o tempo não existe. E,entretanto, esse tempo que passa, quando estamos na carne, e que nosparece palpável, por vezes tão leve ou por vezes tão desagradável.

Masexistem contatos (nossas Comunhões pelo Canal Mariano, ou pela Onda daVida que se desdobra em vocês) dando-lhes a viver esta escapada dotempo: não como uma fuga, mas mais como uma Transcendência do tempo,fazendo-os acessar a Eternidade. E Eternidade dispensa descrição. Pois,quando vocês se instalam na Paz Suprema, quando nós estamos ao seulado, quando vocês nos chamam, quando a Onda da Vida lhes sobe eatravessa a carne, nunca mais vocês poderão questionar um qualquerfuturo, um qualquer destino ou uma data qualquer.

Então, certamente, os Arcanjos, as Estrelas e os Anciões, nós todos lhes dizemos que há uma iminência. Esta iminência está inscrita em vocês como está também inscrita na Terra, porque, efetivamente, há prazos.Mas esses prazos não são um fim. É simplesmente o fim de todas asilusões, o fim de tudo o que foi alterado, tudo o que foi amputado doAmor e da Luz.

Então, claro, isto não deve colocá-los em espera,nem em uma projeção de que quer que seja, de um futuro qualquer. Pois oque vocês vivem, em seus momentos de contato, é muito exatamente a PazSuprema. E, quando há a Paz Suprema, o Amor e a Luz, não há mais limiteao amor, nem à Vida, nem limite a qualquer forma que seja.

Assim,pois, seus momentos privilegiados de contatos e de ressonância estão aípara fortificá-los nesta Vida Eterna. Notem também que mais vocês vivemnossos contatos, ou mais vocês vivem a Onda da Vida, mais vocêsconseguem fazer o que a vida lhes pede, mesmo se há momentos em quevocês estão ausentes. Notem a Paz que isso lhes proporciona. Notem oequilíbrio que isto lhes dá. Isto lhes alimenta para a jornada. Isso ospreenche de qualquer coisa que era dificilmente visível e perceptívelna vida comum. Havia apenas, fé e esperança. Havia a certeza, a crença.

Atéagora (exceto alguns grandes místicos, seja no ocidente, entre nós, ouentre nossos Irmãos e Irmãs orientais, ou mesmo no extremo-oriente, oualhures pelo mundo), eles eram excessivamente raros, mas quem podedizer, hoje, quantos vocês são, sobre esta Terra. Vocês sãoextremamente numerosos.

E o que lhes é dado a viver, mesmo senão é, às vezes, tão espetacular que o que puderam manifestar algunsSantos no ocidente. Lembrem-se de minha vida: eu não manifestei nada. Nunca houve milagre. Para mim, o milagre era a Vida e o milagre era o Céu, e nada mais.

Oresto não tinha mais a nenhuma importância, liberando-me para o Amor, epermitindo-me Ser o Amor, com tudo e todos, sem se questionar sobre umretorno desse Amor. Pois, quando vocês descobrem o Amor, realmente, vocês não se questionam se são amados ou rejeitados. Vocês Amam e ponto final.

Então,nossos contatos (que, hoje, tornam-se mais e mais tangíveis) devemtransformá-los e ajudá-los a atravessar as Portas da Ressurreição.Disso não há dúvida nenhuma.Façam a experiência, não somente no momento em que vocês vivem o CanalMariano ou ainda a Onda da Vida, e vejam quais são os efeitos disso nodesenrolar de suas vidas.

Olhema Paz que emerge de vocês e constatem que o Céu já está lá, para vocês.Haverá somente o que é efêmero e que tem medo de seu própriodesaparecimento. A carne pertence à carne. Vocês não são esta carne,mesmo se estão dentro dela. Vocês não são essas vidas que vocêsviveram. Vocês não são este corpo que espera e que se satisfaz.

Vocêsnão são a vida de suas emoções. Vocês não são, tampouco, a vida destaaspiração a qualquer coisa Luminosa. Vocês São, realmente. E isso vocês podem viver desde agora. Não é questão de amanhã.

AEternidade que vem, vocês a vivem nesta carne que é efêmera. AEternidade (que está aí e que se instala) é, para vocês, a ocasião realde tocar, do Coração ao dedo, a Verdade dos nossos mundos e a Verdadedo que vocês São. Através desses contatos, através dessas Comunhõesconsigo mesmos, com o conjunto de seus Irmãos e Irmãs sobre esta Terra,com todos nós, aí onde nós estamos, com os Duplos (sejam quem for),lhes é dada a possibilidade, realmente, de se manterem firmes na Paz ede viver a Morada da Paz Suprema.

Desde o instante em que vocês dizem:“sim”, desde o instante em que vocês aceitam não ser mais joguete dosapegos deste mundo, vocês não são mais patetas sobre o que se passa emtorno. Quando vocês têm essa certeza, a Luz vem reforçar sua certeza e lhes dá a viver o Amor, a beatitude e a Paz. Façam a experiência.

Lembrem-sede um momento que vocês viveram, para fazê-lo reviver. No momento emque vocês se lembram disso, não é um momento agradável, isso não seráalguma coisa que já aconteceu, mas é alguma coisa que se aconteceráinstantaneamente, de novo, fazendo-os provar, já, que o tempo nãoexiste.

E o que quer que aconteça, como tempo, em relação a essecorpo, em relação a suas obrigações, em relação ao dia que nasce e anoite que vem, e que se repete cada dia; há alguma coisa que está aí,que sempre esteve aí e que estará sempre aí. E é Você.

Eis o quenós viemos fazer, que não é um fazer, mas é, justamente, testemunhar aRealidade, testemunhar a Verdade. E isso deve preenchê-los,preenchê-los de certeza Interior do que vocês São, engajando-os. Comonós dissemos, nós estamos ao lado de vocês para observá-los atravessara Porta Estreita, a fim de que o Cristo se instale, definitivamente.

Então,vocês têm as primícias da Vida Eterna que vem. Vocês vivem a Alegria,vocês vivem o Amor, a Luz, as Vibrações. O que se instala não édestinado a transformar somente o corpo em Luz, mas é verdadeiramente,sua Eternidade. Seja no nível de tudo o que lhes foi descrito, seja nonovo corpo etérico que se desenvolve: é lá que Vocês são Eternos.

Elhes foi dado a degustar isso, mesmo estando presente no efêmero.Quando nós lhes dissemos que nós estávamos em vocês e no Canal Mariano,vocês vão perceber muito rapidamente, que não há mundo fora e que, sevocês estão imersos cada vez mais profundamente na Morada da PazSuprema, efetivamente e não somente, o que deve prosseguir nesse mundo,prossegue. Porém, o que deve terminar não mudará estritamente nada doque vocês vivem.

Como o Comandante lhes disse há algum tempo(ndr: O.M. AÏVANHOV), não são vocês que desaparecem: é a ilusão e omundo, mas isso não é a Vida. Quando vocês nos percebem, quando vocêsnos sentem, quando vocês nos chamam, quando vocês vivem a Onda da Vida,o Manto Azul da Graça, quando vocês vivem momentos em que lhes parecedesaparecerem, tanto desse corpo quanto dessa identidade da pessoa quevocês interpretam, que vocês são, então sim, vocês tocam a Eternidade evivem a Vida Eterna.

É isto que vocês viverão e é nisto quevocês serão instalados. E quando vocês vivem isso, haveria uma únicarazão para se preocupar? Porque, como foi dito por inúmerosintervenientes sábios, tudo o que vocês criam, nesse mundo, um diadesaparece: resta apenas uma memória.

Mas, o que resta de vocês?O que resta do que vocês construíram, em qualquer nível que seja? Senão é somente lembrança e memória. Para vocês, não resta estritamentenada. Resta simplesmente o Amor que vocês tocaram, o Amor que vocêsviveram e o Amor em que vocês se tornaram, ou não, na Vida emEternidade. Pois, a Vida Eterna está aí.

O que a maioria devocês vive através do que acontece desde o início deste ano, é bemexatamente isto. A reconstituição do corpo etérico multidimensional devocês é bem real.

Algumas de minhas Irmãs lhes falaram disso. Éisso o que vocês vivem, e a Eternidade está aí. Pois que isso não seráafetado por qualquer acidente deste corpo, nem qualquer fim deste corpoou por qualquer fim deste mundo. Porque aí, vocês tocaram a Eternidade,vocês lembraram-se e vocês estão nesse Corpo de Eternidade, que foichamado de Corpo sem costura, Corpo imortal, Corpo de Glória, Corpo deRessurreição (aquele que lhes foi prometido por São João noApocalipse). É bem exatamente isso que vocês vivem, e isso vai seinstalar de maneira cada vez mais permanente, mesmo em meio a estacarne.

Vocês vão notar, aliás, que quando vocês viverem isso,não sentirão mais o desejo de ir experimentar uma outra Dimensão, nemde viajar em Estado de Ser [Êtreté], mas simplesmente de fundirem-se noque está aí, e vocês têm razão. E se vocês fizessem de outro modo,tentem simplesmente deixar o que vocês são se fundir em sua Eternidadee vocês constatarão os frutos extremamente rápido. Sairá de vocês nãosomente uma certeza, mas uma Verdade total do que é a Eternidade.

Eisso acontece nesta carne. Não há necessidade, para aqueles que nãopodem, de ir ao Sol. Há, simplesmente, na Humildade e na Simplicidade,que viver o que vocês têm a viver e que se manifesta em sua própriaDimensão, agora já. A porta de saída, a porta da Eternidade está aí,ela não está em nenhuma parte alhures.

Agora, claro, existemconsciências que são suscetíveis de intervir, de maneira mais densa emais física. Vocês os conhecem: eles são chamados os Anjos do Senhor. Mas, isto também não deve fazê-los esquecer que, mesmo para ele, o essencial é que vocês encontrem sua Eternidade.

Eela está aí, vocês não têm de procurá-la. Vocês têm simplesmente deacolhê-la e permanecer nesta Humildade, nesta Simplicidade, nestatranquilidade: e a Eternidade, vocês a vivem instantaneamente. E é estaEternidade que vai mudar e tornar-se permanente. E todo o resto (que éapenas efêmero, que não é mais que construções que não duram)desaparecerá, simplesmente.

Então, seguramente, há o Fogo do Céuque é o batismo do Espírito. Há a Água do Céu que esta qualidade davibração e da consciência que é Criadora, e que é esta polaridade, quese pode dizer, feminina, da Fonte. É isto que lhes confere o retorno àimortalidade e a consciência da Eternidade.

E isto é para viveragora. E isto não é somente uma experiência. Só depende de vocês queisso seja permanente, desde agora. Seja qual for a vivência do seucorpo de carne, seja o que for que vocês tiverem a fazer, ou a nãofazer, isto independe completamente. É justamente assim que vocêstornar-se-ão Liberados de todos os restos de apegos que podem aindaexistir em vocês: não se ocupem deles. Ocupem-se de suas vidas, óbvio:façam o que a vida lhes pede para fazer.

Mas, não esqueçam quevocês são a Eternidade, que o que vem é a Vida Eterna, e que vocês játêm um pé nesta Eternidade: uma parte da consciência de vocês já estálá. E é lá que se encontra a Fonte: a fonte da felicidade, a fonte daAlegria, a própria fonte da vida, aqui desta Terra.

Se vocêsfazem isso, vocês constatarão, extremamente rápido, o que vai sepassar. Vocês vão constatar que verão cada vez mais coisas. MuitosAnciões já lhes disseram isso. Quer isso seja as linhas de predação,quer isso seja a malha das partículas Adamantinas, quer isso seja adescida da Luz (em suas diferentes composições) ou ainda todo o quelhes era ocultado no nível visual; será visto no seio de seu olhar deEternidade, aqui mesmo, sobre esta Terra.

Viver isso, pensar nisso, é ser, realmente, um Liberador.Pois que sendo assim vocês são, efetivamente, Transparentes natotalidade, à Eternidade. Vocês são totalmente Transparentes: vocês nãointerferem mais com a Luz, vocês não resistem mais à Luz, vocês não seopõem à nada do que é a Eternidade. Permitindo-lhes de operar, dere-sintetizar esse Corpo etérico e esse Corpo de Estado de Ser[Êtreté], novo, que é batizado no Fogo do Céu e na Água do Céu.

Éisso que se desenrola em vocês. Isso corresponde aos diferentessintomas que esse corpo pode sentir os quais lhes foram dados por umAncião (ndr: intervenção de SRI AUROBINDO de 01 de setembro).Tudo isto é bem real. Tudo isso não é simplesmente uma pequenatransformação da vida de vocês, em direção a mais harmonia. Éverdadeiramente a mudança de mundo, é verdadeiramente o que vocêschamam de Ascensão ou a Translação dimensional que está em curso, nestemomento.

E o modo de vivê-la, o modo pelo qual vocês aceitamnossas Comunhões, nossos contatos, o modo pelo qual vocês têm apossibilidade de reviver isso, por um instante que seja, conforta-os noque vocês São, conforta-os na Paz, na Morada da Paz Suprema. Isto é aEternidade. Há somente o que é efêmero, que só existe porintermitência, que desaparece e que desaparecerá totalmente, em breve.

Quandovocês estão também nessa Comunhão, notem que não há pensamentos. Não hámais pensamentos concernentes ao amanhã, não há mais pensamentoscomuns. Vocês se instalam, cada vez mais, no que nossos Irmãos e Irmãsorientais poderiam chamar esta vacuidade e, dentro dela, vocês percebemque está plena de Amor. Que tudo o que está lá é Amor e unicamente Amor.

Bemdiferente, evidentemente, do mundo da carne que nós conhecemos e quevocês ainda conhecem. Isso vai reforçá-los na Simplicidade. Isso osmanterá na Humildade. E, pouco a pouco, se já não é o caso, aTransparência se tornará cada vez mais flagrante, cada vez maisevidente.

Muitos de vocês (nós sabemos, pois nós o vemos)começam realmente a viver isso. E, cada dia, durante este período, atéo equinócio de outono [NT: equinócio de primavera no Hemisfério Sul]vocês serão cada vez mais numerosos em poder vivê-la e a vivê-la. Aíestá o Amor. Aí está a Vida Eterna. Aí está a Eternidade. Todo o restolhes parecerá como devendo ser conduzido a seu termo e lhes parecerá,cada vez mais insípido, sem entretanto o rejeitar, sem entretanto orenegar, mas fazendo-o simplesmente porque vocês sabem que a VidaEterna está aí e que ela lhes estende os braços. E que nestaEternidade, não há mais nem sofrimento, nem medo, nem questão, porquetodas as respostas estão lá.

É viver, viver de um outro modo.Não é mais viver no questionamento e no que é limitado. Éverdadeiramente estar estabelecido neste Absoluto, no que é este Amorindizível. Cabe a vocês escolher, e as experiências de que vocês têm aoportunidade de passar, de viver, devem conduzi-los sem nenhumadificuldade a isso. Pois,quando vocês compreendem que são Eternos, porque vocês o vivem, de queteriam medo? O que vocês teriam medo de perder? O que vocês teriam medode deixar, seja onde for, uma vez que vocês encontraram o que vocês São?

Éisto que vocês são chamados, realmente, a viver, durante este período;fortalecendo-os nesta Vida Eterna. Então, quando vocês tiveram aoportunidade de viver uma Comunhão (com quem quer que seja, conosco ouentre vocês), revivam esse momento, não como uma recordação, masinstalem-se na consciência neste momento que é atemporal, que não élinear, mesmo se para vocês esta experiência estiver inscrita em umdado momento. Ela é viva e está sempre aí: basta simplesmente pensarnela para vivê-la. E, ao fim e ao cabo de seus pensamentos, isto seestabelecerá como a única Verdade possível, a única resposta possível.

Vocêsnão poderão mais duvidar. Vocês não poderão mais duvidar do que querque seja sobre o que vocês São. Vocês não acreditarão mais, vocês nãovão mais supor, porque vocês o serão, cada vez mais. Minhas palavrassão curtas, era simplesmente o que eu tinha a dizer-lhes e, sobretudo,a felicidade de estar aqui com vocês.

Se, em relação ao que eudisse, e somente em relação a isso, se vocês quiserem, então eu lhesrespondo, se houver questões. Recordem-se também que mesmo não sendouma das Estrelas participantes, de maneira mais privilegiada, do MantoAzul da Graça, eu estou também em ressonância, enquanto Estrela, com oCaminho da Infância e que este Caminho da Infância será sempre o maisdireto.

Éonde se instala mais facilmente a evidência da Luz e do Amor. ÉAbandonar-se totalmente ao Amor e à Luz. É tornar-se este Amor e estaLuz e já é viver em Eternidade e a Vida Eterna. Mas, eu os escuto agora.

Questão: você poderia desenvolver sobre o que você chamou as linhas de predação?
Meu Irmão, isto foi desenvolvido de modo extremamente preciso por IRMÃO K. Eu te convido, pois, a ler e reler o que ele disse. Isto está muito longe do meu vocabulário. Ele certamente explica muito melhor que eu o que isso é (ndr: em particular, sua intervenção de 20 de agosto de 2012).

Ésimplesmente os laços que vocês criaram uns com os outros. E, nesteslaços, qualquer que seja o amor humano, há sempre um medo: o medo daperda, alguém que é superior e outro que é inferior, há o julgamento,há a opinião. E tudo isso criou essas famosas linhas de predação.

Questão: qual é a ligação entre o Corpo do Estado de Ser e o novo Corpo Etérico?
Onovo Corpo Etérico e o seu Corpo do Estado de Ser que vocês percebemenquanto Duplo. Este Corpo do Estado de Ser é revestido, cada vez maispelas partículas da Fonte, além das Partículas Adamantinas, além doEspírito Santo, além do Ultra Violeta. Isto dá este componente de Fogoque vem, efetivamente, criar um Corpo Etérico novo: Corpo de Luz, CorpoImortal, Corpo sem Costura. O Corpo de Estado de Ser, que estava noSol, participa da mesma essência.

Como os Arcanjos lhesexplicaram longamente, quando vocês são multidimensionais, não dependemde uma forma precisa. Vocês não têm um corpo, mas todos vocês têmcorpos. Vocês todos são corpos. Existe, todavia, um veículo, e esteveículo é o Corpo do Estado de Ser, mas ele não é um corpo em que vocêspoderiam viver na carne.

Vocês não são tributários deste corpo,vocês não são ligados a ele. Ele tampouco está fixo em uma forma e étotalmente mutável e transformável. Não vejam este Corpo como algo quepode sobrepor-se, mesmo de longe, ao corpo de carne. Simplesmente vocêso vivem: é ele que vocês sentem.

Questão: o que você entende pelo fato de ver os Anjos do Senhor de maneira mais densa?

Paraalguns de vocês, os Anjos do Senhor estarão aí, com vocês, em suaDimensão, em seu mundo. Os Anjos do Senhor não são Anjos. Eles sãochamados assim, mas são os Vegalianos.

Agora, eu não disse que isso dizia respeito a todo mundo. Eu te convido, para isso, se tu queres informações mais amplas sobre o que são os Anjos do Senhor, a olhar o que um deles expressou, no quadro das intervenções (ndr: VELGAN).

Entre cada uma de suas questões, nós comungamos. Entre cada uma de suas interrogações, nós nos aproximamos uns dos outros.

Questão: o novo Corpo Etérico será finalizado para 22 de setembro?
Osque deverão estar finalizados, o serão. Mas, efetivamente, esta dataque lhes foi comunicada pelo Arcanjo MIGUEL é importante para estetrabalho (que não é um trabalho, eu os recordo).

Questão: qual é a relação entre a constituição deste novo Corpo Etérico e o Absoluto?
Nãohá relação. Simplesmente, quando vocês são multidimensionais, vocês sãotambém Absolutos. Vocês navegam de uma forma a outra, vocês podemdecidir ser todas as consciências ao mesmo tempo e, assim, seremAbsolutos.

Não existe barreira, não há separação. Somente seufuncionamento no mundo da carne lhes faz imaginar tudo como separado,tudo como dividido, como tendo sempre barreiras e limites, quer sejanos pensamentos como nas emoções, no que vocês chamam de sua família,em relação a outras famílias que não são a sua.

Assim é a vida na divisão e na falta de Amor.Mas, no Amor, tudo é pleno. Não há limite tanto para a consciência comopara a não consciência. Não há sombra, não há sofrimento. Pois, arelação, a ligação que pode existir é simplesmente que o Corpo doEstado de Ser, assim como o novo Corpo Etérico, que sobreviverá aoantigo, coloca-os em ressonância, reconecta-os com o Fogo do Céu e coma Água do Céu.

E, desde este instante, vocês estão Livres. BIDIchamou-lhes (para alguns de vocês que já o vivem): os LiberadosViventes. Porque vocês são, realmente, Livres e esta Liberdade não seacomoda com qualquer limite do que quer que seja.

Na Liberdadenão há separação, desde a Fonte, desde mesmo do Absoluto, até a formamais densa que vocês, por exemplo, poderiam recriar nos mundos Livres,qualquer que seja a Dimensão destes mundos. Mas vocês estão aindavivendo uma forma, neste mundo, mas vocês estão no mesmo tempo, nomesmo espaço (além de qualquer tempo e de qualquer espaço, pois),inscritos, em consciência, em toda forma e além de toda forma.

Nadaé separado, nada pode ser confinado: não há limite. Não é paraimaginar, é para viver, pois que vocês não têm nenhum meio derepresentá-lo ou de imaginá-lo. É por isto, aliás, que quando nósviemos, aqueles de vocês que percebem seu Canal Mariano, sentem nossaPresença. E, entretanto, eu me expresso aqui, mas eu estou também aolado de vocês e eu posso estar, ao mesmo tempo em que me expresso, ondeeu quiser, sem que isso seja um problema (o que não é o caso de vocês).

Comovocês crêem que MARIA possa passar seu Anúncio ao conjunto dahumanidade? Vocês acreditam que ela passa por meios técnicos? Não. Elapassa por vocês, e em vocês.

Nós não temos mais questionamentos, nós lhe agradecemos.

Irmãose Irmãs bem amados, estabeleçamo-nos juntos na Unidade, na Comunhão, láonde não existe nenhuma separação e onde o Amor é a única Verdade.


...Compartilhamento do Dom da graça...

Eu sou THEREZA DE LISIEUX. Eu os amo.
Eu lhes digo até logo e eu permaneço em vocês, se desejarem.

Até a vista.

Filme: A História de THERESA DE LISIEUX



Mensagem de THERESA DE LISIEUX no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1594
03 de setembro de 2012
(Publicado em 04 de setembro de 2012)
Tradução para o português: Dionéia Lages


M.M - http://minhamestria.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails