((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

CONFORME NOS DISSERAM COM ANTECEDÊNCIA: AS REVELAÇÕES IRÃO DESCONSTRUIR TODAS AS INSTITUIÇÕES

CONFORME NOS DISSERAM COM ANTECEDÊNCIA: AS REVELAÇÕES IRÃO DESCONSTRUIR TODAS AS INSTITUIÇÕES


Pedaço de papiro traz a inscrição: 'Jesus disse a eles, minha esposa' (Foto: Karen L. King/Harvard/Divulgação)

Inscrição em pedaço de papiro sugere que Jesus Cristo seria casado. Para autora, achado mostra que tema não era tabu no início do Cristianismo.
Documento foi apresentado em congresso nesta terça-feira (18).

Uma inscrição antiga feita em papiro pode sinalizar que Jesus Cristo tinha uma esposa. O material foi apresentado nesta terça-feira (18), durante o 10º Congresso Internacional de Estudos Coptas, que está sendo realizado em Roma, na Itália.

Copta é o nome que se dá à língua falada no Egito na época do Império Romano, quando viveu Jesus. É nessa língua que está escrito fragmento de um texto com os dizeres: “Jesus disse a eles, minha esposa...”.

 
O pedaço de papiro tem aproximadamente quatro centímetros de altura e oito de largura. Segundo Karen King, professora da Faculdade de Teologia de Harvard, nos EUA, que apresentou a peça, o documento foi escrito na segunda metade do século 2.


“Esse novo evangelho não prova que Jesus era casado, mas nos conta que toda a questão só surgiu como parte de debates vociferantes sobre sexualidade e casamento”, contou King à reportagem da própria Harvard.

Ainda de acordo com a autora, o que o documento prova é que o estado civil de Jesus não era um tabu para os cristãos da época. “Desde o início, cristãos discordaram sobre se era melhor não casar, mas levou mais de um século após sua morte até que eles começassem a apelar para o estado civil de Jesus como um apoio aos seus argumentos”, prosseguiu.


Antes de apresentar sua pesquisa em Roma, King já tinha apresentado o papiro para outros importantes especialistas, que concordaram que se trata de um documento autêntico.

O fragmento chegou até King das mãos de seu dono, que mora nos Estados Unidos e preferiu não se identificar. Por isso, pouco se sabe sobre sua descoberta. Os especialistas sabem apenas que ele foi escrito em um livro – e não em um rolo, pois há inscrições dos dois lados – e que provavelmente é original do Egito – por estar escrito em copta.


Fonte: G1

Nota MM: Milagre, esta notícia foi veiculada também no Jornal Nacional da TV Globo.


Irmão K nos antecipou. Isso é só o início.


M.M - http://minhamestria.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails