((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 30 de setembro de 2012

COLETÃNEA: LINHAGENS ESTELARES - AUTRES DIMENSIONS

 COLETÃNEA: LINHAGENS ESTELARES - AUTRES DIMENSIONS


Eu disse também, e repito que, após essa estase vocês devem religar-se, a fim de permitirem-se superar sua personalidade e sua individualidade, bem além do processo do despertar, para o que é chamado de linhagens. As linhagens são múltiplas, mas toda alma humana em encarnação está religada, está em filiação, com várias linhagens.

A um dado momento da sua experiência de vida, no curso de um evento por vezes benigno, de um evento por vezes marcante, vocês vão encontrar-se confrontados com essa noção de estase, de parada, de reversão da consciência que vai então penetrar, ao mesmo tempo mantendo a encarnação, outro estrato.

Isso corresponde ao início do controle.
O controle é realizado quando, nos outros estratos de consciência, vocês integram na sua personalidade em encarnação a totalidade das linhagens luminosas das quais vocês são procedentes.

Estabelecer-se em outros estratos, elevar de maneira definitiva a sua consciência, necessita a passagem pela estase e pela fusão com as linhagens das quais vocês são originários. Esse processo pode ser chamado de pequena morte, de porta estreita, pouco importa.
É um momento único.

Este, localiza-se após um período de expansão no estrato de consciência no qual vocês vivem. A um dado momento, essa expansão cessa brutalmente, sem, contudo, que haja contração. 

É por essa razão que isso foi chamado de «estase» ou de «reversão». É um processo dinâmico, localizável com extrema facilidade, porque vocês passam de um nível de experiência para outro nível de experiência, onde a consciência vai estabilizar-se com possibilidades inerentes a esse novo estado que é, em particular, não mais estar separado do conjunto dos seus estratos, não mais estar separado, tampouco, da possibilidade de contato com os outros estratos superiores ilustrados pela instalação das linhagens em vocês. Essa instalação não pode ser assimilada a um processo de canalização, mas, efetivamente, a um processo de fusão.

Questão: o que você chama de estratos corresponde ao que nós chamamos de dimensões?
Isso é passível de sobreposição, perfeitamente.

Questão: o que vocês chamam de linhagens?
A linhagem corresponde à sua herança espiritual ligada à sua Fonte e à sua origem.
A linhagem, as linhagens são a manifestação do primeiro tempo da exteriorização da Divindade, ela mesma ilustrada pelos Quatro Viventes ou as quatro linhagens originais, ligadas aos quatro elementos.

Cada ser (eu não falo, aí, da forma manifestada), cada Unidade de Luz, cada alma, cada Espírito, quando de sua própria criação é, primeiro, separado de si mesmo, do mesmo modo que a Luz original é separada dela mesma. Vocês, portanto, criaram-se separados de si mesmos em duas partes. Essa separação em duas partes não é, propriamente dita, a linhagem, mas é o que é chamado de centelha divina.

Quando vocês criam a sua centelha divina, e separam-se da Fonte, vocês são chamados a fazer como a Luz original, ou seja, separar-se de si mesmo. Como vocês se exteriorizam nessa separação? Criando uma outra chama, em tudo idêntica à sua, que alguns textos, hoje, chamam de chama gêmea. Há, em algum lugar nesse universo ou em outros mundos, encarnadas ao mesmo tempo que vocês ou não encarnadas, outra parte de vocês, que vocês passam suas vidas a buscar.
Isso é chamado de chama gêmea.
Primeira etapa.

Essa divisão é possível pela contração da consciência, que desce nos mundos da materialidade e da manifestação nesta dimensão. Há, portanto, em vocês, um sentimento de incompletude que os faz buscar, durante toda sua vida e todas as suas encarnações, seu complemento. Isso nada tem a ver com o que vocês chamam de almas grupos, almas irmãs ou famílias de almas. Isso é bem anterior àquela noção.

Hoje, durante esses tempos que vocês vivem, que os aproximam da estase, há a possibilidade, para alguns de vocês, de reencontrar o que é chamado de chama gêmea, mas isso não tem o sentido de querer criar algo com o que vocês chamam de chama gêmea. É uma reconexão à sua Fonte e nada mais. Agora, os destinos das chamas gêmeas podem ser mais ou menos ligados ou mais ou menos estendidos, isso não tem importância alguma.

O importante é voltar a manifestar em vocês o sentimento de completude que faz com que vocês não possam mais, jamais, depender de outro ser humano, qualquer que seja. Vocês não estarão mais na busca de complementaridade, porque vocês se tornarão, naquele momento, seres completos.

Essa é a primeira etapa.
Entretanto, a partir do momento em que vocês se exteriorizaram, vocês mesmos, em sua chama gêmea (como o Pai o fez no momento da primeira criação), há um apoio obrigatório que sustenta o Céu, em todos os sentidos do termo. Ele sustenta as galáxias, ele sustenta esse mundo, ilustrado através dos quatro pilares da criação, que foram chamados os quatro elementos, que são a base de toda a vida e de todos os estratos de consciência, desde sua dimensão até dimensões mais próximas da Divindade ou da Luz.

As linhagens são a revelação, em vocês, de sua filiação em relação a esses quatro elementos. Cada um desses elementos foi veiculado de maneira privilegiada pelos seres, humanos ou não. mPode, por vezes, tratar-se de um planeta, ele mesmo que desempenha o papel de filiação. O controle vai, portanto, corresponder à revelação desses quatro pilares, a fim de fazer de vocês um ser estabelecido em sua Divindade. Esse processo de reconexão à sua linhagem, à sua filiação é algo que foi exprimido, em diversas correntes tradicionais, como uma fusão.

Assim (para falar de um mundo que não é meu mundo de origem, mas que é muito simples para compreender por vocês mesmos), se vocês tomam o exemplo daquele a quem chamaram o Cristo, há seres que seguem o caminho do Cristo e que imitam a vida dele, que buscam fazer o bem e dar-se a si mesmos. No momento em que eles vão viver a estase a título individual, eles vão fusionar com o Cristo. Assim, eles poderão fusionar as características e os atributos de Cristo como, por exemplo, os estigmas ou os poderes espirituais mais elevados. É do mesmo modo, na fusão das linhagens espirituais, no momento em que vocês entram em estase a título individual e onde vocês se encontrarão em sua Unidade Divina.

Questão: o quinto elemento corresponde ao Espírito?
Não.
O quinto elemento revela o Espírito, mas não é o Espírito.
O Espírito está bem além. O quinto elemento, vocês todos o conhecem, é chamado de Éter. Não se trata, propriamente falando, de um elemento, mas de um movimento, uma vez que os quatro elementos bastam-se a si mesmos.

Trata-se dos Quatro Viventes.
Não há cinco viventes, há quatro deles. Em contrapartida, aquele que assegura a coesão e a reunificação desses quatro elementos é chamado de quinto elemento.

Questão: a fusão das linhagens demanda um trabalho com um mestre ou é simplesmente ligada ao processo de reversão?
Vocês podem seguir um mestre durante toda a sua vida sem, contudo, viver a fusão com esse mestre ou outro mestre. A fusão vem a vocês no momento em que vocês entram na estase. Não há o que se preocupar de buscar isso, isso é. Eu lhes dou simplesmente os elementos de maneira que, quando isso lhes chegue, se isso lhes chega, isso lhes pareça evidente.

Vocês não poderão obter uma fusão simplesmente seguindo um ser vivo ou um ser morto. Então, para alguns seres como o Cristo, e como outros, vocês podem imitar, fundir-se com o testemunho da Luz, mas, geralmente, é quando vocês exploraram e expandiram o máximo de seu estrato, que vocês construíram o que eu chamei o corpo de Luz, que a fusão pode vir a vocês.
RAM - 23-10-2008 

Questão: Nós temos várias linhagens ou ao menos uma linhagem ligada aos animais?
Isso não é uma obrigação.
Vocês têm o que eu chamaria de linhagens humanas puras (não entendam, com isso, superiores, entendam, com isso, não híbridos) ligadas diretamente a grandes arquétipos. Entretanto, eu lhes assinalo, assim mesmo, que sua Mãe, nossa Mãe, de todos, não é de origem humanóide. Assim, há linhagens Arcangélicas, cuja representação antropomórfica, se preferem, não corresponde absolutamente à realidade.

Entretanto, entre os Arcanjos, que não são linhagens evolutivas, nós nos apresentamos geralmente como uma forma humana, isso não é por acaso. A Humanidade, ao nível de sua realidade, é aquela que fez desaparecer, em Essência, a animalidade, mesmo se alguns de vocês têm linhagens vindas do que vocês chamam, vocês, de animais, e que não são absolutamente, para nós, animais. Assim, cada animal possui Quatro filiações. Essas filiações podem ser diferentes, mas elas necessariamente tomaram forma nesta dimensão, senão, vocês não as teriam reencontrado, obviamente.

Questão: Qual é a origem de Maria?
Alguns de vocês perceberam a Verdade, mas, entretanto, isso não é importante, porque a realidade, sob forma, “animal”, assinala uma realidade bem superior ao nível da Luz. Lembrem-se que as linhagens evolutivas e criativas são da Luz, antes de ser uma Animalidade ou uma Humanidade. Existe, na Luz, um antropomorfismo do qual decorrem todas as linhagens humanas ou animais. As linhagens não evolutivas, assim o é dos Quatro Viventes ou ainda das sociedades tipo Civilização dos Triângulos, não conhecerão jamais o antropomorfismo.

Questão: A linhagem dos felinos está sob a proteção dos Quatro Viventes, eis que um deles é representado, por vezes, sob forma de leão, da iconografia humana?
É uma representação, sob forma animal, de uma virtude que nada tem de animal, eis que os Quatro Viventes não participam nem das linhagens humanas, nem das linhagens animais.
ANAEL - 03-08-2009

A fusão, quanto a ela, propicia a independência e a liberação.
A fusão não é ligada a uma vontade do ego, nem a uma vontade, qualquer que seja, mas é uma ordem natural das coisas que faz com que, quando uma consciência se aproxima da porta do Coração, abrem-se então canais sutis situados de um lado e do outro do coração, do chacra do coração. Esses quatro pontos são os lugares que abrem para a fusão com suas linhagens.

Todo ser humano, qualquer que seja o número de suas peregrinações, qualquer que seja seu carma, qualquer que seja sua origem estelar, possui quatro chaves e quatro linhagens com as quais ele deve fusionar a fim de realizar a Unidade e a Divindade. Cada ser humano apresenta em si quatro linhagens e quatro fusões, sucessivas num tempo relativamente breve, permitindo encontrar sua própria Unidade.
Eu não citarei nomes de linhagem.

É importante compreender que cada uma dessas linhagens é afiliada, no sentido próprio como no figurado, a um dos quatro elementos: água, fogo, terra ou ar. A fusão das linhagens corresponde à ativação dos quatro pontos, de um lado e do outro do coração, que permitem ativar os elementos chamados partículas adamantinas. Cada partícula adamantina estando em ligação com o sopro Divino e a encarnação dos quatro elementos, em todas as dimensões existentes e não unicamente em sua dimensão. Assim, o ser humano apresenta uma linhagem de fogo, uma linhagem do ar, uma linhagem da água e uma linhagem da Terra.

Cada um desses elementos vai trabalhar, no momento da filiação e da fusão, para soprar em vocês o sopro Divino e despertar em vocês seu Coração. As duas etapas prévias são a Fé e o silêncio, a filiação e a fusão para a terceira etapa. Essas palavras, agora, devem ser ensinadas, esses conceitos, esse segundo conceito, eu o transmito agora, primeiramente, pelo silêncio.

Questão: poderia nos falar do princípio da fusão?
A fusão com uma de suas linhagens traduz a influência de uma corrente de vibrações de consciência que fusiona no interior de vocês. A identificação de uma das suas linhagens não é desejável enquanto o momento não chegar porque, naquele momento, haveria identificação e não fusão. A fusão se propõe e se realiza no momento oportuno.

Cada fusão, cada uma das quatro fusões vai lhes aportar uma conexão nova para a realidade multidimensional, tanto no plano real como simbólico, como espiritual. Vocês passam de uma filiação genética, hereditária, para a sua filiação espiritual. Vocês são unidos, reunificados, fusionados à linhagem. Essa fusão vai lhes conferir o controle de um dos quatro elementos em vocês e no exterior de vocês.

Alguns seres têm afinidades preferenciais com uma das suas quatro linhagens.
Vou tomar um exemplo de alguém que vem frequentemente vê-los por esse canal, que foi em sua vida Omraam Mikaël Aïvanhov. Este homem era o discípulo de Bença Deunov (que era, ele mesmo, o walk-in de Melquisedeque ligado à linhagem do fogo). O Mestre Omraam Mikaël Aïvanhov tinha o poder de comandar o elemento Fogo, por exemplo, para parar o fogo ou para tirar o fogo ou para colocar fogo.

Eu sou o representante da linhagem do ar, o ar nesta dimensão transporta: o som, a vibração e as palavras, mas também o silêncio. A linhagem da Água, como elemento fecundante maternal e feminino, é arquetipicamente veiculado por aquela que foi denominada Maria. Outras linhagens, geralmente de Essência feminina, nesta manifestação, são portadoras deste elemento.

A fusão é um momento energético, localizável entre todos porque há um aporte de consciência/energia além do que é vivido habitualmente, mesmo quando de experiência espiritual. A fusão abre em vocês, por conseguinte, as portas que desembocam no controle dos elementos. Eu quis atrair sua atenção sobre esta noção de fusão, com relação à sua linhagem, é claro, mas também e, sobretudo, com relação à Luz que vem, porque, não se esqueçam jamais de que vocês são filhos da Luz e de que vocês são Luz e devem reencontrar e reatualizar esta consciência, nesses tempos, agora. Nenhuma outra resposta para esta pergunta.
RAM - 13-03-2009

Questão: Gostaria de saber como se articulam as linhagens e as dimensões?
As linhagens estão presentes nesta dimensão.
Elas estão, também, presentes em vocês.
Hoje, elas se revelam em vocês, mesmo nesta dimensão.
Numa linhagem existem, evidentemente, múltiplas dimensões.
Um ser que vocês conhecem como Orionis pertence à 18ª dimensão.
Existem linhagens de Órion.

As linhagens correspondem à suas filiações de suas Sementes de estrelas, mas que estão presentes, obviamente, devido à não separação das dimensões, em todas as dimensões. Vocês podem experimentar a Vida, independentemente de suas linhagens, sobre múltiplas dimensões. Isto foi exprimido pela possibilidade vibratória que vocês terão de viver em um veículo de Existência que pertence a múltiplas dimensões possíveis.

Questão: Nós temos então sistematicamente 4 linhagens, ligadas aos 4 elementos?
Sempre.
Ligadas aos 4 elementos, em relação com os Quatro Viventes.
Tudo funciona, pelo princípio ascendente e descendente, de acordo com os mesmos números e cifras. Às vezes, há constelações ligadas a estrelas que estão em vários elementos. Há, em geral, linhagens equilibradas em relação aos 4 elementos e, às vezes, uma predominância, ao nível das linhagens, segundo certos elementos.

Questão: No momento da ascensão, nós nos juntaremos a uma linhagem, mais especificamente?
Vocês podem ir onde vocês quiserem, não há limite.
Vocês estão simplesmente limitados pela esfera de experiências que vocês querem viver, ligada a uma dada dimensão, sabendo que esta dada dimensão não pode estar, em nenhum caso, cortada de outras dimensões. A única dimensão cortada é a sua.

Questão: Como podemos conhecer nossas linhagens?
Vocês não têm que conhecer, elas se manifestam a vocês, no momento dado, senão isto seria apenas curiosidade intelectual. As linhagens representam as Vibrações, as fusões, para além mesmo de se conhecer os nomes. Há um processo de integração, pelas Rodas nas Rodas ligadas aos Hayoth Ha Kodesh e ao arquétipo dos elementos ligados a suas próprias linhagens. Isto corresponde a iniciações extremamente precisas que, de acordo com o caso, podem revelar-se no início do caminho, ou no extremo final do caminho.
ANAEL - 16-08-2009

Questão: Todos temos, sem exceção, 4 linhagens?
Sim.
Está em relação direta com os princípios fundadores dos universos, questão, Bem amado, de que você falou no início. Os princípios criadores e fundadores estão ligados a pilares de sustentação. Esses pilares de sustentação são um papel que é atribuído aos Hayoth Ha Kodesh. Esses Hayoth Ha Kodesh são as rodas nas rodas, que permitem efetivamente a geração descendente. Essa geração descendente Dimensional só se pode fazer pelo princípio de preexistência dessas 4 linhagens, tanto ao nível dos universos como de cada Unidade de Consciência.

Questão: É então possível ter uma linhagem de felino e uma outra de águia?
Todas as disposições são possíveis.

Questão: A primeira linhagem que nos corresponde é a nossa linhagem principal?
Absolutamente não.

Questão: Há uma ordem específica de aparecimento das linhagens?
O princípio de ressonância joga, nesse nível, totalmente.
Conforme vocês são compostos mais de Ar ou de Fogo, aparecerá de início sua linhagem de Ar ou de Fogo. As 4 linhagens estão em relação com todos os processos existentes na própria fisiologia de seus corpos.

Todo processo fisiológico pode ser qualificado por uma proporção de Ar, de Fogo, de Ar e de Terra, e de Água. Assim, portanto, é completamente lógico que isso esteja para os 12 pontos de Fogo da cabeça em relação com a Coroa Radiante da cabeça, chamadas 12 estrelas de Maria.

Efetivamente, 3 a 3, elas estão religadas a um elemento e portanto a uma de suas linhagens, fazendo com que cada um tenha uma predisposição a manifestar similarmente mais de « aqui e agora », mais de « clareza », mais de « precisão », etc., etc., e isso é válido para o conjunto do que existe no seu corpo, como para o conjunto que existe em nível espiritual e na estrutura da Estado de Ser.

Existe, para cada ponto, quer seja ao nível do Corpo, quer seja ao nível da coroa da cabeça, quer seja por um processo fisiológico celular ou ainda ao nível do DNA, o mesmo princípio, eis que vocês tem 4 bases de DNA. Cada uma dessas 4 bases está associada a um dos elementos e também a uma de suas linhagens.

Trata-se, como já disse, de uma geração descendente.
Agora, realizar a Fusão do Fogo do Coraçao, como muitos de vocês o vivem, não significa que suas linhagens lhes sejam reveladas no mesmo momento, despertadas e reveladas. Muitos de vocês deverão aguardar que o Fogo da Terra seja completamente consumido, para despertar e revelar suas linhagens, mas, entretanto, elas são ativadas a cada respiração de sua Vida desde que nasceram.
ANAEL - 17-03-2010

Questão: A experiência daqueles que estão encarnados vai beneficiar a família?
Sim.
Além dos véus da separação em que você esteve submerso, sua Luz, assim como já o dissemos, cresceu, por essas experiências de separação. Assim, sua qualidade e sua quantidade de irradiação, quando tocar o corpo de Existência, será rica de ensinamentos para aqueles que fazem parte de seus planos dimensionais, de suas famílias, ou de suas linhagens evolutivas porque elas terão acesso, então, à totalidade de suas experiências.
ANAEL - 08 de outubro de 2009

Assim, o que vocês chamam em sua Dimensão, de 4 elementos, corresponde a uma divisão extremamente afastada daqueles que são chamados os 4 Vivos. Do mesmo modo, o deslocamento da sua Semente de Estrela, nesta Dimensão e nos multiversos e nas multidimensões se acompanha de 4 Linhagens. Essas 4 linhagens estão religadas diretamente aos 4 Vivos.]

Do mesmo modo como os 4 Vivos (ou 4 Hayoth Ha Kodesh) correspondem ao que vocês chamam, mesmo de sua natureza, os elementos ou os orientes, que dá no mesmo. Toda forma de Consciência planetária, forma de Consciência, Sementes de Estrelas (como vocês), Centro de Consciência planetária, evolui numa determinação ligada a esses 4 elementos ou a esses 4 orientes, quaisquer que sejam as dimensões. Assim, sua Consciência é apoiada, no sentido nobre, por 4 Linhagens.

Questão: Poderia desenvolver sobre as 4 Linhagens e quais são as minhas?
Elas são elementos que apoiam o seu deslocamento nos multiversos e nas multidimensões, em sua Dimensão de sua Semente de Estrela não separada.
Não me é permitido desenvolver sobre suas linhagens.

Questão: O que motiva a revelação da Linhagem?
A evolução da Consciência e o retorno à Unidade.
ANAEL - 04-11-2009

Questão: Quais são as linhagens espirituais?
Há uma Fonte Pai/Mãe, Una.
Há Metatron que guarda o trono.
Em torno de seu trono encontram-se os Quatro Vivos, Hayoth ha Kodesh, Serafins.
Estes encontram, na implantação de dimensões, mesmo da sua dimensão, os seus equivalentes, chamados de elementos. Cada Hayoth Ha Kodesh ou Serafim primordial está em relação com um dos elementos. 

Aquele do Fogo (e eu darei apenas este) é chamado de Vehouiah.
Ele é o gênio Criador do Fogo. Toda manifestação tem por base o Quatro, nesta dimensão como em outras dimensões. Foi portanto lógico que sua descida Dimensional, que sua exploração Dimensional, além da experiência anedótica desta terceira dimensão, se fizesse sendo apoiada por Quatro elementos. Cada um dos elementos toma, para vocês, uma coloração diferente, encontrando sua Fonte de uma galáxia ou de um Sistema Solar específico. Assim, alguns dentre vocês têm linhagens Pleiadianas, ou ainda, Arcturianas, ou ainda Sirianas, ou ainda Vegalianas.

Cada uma de suas linhagens sustenta um dos elementos constituintes, em vocês, desse corpo, mas sobretudo da sua alma e do seu Espírito. São as Rodas nas Rodas, descritas pelo Arcanjo, por Ezequiel, que permitiram, se quiserem, densificar, materializar e criar as dimensões. Assim, vocês são portadores da chama da Vida. Assim, vocês são portadores das Quatro bases de DNA.

Assim, vocês são portadores de um conjunto de Vibrações cuja origem situa-se nas primeiras emanações da Fonte, chamadas de filiações. Cada uma das suas filiações lhes confere um certo número de especificidades, nesta dimensão, como em seu corpo de Estado de Ser. Entretanto, essas filiações não lhes são comunicadas do exterior mas ser-lhes-ão reveladas, no momento vindo, por vocês mesmos, no Interior de vocês mesmos.

Questão: É a mesma coisa que ao que chamamos de dimensão estelar?
Há a noção de Semente de estrela.
A Semente de estrela é sua origem estelar, efetivamente, mas, mesmo nesta dimensão estelar, vocês participam e recebem informações, influxos, impulsos, se preferem, vindos de três outros lugares. É extremamente raro e pouco frequente que algumas Entidades, ou algumas Consciências, tenham por origem estelar duas filiações espirituais comuns e idênticas. 

Este é o caso para Ki-Ris-Ti, assim como eu lhes disse, porque duas de suas filiações estão ligadas ao Arcanjo Miguel. Vocês podem, por exemplo, ter uma dimensão de Semente de estrela que é, de fato, o lugar de onde vocês vieram para vir sobre a Terra, por exemplo, Vegaliana, e ter, mesmo em sua Semente de estrela, uma filiação, obviamente Vegaliana, mas também uma filiação vinda de Orion ou ainda uma filiação vinda de Sirius ou ainda de Altair.

Por esses mecanismos complexos (cuja palavra mais adaptada seria aliança), aliança com outras linhagens, com outros povos, resultou uma fusão e a aquisição de alguns potenciais, em relação com os Quatro Viventes, traduzindo-se no seu destino e no seu caminho. Assim, uma das suas filiações está, obviamente, em relação com a sua dimensão de Semente de estrela.
ANAEL - 06-10-2009

Questão: É importante conhecer a nossa origem estelar?
Sim.
Mas a Revelação, bem amado, não se faz senão no momento oportuno, no momento adequado. Vocês têm, todos, uma filiação estelar. Vocês têm, todos, Quatro filiações espirituais que podem se misturar ou se diferenciar, com sua origem estelar. Entretanto, isso não me é permitido ao nível da Revelação.

Isso é uma Revelação que ocorre no curso do seu caminho, a um momento preciso e a um momento escolhido, que corresponde a uma oitava vibratória que você atinge e que permite esta Revelação. A Revelação da sua filiação estelar, a Revelação das suas filiações espirituais ancora, em você, a nova Vida e a nova Dimensão.

Entretanto, não há curiosidade a ter, no sentido intelectual.
Revelar-lhe que você pertence a tal linhagem ou que uma das suas linhagens é essa, não lhe trará grande coisa enquanto não viver a Revelação vibratória. Não há, portanto, meio de desvendar, de outro modo que por vocês mesmos, o que vocês são, ao nível da sua Essência estelar ou das suas filiações espirituais.
ANAEL - 31-10-2009

Questão: É o que é de um nome espiritual que pode dar um médium ou um Mestre?
Nenhum médium tem autoridade sobre a Terra para dar o nome de alma de uma pessoa.
O nome de alma é secreto.
É algo que pertence ao próprio.
Não tem mesmo que ser revelado fora.
Não é algo que é feito para chamá-lo ou nomeá-lo.
Existe um nome, além de seu nome, nesta encarnação e de seu prenome. Esse nome é o nome da sua Essência, chamado, por vezes, de nome de alma ou de nome espiritual. 

Esse nome lhe é revelado a partir do momento em que as quatro linhagens espirituais lhe são conhecidas. Por vezes, em certos casos, por derrogação, pode ser-lhe revelado, mas esta revelação é sempre uma revelação de você para você mesmo. Nenhum ser humano além de você pode conhecer esse nome, qualquer que seja o grau de confiança e qualquer que seja o grau de acesso, mesmo, ao que vocês chamam de Anais Akáshicos.
O nome da Essência é um nome escondido.

Ele lhe é ocultado porque corresponde ao nome que você usa no Sol, no seu corpo de Estado de Ser. O nome do seu corpo de Estado de Ser é um nome, geralmente, composto de duas sílabas. Essas duas sílabas são extremamente precisas. Elas correspondem a uma Vibração que é a Vibração da sua Essência.
ANAEL - 02-11-2009

O Coração estando aberto, e somente então, revelar-se-ão o que foi chamado de Quatro Linhagens, as quatro funções fundamentais da Vida Unitária: a Atenção, a Intenção, a Ética e a Integridade. Aplicando-se esses princípios mesmo em meio à Facilidade, à Fluidez, ao estabelecimento da sua vida na Coroa Radiante do Coração e no Fogo do Coração, o Fogo poderá então consumir o que, em vocês, pode ainda representar sombras.

Ele vai consumir, do mesmo modo, as sombras exteriores representadas pelos apegos, representadas pelas emoções dos outros ou pelo mental dos outros. Portanto, vocês se tornam transparentes, a vocês mesmos, mas também aos outros. E, naquele momento, vocês entram no que é denominado o verdadeiro Serviço, que é o de transmitir a Luz e não o ato dual (que tem sempre servido à matriz e a servirá sempre) na manifestação da ‘ação e reação’. Vocês não estão mais na ação, vocês não estão mais na reação, vocês estão no Ser.

E, nesse Ser, vocês estão transparentes.
O estabelecimento das outras Estrelas revela em vocês os níveis Vibratórios, tais como foram nomeados, tais como nós lhes demos, e é isso que vai concluir o trabalho, chamado de o Coroamento.

Pergunta: Poderia desenvolver a noção de Linhagens?
Caro Irmão, há, ao nível dos Quatro Pilares, o assentamento e a implantação da Vida, mesmo em meio a esse mundo falsificado. Os Quatro Pilares, denominados também Quatro Viventes, correspondem aos quatro Hayoth Ha Kodesh, Hayoth Ha Kodesh dos elementos, Querubim em outras terminologias.

Esses Querubim reúnem-se de um lado a outro do Trono.
Eles são os Triângulos os mais elevados circundando a Fonte e Metatron.
Eles são aqueles que vão revelar as formas estruturais em meio aos mundos. Assim, vocês mesmos são derivados de quatro Linhagens: uma Linhagem do Ar, uma Linhagem da Água, uma Linhagem da Terra e uma Linhagem do Fogo.

Essa Linhagem é ilustrada pelo elemento, mas também por um sistema solar e por uma função específica desse sistema solar nos universos e nos multiversos, qualquer que seja a Dimensão. Desta maneira, cada um de vocês é portador dessas quatro Linhagens, diferentes para cada um, ilustrando-se assim pelo que é denominado a ‘linguagem do DNA’ e as quatro bases existentes no DNA [adenina, citosina, guanina e timina], mas também por sua vocação, enquanto Espírito. Essas Linhagens devem se revelar no Interior e por vocês próprios, a partir do momento em que os Quatro Pilares estejam estabelecidos. Isso se revelará a vocês, de diferentes modos, mas vocês terão o conhecimento, seguramente.

Os Quatro Pilares estão então associados ao desenvolvimento da Vida, não unicamente nessa Dimensão ou sobre esse mundo, mas em todas as Dimensões que vocês percorrerão quando tiverem encontrado a Liberdade.
UM AMIGO - 25-09-2010

Questão: É oportuno conhecer a Linhagem e o destino?
Caro Filho da Luz, isso não é uma revelação que possa se fazer do exterior porque, se ela se fizer do exterior, ela alimentará o mental, indefinidamente. A revelação da Vida, fora desta Terra, certamente, é importante, mesmo para a consciência comum, mas no que concerne à revelação das suas próprias Linhagens, ela não pode se estabelecer senão em sua própria revelação Interior.

Dizê-la a você não servirá a nada e não o fará de modo algum progredir, bem ao contrário. Isso se tornará, assim como o disse, um chocalho ou um dispositivo. Lembre-se de que a Inteligência da Luz, quando você penetra o santuário do Coração, no Estado de Ser, tudo revela e tudo desvenda. Não há pergunta que permaneça sem resposta, porque tudo é evidência, mas você deve primeiro cruzar a porta, não pode ser de outro modo.
GABRIEL - 16-07-2010

Questão: Tive a visão de um triângulo. Isso poderia ser uma das minhas linhagens?
Podem ser múltiplas coisas.
Lembre-se de que o triângulo não é uma linhagem, é um universo dimensional, mais do que uma origem estelar.

As linhagens estelares, ou sua origem estelar, nada tem a ver com o nível dimensional.
Dentro de uma mesma estrela, há várias Dimensões. Dentro de um planeta de uma estrela, há várias Dimensões. A civilização dita dos Triângulos não é existente, num universo preciso, como os Hayoth Ha Kodesh. Eles estão em todos os universos, e em todas as Dimensões, sem isso, não haveria Vida.

Questão: Por que, na mesma visão, igualmente vi uma cabeça de cavalo?
Então, aí, cara amiga, eu não posso lhe responder.
As visões que você tem relativas a suas linhagens são confirmações interiores.
Em nenhum caso uma explicação exterior virá confortá-la ou infirmá-la em sua percepção. No mais, a visão de uma linhagem não é uma imagem que se passa assim, é algo que se imprime, de maneira durável, não na visão, mas na qualidade Vibratória que está ligada a esta visão. Então, imagine que você tem 200 animais que passam atrás de seus olhos fechados.
O que você vai concluir?

A manifestação de uma linhagem é frequentemente uma visão, uma percepção, uma Vibração que é de natureza recorrente. Não basta ver uma vez uma coisa para dizer que você é desta linhagem, ou que há em você esta linhagem. A revelação se faz num modo Vibratório e há uma identificação extremamente precisa que se produz naquele momento. Não pode ali haver dúvidas ou questionamentos.

E, ainda uma vez, as linhagens apenas se revelam quando vocês penetram na Vibração do Coração, não antes, e uma vez que as 12 Estrelas de Maria, ou ao menos as 9 primeiras, estejam ativadas inteiramente. Então, por vezes, vocês têm uma visão, digamos, astral, de uma verdade que seria estabelecida algum tempo depois. É por isso que sempre lhes dizemos que não se podiam dar suas linhagens do exterior, sem isso, não há qualquer sentido. Isso os provoca no mental e os afasta do instante presente.

Ora, a revelação das linhagens apenas se faz no instante presente, ou seja, no Hic e Nunc, cruzados com Alfa e Ômega, que lhes dão a Verdade do que vocês são, por intermédio das 4 sílabas sagradas que lhes permitem instalar-se no meio dos Pilares da Criação e portanto terem, naquele momento, a revelação do que vocês são e de sua origem. Se vocês não respeitam esse princípio Vibratório, vocês arriscam se deixar embarcar em visões exóticas que lhes chegam, como essa.
O.M. AÏVANHOV - 07-08-2010

Os laços que foram criados na Matriz, chamados de laços filiais, pai, mãe, filho, não têm qualquer sentido fora da Matriz, porque vocês são imortais e eternos.
Vocês não passam, portanto, pelos ciclos de vida e de morte.
Não há afiliação a um DNA e a uma linhagem, no sentido genético.

Vocês são afiliados a suas linhagens espirituais as mais livres, assinando suas origens estelares, e, por vezes, também sua origem Dimensional. Isso é profundamente diferente e fará de vocês seres livres e responsáveis.
SRI AUROBINDO - 17-09-2010

Questão: Você pode me esclarecer sobre a minha linhagem?
Isso não pode absolutamente ser uma revelação exterior a você, em nenhum caso.
As revelações das linhagens se fazem, elas mesmas, a partir do momento em que a Cruz é despertada, considerando que a Cruz do Céu, descrita por Um Amigo no Yoga da Unidade, progressivamente e à medida do seu despertar e do seu desenvolvimento, revelará espontaneamente as suas linhagens. Bem amado, isso se chama de Autonomia e de Liberdade.
ANAEL - 21-09-2010

Esta segunda parte do ‘Yoga da Unidade’ vai lhes revelar, de maneira muito mais específica, o que é chamado de suas quatro linhagens. Cada ser humano presente sobre esta Terra é a resultante de um conjunto de Vibrações, além desse corpo físico criado por Maria, de certo número de potenciais chamados de Linhagens ou, ainda, Pilares.

Essas Linhagens e esses Pilares são, para o um, relacionadas com o Fogo, para o outro, em relação com a Terra, o terceiro, com o Ar e, o quarto, com a Água. Assim, por intermédio desse mudra que vai colocar uma de suas mãos ou as duas mãos sobre esses quatro Triângulos, sobre dois desses quatro Triângulos no máximo, vão, pouco a pouco, fusionar em você mesmo a característica essencial de sua Linhagem.

Procedendo assim, apenas por alguns minutos por dia, e sempre utilizando a respiração, você vai se revelar, a você mesmo, suas próprias Linhagens, permitindo-lhe fazer ressoar, em você, a força procedente de suas Linhagens Vou tomar um exemplo (e paro aí os exemplos, porque cabe a você mesmo fazer esta descoberta Vibratória e de Consciência): imagine que na sua linhagem do Ar, se encontre a ‘linhagem das Águias’. 

Isso vai se revelar a você, além do aspecto Vibratório, por certo número de percepções que o remeterão à Águia. Outro exemplo com a Água: o povo da Água corresponde, antes de tudo, aos cetáceos e à origem de alguns sistemas solares, em ressonância com os cetáceos (os cetáceos ou os mamíferos marinhos que não vivem, aliás, exclusivamente na Água, como em seu mundo, mas também no Ar). Assim, ativando, em você, o Triângulo da Água, vai se revelar a você qual é sua parte e qual é sua linhagem em ressonância com a Água (por exemplo, o povo dos Golfinhos, em ressonância com Sírius).

Assim, ativando, sucessiva e progressivamente, ao seu ritmo, os quatro Pilares, vão se revelar a você as suas quatro Linhagens. O acesso ao Estado de Ser, por intermédio das 12 Estrelas, pelo Bindu, pelo canal central de Cristal, via Merkabah interdimensional, faz parte da ‘Revelação das suas Linhagens’. Porque é pela Revelação das suas Linhagens e tomando apoio nelas, através dos quatro Triângulos, que você poderá realizar sua ‘translação dimensional’.

Isso faz parte, portanto, da Revelação final existente nesse mundo: a Revelação das suas quatro linhagens. Restará, certamente, outra Revelação que é a sua origem dimensional, qualquer que seja sua filiação espiritual ou suas Linhagens espirituais.
Mas isso será abordado em outro momento.

Questão: existe uma única Linhagem por elemento ou podem existir várias por elemento?
Para uma determinada pessoa, existe uma única linhagem por elemento.

Questão: poderia desenvolver esta explicação para cada um dos elementos?
O Fogo é o elemento que impulsiona a vida, quaisquer que sejam as dimensões.
Ele é, portanto, chamado de Fogo da Fonte, Fogo do Amor, Fogo da Verdade.
Os Filhos da Lei de Um são chamados de Ki-Ris-Ti.
Isso significa Filhos Ardentes do Sol, Filhos Ardentes da Unidade.
O elemento que impulsiona é o Fogo.

Este impulso se traduz sobre a matéria, qualquer que seja, nesta Dimensão, como em outras Dimensões, porque o que vocês chamam de matéria a base de carbono, em outras Dimensões, existe outra matéria que é matéria, mas não para vocês, porque ela é invisível.
Em seguida, vem o Ar.
O Ar é movimento.

As linhagens do Ar são a comunicação e o encaminhamento, em ressonância com o Arcanjo Gabriel ou ainda Uriel. E, enfim, a Água representa o laço e o agente que nutre a vida, que lhe permite se desenvolver. O ER, vocês compreenderam, é então o Éter. Ele é representado por Metatron, a Vibração de Metatron ou da Fonte, se preferirem.

O Éter é o elemento que está presente nos outros quatro, não diferenciado.
É este Éter, cuja falsificação os privou reduzindo-o à sua mais simples expressão, forçada pela gravidade, pelas forças eletromagnéticas e gravitacionais. É hoje o Éter que se estende em sua Dimensão. O Éter pertence a todas as Dimensões e é onipresente nos Universos ditos de Luz Unificada. É o que vocês observam que se estende em vocês: Supramental, partículas Adamantinas e também ao nível de seus Céus.

Questão: o Triângulo da Terra é com ponta de baixo. Está ligada a uma falsificação?
Esta inversão não é uma inversão no sentido falsificação.
É a realidade do que representa a ‘fecundação da matéria pelo Espírito’.

Questão: poderia nos fazer conhecer as nossas linhagens?
Compreenda bem que o conhecimento dessas Linhagens não pode ser intelectual.
Ele nada lhe traz, estritamente nada. Apenas através da ativação Vibratória que elas se revelarão. Se elas se revelam de outro modo, como curiosidade ou como afirmação, como acabo de fazê-lo, isso não tem qualquer sentido para você.

A Revelação das Linhagens é um ato Vibratório, energético, conduzindo a aproximá-lo, cada vez mais, do seu Estado de Ser. Não é um conhecimento, qualquer que seja.
É uma Vibração.

Questão: ao que corresponde a origem estelar?
Eu responderia dizendo que é o seu lugar de recreação favorito.

Questão: e como se articula a origem estelar e as Linhagens?
Elas não se articulam, elas são independentes.

Questão: pode-se ter uma Linhagem que é ao mesmo tempo nossa origem estelar?
Perfeitamente.

Questão: mas pode também ser completamente diferente?
Perfeitamente.

Questão: a origem estelar determina, de certa maneira, o tipo de Linhagem?
Não.
Por exemplo, ao nível da humanidade atualmente encarnada, vocês são todos portadores de um DNA vindo dos mundos de Sírius. Isso não quer dizer, contudo, que uma das suas Linhagens venha de Sírius.

Do mesmo modo, uma parte do DNA, ligada à falsificação, vem da Ursa Maior, dos Dragões. Isso não quer dizer que suas Linhagens estejam em ressonância com esse mundo ou que sua origem estelar seja necessariamente esse mundo.
Mas, ainda uma vez, discorrer a nada serve.

É algo que você tem que descobrir em você mesmo, e não de maneira exterior.
Isso quer dizer que o que é importante não é o conhecimento das suas Linhagens, mas o ‘aspecto Vibratório’ que se ativa em você.

Questão: atualmente, o que se revela a nós são, antes, as Linhagens ou a origem estelar?
O mais frequentemente são, antes de tudo, as suas Linhagens.

Questão: ao nível Vibratório, o que traz o conhecimento de nossas Linhagens?
Ele traz, sobretudo, a constituição do que eu chamaria de ‘finalidade do canal do Éter’. É, de fato, o canal da Sushumna que é duplicado de partículas Adamantinas, bem além do trajeto habitual da Sushumna, ou seja, acima de suas cabeças.

Quando o ‘canal de Cristal’ é revestido e forrado de partículas Adamantinas, quando ele é estabilizado pelas quatro Linhagens, correspondentes aos quatro pontos de sua cabeça (pontas ou cimeiras de seus Triângulos), naquele momento, vocês estão prontos para se juntarem à sua Existência. Compreenda bem, ainda uma vez, que o que é importante não é conhecer as suas Linhagens. É ativar os Pilares correspondentes.
UM AMIGO - 18-09-2010

Questão: Os quatro Pilares, representados pelos 4 elementos, podem sê-lo para os animais?
Bem Amada, o que você chama de animais é apenas uma falsificação, uma farsa estúpida dos Dracos que são, eles mesmos, os animais. Assim, o humano se considera como à parte e superior aos animais. Compreendam bem que as suas linhagens nada têm de humano. Alguns de vocês têm sangue reptiliano.

Outros têm sangue, e, portanto, o DNA, vindo de Sírius, portanto, dos golfinhos.
Outros, enfim, vêm da linhagem das Águias. Existe uma mistura extremamente inacreditável do que vocês chamam de animais, no ser humano. Assim, portanto, a representação dos quatro evangelistas por quatro animais corresponde a uma Verdade, é claro.

A linhagem das Águias, por exemplo, que é a linhagem do bem amado São João – ou Sri Aurobindo – vem de Altair. A linhagem da água, em ressonância direta com os cetáceos e, em particular, os golfinhos, são os Mestres geneticistas de Sírius de 18ª Dimensão que criaram este Universo, bem antes da sua falsificação. Assim, portanto, os animais não são animais, mas são as próprias linhagens de vocês.
ANAEL - 17-10-2010 (1ª Parte)

Questão: A cor da alma indica o destino ou a linhagem?
Nem um, nem outro. É a coloração da alma, quer dizer, simplesmente, na encarnação, com qual apoio vocês trabalham. Nada mais. Isso nada tem a ver com as linhagens, nem com o destino.
O.M. AÏVANHOV - 01-12-2010

Questão: nas Hierarquias do universo, cada um tem um papel diferente?
O papel é ligado, justamente, ao Ser.
Assim, portanto, quando eu falo de destino dimensional, ou quando alguns outros falam de famílias estelares ou de suas linhagens espirituais, trata-se, obviamente, de seus papéis e funções.

Questão: por quem são definidos esses papéis e funções, pela Fonte?
Pela sua própria Consciência e pela sua própria Vibração, pelas suas próprias capacidades para Vibrar em tal universo, em tal multiuniverso, em tal Dimensão ou segundo tal linhagem. A Fonte lhes deu a Liberdade e a Graça.
UM AMIGO - 22-10-2010

Questão: os filhos são da mesma origem estelar que os pais?
Mas por que você quer remeter as leis hereditárias nesse nível?
Isso estritamente nada tem a ver. Vocês podem estar casados entre um «golfinho» e uma «águia». Do mesmo modo, seus filhos não têm absolutamente a mesma origem estelar e ainda menos Dimensional.

Vocês reencontram, simplesmente, como filho, seres com quem vocês estiveram ligados pelo sangue, no plano kármico, ou seja, que vocês têm sempre, como filho, como dizer..., pessoas com quem houve alguns pequenos problemas, pelo passado. O fato de que eles sejam seus filhos é para permitir “reparar”, uma vez que vocês sabem que é uma Ilusão, o seu próprio carma.

Mas esta Ilusão, não havia leis de ressonância e de atração, havia leis de ação e de reação e foi necessário que elas se estabelecessem, aí está. Mas, agora, a origem estelar e a origem Dimensional, as linhagens, estritamente nada têm a ver com qualquer filiação ou noção sanguínea presente sobre esta Terra, estritamente nada. Não se esqueçam jamais, mesmo se é difícil a integrar, de que as relações que vocês construíram sobre a Terra são estritamente efêmeras, elas duram o espaço de uma vida, no máximo, não é?

Se vocês soubessem o que vocês reencontrariam, como filhos ou como pais, vocês seriam talvez um pouco mais cautelosos com relação a isso. Portanto, vocês os reencontraram para resolver algo, mas, depois, lá em cima, vocês nada têm a resolver.

Questão: para que serve reencontrar uma linhagem?
Não, para nada serve querer reencontrá-la.
Ela se manifesta a vocês a partir do momento em que vocês penetram nos despertares das suas Coroas, como já foi dito desde um ano. Portanto, as linhagens vão se despertar e se revelar a vocês, mas, uma vez que se saiba, efetivamente, isso para nada serve.

Simplesmente é o testemunho que um de seus Pilares ou uma de suas quatro linhagens ou um dos elementos está perfeitamente desperto, simplesmente. Mas é tudo, isso cessa aí. Então, não é que isso sirva, simplesmente, será, no seu processo de transformação, um indicador sobre o caminho. Do mesmo modo que o som da alma é um indicador, assim como a percepção Vibratória ao nível de uma das três Lareiras é também um indicador, mas, para que serve?
Serve para serem o que vocês são e o que vocês se tornam.
O.M. AÏVANHOV - 04-12-2010 (1ª Parte)

Questão: por que alguns humanos sentem mais o Triângulo das Estrelas de Maria da Água e do Ar, ao invés que do Fogo e da Terra?
Bem Amada, não estou certo de ter compreendido totalmente a questão.
Há humanos que sentem mais o Triângulo do Ar que outro Triângulo.
Há humanos que sentem mais o Triângulo do Fogo que outro.
Cada um desses Triângulos corresponde a uma de suas Linhagens.

Cada uma de suas Linhagens é, portanto, procedente, diretamente, dos quatro Pilares da Criação dos Mundos, em todas as dimensões, chamados os 4 Viventes ou os 4 Hayoth Ha Kodesh, representados, nesta Terra, pelas 4 Direções ou os 4 Elementos. Esses 4 Pilares sustentam o desenvolvimento de todas as Dimensões, em todos os universos, em todos os multiuniversos, em todos os super-universos e em todas as Dimensões do espaço.

Vocês são, portanto, portadores, do mesmo modo, dessas 4 Linhagens.
Cada uma de suas Linhagens é diferente. Alguns de vocês podem ter uma ou duas Linhagens idênticas, não devendo confundir com a origem multidimensional, que é a sua. Essas Linhagens são as Linhagens ditas estelares, pertencentes a um elemento ao invés de outro.

Assim, a maior parte do tempo, os mundos ligados a Sírius estão em relação com o Triângulo do Ar e, sobretudo, o Triângulo da Água, enquanto que os mundos de Altair estão ligados ao Triângulo de Fogo e ao Triângulo do Ar, etc., etc.. Assim, portanto, segundo as suas Linhagens e de acordo com a característica, no seu veículo ilusório físico, da predominância de um ou do outro dos elementos, a ativação de um dos Triângulos vai se fazer de maneira preferencial.

Ela corresponde, de algum modo, sem que eu possa dar mais detalhes no momento, a uma porta de entrada para a sua multidimensionalidade. Alguns de vocês vão sentir um ponto mais do que o outro. Esse ponto assinala, por seu pertencimento a um dos Triângulos, sua filiação preponderante com relação ao que você é. Existem, sobre a Terra, linhagens privilegiadas, que foram levadas por certo número de tradições, em todos os continentes deste planeta, atualmente, encontrando sua origem, há muito tempo, bem antes da falsificação.

Vocês são ligados, a maior parte de vocês, mesmo que seja apenas uma filiação, pelo seu cérebro reptiliano, à filiação reptiliana, simplesmente. Assim, o Triângulo de Terra é muito frequentemente majoritário junto aos humanos.

Há também o Triângulo de Fogo.
Esse Triângulo de Fogo corresponde à marca imposta por Lúcifer em algumas linhagens não humanas que foram atraídas e arrastadas nesta falsificação, desde a falsificação.
Entretanto, eu os tranquilizo, vocês têm também linhagens de Água e de Ar.

Assim, portanto, a ativação das suas 4 Linhagens e o seu Coroamento vão permitir, em vocês, reativar alguns potenciais muito naturais, traduzindo-se em sua vida, aqui presente, sobre esta Dimensão em que vocês estão, pelo desaparecimento ou pela modificação de algumas das suas necessidades comportamentais.
ANAEL - 16-10-2010

Questão: poderia nos falar dos 4 pilares de cada Ser humano?
Bem Amado, reitero diversas respostas que já dei anteriormente.
Os 4 pilares representam as suas 4 Linhagens.
Os 4 pilares estão em correspondência Vibratória com o que é chamado de 4 elementos.

Cada de vocês possui uma linhagem da Água, uma linhagem do Ar, uma linhagem da Terra e uma linhagem do Fogo, remetendo, assim, à sua alquimia primordial, se puder nomear assim, correspondente ao seu nascimento inicial na saída da Fonte. Isso confere certo número de qualidades e de características à sua Alma e, sobretudo, ao seu Espírito.

Os 4 pilares ou 4 Linhagens (dado que correspondem, de fato, exatamente às mesmas estruturas) são ligados à sua reunificação, tal como vocês a vivem desde pouco tempo, a maior parte de vocês, pela ativação da cruz central da Cabeça reunida no seu centro pelo ponto ER. A ativação de AL-OD e IM-IS, passando pelo ponto ER, corresponde inteiramente ao despertar total das 4 Linhagens e aos seus plenos potenciais. Isto é intimamente ligado, por outro lado, ao próprio mecanismo ascensional de sua Merkabah individual.

Esse é seu esforço, também, de sua participação ativa na Merkabah interdimensional da Terra. Não é desejável, nem necessário, nem indispensável desenvolver mais adiante. 

É bem evidente que a estrutura da Merkabah não é unicamente constituída desses 4 pilares, ou 4 Linhagens, ou constituição de 4 elementos mais o Éter, mas apresenta uma estrutura geométrica extremamente complexa da qual para nada serve sobrecarregar-lhes a cabeça, porque a vivência Vibratória será sempre o mais essencial e o mais importante (em relação a um mecanismo estudado exteriormente que nunca desembocará numa vivência).

Vocês podem passar a sua vida a estudar a estrutura da Flor de Vida, assim nomeada, sem, no entanto, ativar de modo algum a sua Merkabah, ou seja, permanecer no nível intelectual e não penetrar o santuário do seu coração, que não se importa com este conhecimento exterior, no entanto, bem real.

O conhecimento e a Vibração dos 4 pilares, correspondente às suas 4 Linhagens (encarnadas pelos 4 pontos AL-IM-IS-OD, centrados pelo ponto ER), bastam amplamente para pôr a caminho, para despertar e para concretizar e terminar sua transferência dimensional.
ANAEL - 29-01-2011

Questão: É importante conhecer a linhagem para trabalhar nas Cruzes Mutáveis?
Isso não tem relação alguma, nem qualquer espécie de importância.
A linhagem revela-se a você mesmo, quando o momento chegar.
Ela não pode ser trazida como conhecimento exterior.
HILDEGARDE VON BINGEN - 30-04-2011

Questão: A linhagem dos equinos faz parte de qual elemento?
Faz parte do Ar e da Terra.
É uma mistura Terra/Ar: a 66% de Ar e 33% de Terra.
Pégaso, por exemplo, o Cavalo Alado.
O Unicórnio, também.

Tudo isso, isso faz parte da mitologia, mas corresponde a um plano Vibratório extremamente preciso que não é mais, nesse momento, da mitologia, não é? Pode-se muito bem sonhar com golfinhos todas as noites sem, no entanto, vir de Sírius, não é?
Há atrações que se produzem.

Pode haver contatos, independentemente de suas próprias linhagens.
Há seres que canalizam entidades de Sírius.
Eles vêm, contudo, de Sírius?
Absolutamente não.

Vocês podem muito bem entrar em contato com linhagens ou entidades de outras Dimensões que nada têm a ver com as suas linhagens.
O.M. AÏVANHOV - 20-02-2011

Somente modificações de formas são procedentes de condições locais desses Universos e dessas Dimensões, traduzindo-se por Linhagens de aspectos profundamente diferentes. Assim, vocês talvez ouviram falar da Linhagem das Águias, da Linhagem dos Gatos, da Linhagem dos Leões, da Linhagem dos Cães.

Isso existe realmente, mas apenas faz traduzir uma Particularidade própria a um Universo, a uma Dimensão e a um Sistema Solar. Em última análise, a Consciência permanecerá sempre Una, quaisquer que sejam as Formas e quaisquer que sejam as Manifestações dessas Formas nos Mundos Multidimensionais.
UM AMIGO - 10-04-2011 (Yoga Integrativo - 3ª Etapa)

Questão: há uma relação entre a origem estelar e o animal totem?
Bem amado, a resposta não pode ser unívoca.
Em certos casos, sim, em outros casos, absolutamente não.

Em resumo (e dito diferentemente), todos os animais, chamados de totem em algumas tradições xamânicas, não são Linhagens. Além disso, a Linhagem situa-se no plano do Espírito. O animal totem situa-se ao nível da Alma ou, antes, das colorações da Alma.
ANAEL - 05-08-2011

Questão: Eu sonhei com 4 velhos. É para mim o momento de conhecer minhas linhagens?
A partir do momento em que há 4 entidades, isso remete inexoravelmente aos 4 elementos ou ao que vocês chamam de 4 linhagens.

Portanto, há algo ao nível vibratório que se aproxima.
Não está ainda individualizado na forma, pois são velhos e, efetivamente, os velhos, no plano vibratório, são os arquétipos de tudo, mas, em algum lugar, há alguma coisa que se aproxima, efetivamente. 

Questão: Eu poderia conhecer, precisamente, essas 4 linhagens?
Não cabe a mim, e eu creio que alguém o disse já.
Os Arcanjos lhes disseram que as linhagens se revelam no momento oportuno.
O momento é quase oportuno. 

Se elas se revelam, é que elas têm uma eficiência energética.
Se eu lhes revelo, isto se tornará um processo mental.
O.M. AÏVANHOV - 29-08-2009

Questão: Por que não podemos ter acesso a nossas linhagens espirituais antes da translação?
Porque o acesso a suas linhagens espirituais assinala a recordação Vibratória de sua Unidade, o resto, que aparece antes ou que não esteja seguido dessa recordação, será curiosidade inútil. Assim o é, do mesmo modo, para suas memórias do que chamam de vidas, nesta falsificação, memórias de vidas passadas. Ela não tem qualquer sentido nem qualquer interesse enquanto vocês não estiverem aptos a transcender esta dimensão e esta dualidade e, portanto, a lei de karma.
MIGUEL - 13-11-2009

Questão: Por que sentir-se atraído por tal ou tal estrela?
Bem amada, muitas Sementes de estrelas, obviamente, assim como o dizia Cristo, não são desse mundo mas estão sobre esse mundo. Vocês tem todos um certo número de linhagens espirituais. Essas linhagens espirituais estão talvez ligadas a seres que estiveram encarnados sobre esta Terra mas são, antes de tudo, originários de sua filiação estelar.

Nessas filiações estelares, algumas estão em ressonância com vocês. Para alguns, isso será Sírius, para outros, Aldebaran, para outros Cassiopeia, ou para outros Altair, ou ainda outros. Obviamente, essas ressonâncias são reais. Correspondem a uma forma de atração mas são também um de seus Quatro Pilares, existentes em suas linhagens espirituais. 

Assim como isso foi dito várias vezes, não me compete revelar-lhes suas linhagens espirituais mas apenas posso confirmar o princípio de atração e de ressonância manifestando-se, também, nesse nível. Do mesmo modo que vocês são constituídos de Quatro elementos, do mesmo modo vocês estão ligados aos Quatro Vivos, aos Quatro Hayoth Ha Kodesh, do mesmo modo vocês estão ligados a Quatro linhagens espirituais.
ANAEL - 27-03-2010

Questão: As Linhagens correspondem a sistemas planetários precisos?
Sim, inteiramente.
ANAEL - 14-07-2010

Pergunta: Há humanos que têm um Triângulo em uma de suas linhagens?
Sim.
Quando Cristo lhes disse para não julgar, isso queria dizer que vocês não sabem, além da aparência, de onde vem aquele que está diante de vocês ou com vocês. Alguns humanos que vocês encontram vêm de Dimensões bem além dos Arcanjos. Eles estão aprisionados nessa matriz desde muitíssimo tempo. Outros, ainda, estão em missão especial.

E outros, enfim, não são humanos, em qualquer sentido, em qualquer das suas percepções. A Sombra tem jogado muito com esse ‘desconhecimento’ Vibratório. Mas, a partir do momento em que vocês saem da dualidade, do julgamento, da apreciação, do discernimento, a partir do momento em que vocês estabelecem sua Presença em meio ao Ser e ao Coração, isso passa a não ter qualquer espécie de importância, porque, naquele momento, vocês são e em meio ao Ser, vocês irradiam a Luz Vibral, para todos, sem exceção. Sim, existem, ao nível dos humanos verdadeiros, seres vindo diretamente da Civilização dos Triângulos.
UM AMIGO - 03 de agosto de 2010

Questão: É possível conhecer o nome do nosso Estado de Ser? Isso pode ajudar Vibratoriamente?
Na condição de que esta revelação ocorra em Si.
Toda revelação exterior seria, de todo modo, assim como foi dito no ano passado por outros intervenientes, falsificada. Do mesmo modo que, para as suas Linhagens, o seu nome no Estado de Ser não pode ser conhecido senão por você mesmo.
SRI AUROBINDO - 02-08-2010

Questão: Tive a visão de um rosto meio felino, meio homem, durante a sessão de alinhamento?
Então, frequentemente isso corresponde, nesses espaços de alinhamento precisos, à percepção real e não ilusória do 3º olho, de uma ou de várias das suas linhagens.

Alguns vão ver, por exemplo, desfilar, nesse processo de alinhamento, sem querer necessariamente trabalhar no 3º olho, rostos que vão desfilar. São rostos que vocês tiveram em suas vidas passadas. Agora, se desfilar uma imagem de estrutura leonina, uma estrutura delfinoide, é que uma das suas linhagens corresponde a isso.
O.M. AIVANHOV - 28-03-2011

Muitos sonhos podem, também, manifestar-se ou, em todo caso, visões particulares, ocorrendo preferencialmente à noite, e elas são levadas a se generalizar porque elas lhes revelam, de maneira espontânea, as suas linhagens estelares.
Não deem ali mais importância do que isso.

Ter um sonho, ou acordar em plena noite vendo tal animal, confirma para vocês a sua afiliação estelar. Mas não façam disso nem uma procura, nem um presente: simplesmente, vocês o vivem porque ela se revela.

Isso está ligado à ação dos Cavaleiros do Apocalipse, em vocês, que, eu os lembro, estão ligados, eles próprios, aos Hayoth Ha Kodesh, aos elementos: cada um de vocês tem quatro linhagens estelares e cada linhagem estelar se revela, nesse momento. E o que é observado, naquele momento, nesse sonho muito intenso ou sendo despertado à noite, dá-lhes os elementos de estabilidade do elemento em questão.

Isso se traduz, aliás, muitas vezes (se vocês forem observadores), por percepções fortes no nível de algumas Estrelas, reagrupadas em triângulo, no nível da cabeça, que isso seja o triângulo da Água, da Terra, do Fogo ou do Ar (ndr: ver o protocolo “As 12 Estrelas de Maria”). Vocês irão se lembrar, se vocês ficarem atentos, de que nos momentos em que ocorrerem essas visões ou essas aparições ou esses sonhos, um dos triângulos da sua cabeça trabalha de maneira mais intensa.

Não deem ali muita importância, mas eu lhes dou isso como elemento de referência porque, se uma das suas linhagens for revelada (ou as quatro), isso é também um trunfo importante para o momento do seu Encontro.
IRMÃO K - Quem vocês São? 31-08-2012

Pergunta: no que o conhecimento das Linhagens seria facilitador no momento do Choque?
Então, é claro, este conhecimento das Linhagens, ele vem do Interior.
Há circunstâncias particulares que foram dadas a vocês: à noite, os sonhos com animais que são muito íntimos, muito próximos, eis o que eu posso dizer.

Agora, o conhecimento das Linhagens, enquanto tal, não traz para vocês outra coisa senão os Quatro Pilares, ou seja, isso vai ser uma ressonância dos Hayoth Ha Kodesh, isto é, dos quatro elementos primordiais em todas as Dimensões. E é ao redor desses quatro elementos que se arranja, se vocês quiserem, a consciência, quando ela está na experimentação das diferentes formas.

Então, cada Linhagem vai corresponder aos Quatro Pilares, é claro, aos quatro elementos, e aos Quatro Pilares do Coração, também. O que isso representa? Não curiosidade, porque, se for para saber se vocês têm uma Linhagem em Arcturius, por exemplo, o que isso traz?
Concretamente, nada, no plano mental.

É simplesmente que, em função das origens estelares e em função das quatro Linhagens (na primeira experiência da consciência, muito antes de estar aqui sobre esta Terra, muito antes de qualquer outra coisa), vocês vão assumir a quintessência Vibratória de um sistema solar: não por uma encarnação, mas como se vocês estivessem mergulhados em banhos da consciência que iriam ativar, no nível desta consciência, uma determinada característica.

Então, por exemplo, a Linhagem da Água, ela vai ser responsável por uma matriz que vai fecundar: é a fecundidade e a fecundação. As Linhagens que estão ligadas ao Fogo, é a capacidade para estar no Fogo, ou seja, para estar no Amor, isto é, para estar conectado permanentemente ao Fogo.

Eu os lembro de que a trapaça, dos maus rapazes (do DNA e deste sistema solar), consistiu em virar o Fogo. E tendo virado o Fogo, eles cortaram a orientação do Fogo enquanto elemento do Amor e elemento de conexão ao Amor – Luz Vibral. Em seguida, vocês têm a Terra, o elemento Terra, e a sua Linhagem Terrestre, ligada à Terra. Vocês estão imersos, enquanto consciência experiencial, em uma atmosfera específica.
E é o mesmo para o Ar.

Por exemplo (e eu tomarei um exemplo porque é demasiadamente longo para explicar), imaginem que vocês têm uma Linhagem no nível de Sírius (então, há vários Sírius, e isso podem ser vários elementos), mas imaginem que vocês vejam golfinhos, que vocês sintam golfinhos, não vocês, a sua pele, é claro, mas quando vocês sentem o golfinho, isso quer dizer que vocês têm uma Linhagem que vem de Sírius, e isso dá o quê?

Isso dá uma polaridade feminina específica, uma polaridade de receptividade particular. Portanto, conhecer as quatro Linhagens, isso não é um interesse intelectual ou de se dizer: “ah sim, eu estou contente, eu venho de tal estrela, lá”. Mas simplesmente, as Linhagens, quando elas se revelam, isso significa simplesmente que os quatro Elementos e os quatro Pilares do Coração estão completamente instalados e que, naquele momento, vocês estão plenamente prontos para viver o que está chegando.

Se vocês vivenciaram o Si, se vocês vivenciaram o Fogo do Coração, se vocês tiveram experiências de Despertar, naturalmente que já é uma facilitação. Mas as Linhagens, quando elas se revelam a vocês, do Interior, isso quer dizer que vocês estão prestes a solidificar, não mais a experiência, mas a instalação do que havia sido denominado por BIDI, o centro do Centro ou o coração do Coração.

O coração do Coração não é o ponto central do coração, é o Ponto ER que está ligado à Lemniscata e à cabeça (ndr: na fontanela do topo da cabeça, no cruzamento da linha passando pelas duas orelhas e da linha passando pelo nariz e pelo occipital). É isso que os instala na possibilidade, pela estabilidade das quatro Linhagens e dos quatro Elementos, em vocês, e dos Quatro Pilares, de fazer girar a Merkabah interdimensional, por intermédio da Lemniscata Sagrada, de maneira extremamente simples.

E, aliás, se vocês vivenciaram, ou se vocês vivem, uma ou todas as suas Linhagens, vocês irão constatar que a Luz Vibral que passa (quando vocês se alinham, quando vocês meditam, quando vocês estão na natureza perto dos elementos) é multiplicada em dez vezes. Portanto, isso significa que há um processo Vibratório de estabilização que os leva à Última Presença ou que os leva no Absoluto. Mas, ou isso acontece neste período particular, ou há uma certeza de vivê-lo quando a hora chegar, de maneira, digamos, um pouco mais fácil.

Pergunta: qual será a fragilidade da borboleta?
É uma imagem que eu tomei (tornar-se lagarta ou borboleta), mas a borboleta de que falo não tem qualquer fragilidade. Não pode haver qualquer fragilidade já que ela é portadora das quatro Linhagens, da Vibração das quatro Linhagens, como eu dei o exemplo. Ela está inscrita em uma forma, mas ela não é prisioneira de uma forma.

A linhagem da Terra, há o apoio do Fogo do Amor, onde quer que seja: o elemento Fogo. Há a capacidade para se deslocar e para Vibrar em todos os universos e em todos os multiversos: a linhagem do Ar.

E ela é levada a fecundar ela mesma e os mundos, quando ela deve fazer a experiência, porque ela porta a linhagem da Água. Eis o que eu posso dizer.Mas a borboleta de que falo não é a borboleta que há sobre a Terra.

Portanto, não existe qualquer fragilidade.
A fragilidade nada quer dizer, ela apenas existe nos mundos dissociados.
Como é que o que é imortal, jamais nascido, Livre de movimentos nas ultratemporalidades, Livre de movimentos em todo espaço, assim como Livre para se extrair de todo tempo, para se extrair de todo espaço e de toda Dimensão, poderia ter alguma fragilidade?
Isso não é possível.

A fragilidade resulta do medo e de uma anomalia.
A anomalia é a falsificação de ter cortado vocês do Fogo.
Se faltar um dos elementos, há uma falsificação, porque vocês não têm mais a capacidade, espontaneamente, para estar consciente do seu corpo de Estado de Ser (que foi feito prisioneiro), mas também para a sua vivência interdimensional e multidimensional.

É isso que cria a fragilidade, e que cria todos os outros medos, todas as doenças, todas as mortes, todos os karmas, e tudo o que vocês quiserem.
Mas isso apenas faz parte deste mundo.
A borboleta jamais tem fragilidade.

Pergunta: qual é o interesse em ter indicações sobre a Linhagem?
Mas justamente, é exatamente não isso.
Se uma Linhagem se revela, em forma de animal, isso não é uma indicação da Linhagem. É a consequência, o efeito. É a estabilização desta Linhagem e deste Elemento. Isso não é saber que você faz parte dos Golfinhos, das Águias ou dos Cães, ou dos Gatos, ou do que você vê.

Vocês inverteram o que eu disse.
Eu disse exatamente o oposto: se a Linhagem se revela, o que é importante é o efeito.
Não é saber que você foi isso ou aquilo, ou que você é isso ou aquilo.

Pergunta: o aparecimento de animais nos sonhos tem um interesse especial, fora disso?
Nenhum.
Um interesse em outros referenciais, mas eu falava dos animais em relação ao que acontece, nesse momento, na revelação das Linhagens. Agora, depois, é claro, há um monte de ensinamentos que vão lhes dizer: se vocês veem tal animal, isso é o seu totem, isso vai servi-lo para isso. Façam o que vocês quiserem.

Pergunta: qual é a relação entre uma Linhagem e um animal?
Um golfinho é uma Linhagem que está em relação com a Água.
Uma águia, com o Ar.
Etc., etc..

Mas este conhecimento de nada serve, ainda uma vez.
Eu lhes disse, e eu repito, que não é para compreender.
O que vocês têm a fazer é servir-se do seu sentido de observação, da experiência, para ver o que isso reflete na sua vida.

Agora, eu disse, a única explicação: isso significa para vocês que a Linhagem correspondente ao animal, no nível do Elemento, está estabilizada.

Pergunta: é preciso chegar a estabilizar os quatro Elementos?
Quando um elemento está pronto, isso quer dizer o quê?
Que a ressonância, desde os Hayoth Ha Kodesh, passando pela primeira expansão da consciência (em um determinado sistema solar, em uma determinada Dimensão), até o Elemento que está em vocês, e as funções que estão ligadas ao Triângulo Elementar, estão estabilizadas.
Quando isso se revela.

Agora, UM AMIGO lhes disse (há mais tempo) que havia três dedos que vocês podiam colocar nos Triângulos. Podemos muito bem imaginar estimular, Vibratoriamente, pela Luz, um dos Triângulos.

Isso foi dito (ndr: ver a série “protocolos/Yoga da Unidade”).
Mas hoje, vocês não estão mais realmente nisso.
É a própria consciência que age.
Isso quer dizer o quê?
Humildade, Simplicidade e os outros Pilares.
O mais importante está aí.
Porque os fluxos, eles estão nesse nível.

Vocês podem sempre trabalhar na Humildade e na Simplicidade, trabalhando nos Triângulos do Ar e da Água, mas se a sua consciência não for Humilde e Simples, vocês podem trabalhar por muito tempo.

É mais direto ser Humilde e Simples do que querer, pela Vibração, ativar tal Triângulo, até que se revele tal Linhagem. Há uma ressonância, desde os planos os mais elevados que são os quatro Hayoth Ha Kodesh, que se encontram ao redor da Luz Central (que é denominado o Pai, ABBA, METATRON, enquanto imagem do Pai, o Centro Galáctico, etc., A FONTE, se vocês preferirem).

Desde esse Plano, o mais elevado, em Vibração e em Dimensão, até os Planos os mais encarnados, é a mesma ressonância.

Pergunta: as quatro Colunas abordadas por SÉRÉTI estão relacionadas com as Linhagens estelares?
Certamente.
O que havia sido chamado de Fusão dos Éteres (há mais de um ano, em março e abril do ano passado) correspondeu à instalação dos dois Pilares centrais, que são o Fogo e a Água, mais as duas Linhagens complementares, os dois Pilares complementares.
É exatamente a mesma coisa.
O.M. AÏVANHOV - 02-09-2012

O Fim dos Tempos significa o retorno à Vida Eterna.
Isso não é o fim da Vida, mas, efetivamente, o Fim dos Tempos, ou seja, da ilusão de um passado, de um presente e de um futuro. Isso resulta na restituição à sua integridade total, ao seu Estado de Ser, à sua Transparência, à sua Linhagem Estelar, às suas Linhagens Estelares e à sua Origem Estelar.
ANAEL - 06-09-2012

Pergunta: o que explica as diferenças entre os caminhos ascensionais?
Elas são múltiplas.
Isso nada tem a ver com as vidas passadas.
Estritamente nada a ver. Isso apenas tem a ver com a estrutura da personalidade que vocês têm, hoje, e principalmente isso tem a ver com as suas linhagens estelares e com a sua origem estelar.
O.M. AÏVANHOV - 18-09-2012

Por outro lado, aqueles que não vivenciaram Vibrações, eles não são nem superiores, nem inferiores, hein, isso é simplesmente uma escolha Vibratória, uma escolha da consciência, uma escolha que está também um pouquinho, em parte, ligada às origens estelares e às diferentes Linhagens, que são importantes.
O.M. AÏVANHOV - 21-09-2012

Muitas manifestações noturnas vão ocorrer (em vocês, e no exterior de vocês), traduzindo, além da nossa Comunhão e da nossa Reunião, a possibilidade de ser, aí também, conectado à sua Origem Estelar e às suas Linhagens Estelares, de diferentes modos. Mas isso irá lhes aparecer, claramente, de uma maneira ou de outra, como a Verdade.
MARIA(IS-IS) - 22-09-2012

************

Trechos extraídos das mensagens do site francês Autres Dimensions -http://www.autresdimensions.com
Tradução para o português:
Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com
Zulma Peixinho - http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e edição (versão em francês):
Oiseau - http://absolultime.xooit.fr/t3965-GIGA-COMPILE-SUR-LES-LIGNEES.htm
Edição (versão em português): Elizabeth Rodrigues e Beto Junior
Colaboração de Zulma Peixinho
Via: http://portaldosanjos.ning.com/


P.D.A - http://portaldosanjos.ning.com

O.M. AÏVANHOV - 21-09-2012 - AUTRES DIMENSIONS

O.M. AÏVANHOV - 21-09-2012 - AUTRES DIMENSIONS



Bem  caros amigos, estou extremamente contente em reencontrá-los. Eu intervenho, mais precisamente, esta noite enquanto Melquisedeque do Fogo e lhes transmito, é claro, mais uma vez, todas as minhas bênçãos.

E o que vou lhes dizer vai se fazer, se vocês o quiserem, através de uma frase que vou lhes dizer e que vocês vão me colocar questões, em relação a essa frase. É simples, não é? Não é um jogo, é simplesmente para ver o que é que vocês escutam, vocês, quando eu digo essa frase e o que, eu, posso responder a isso.


Porque, evidentemente, vocês  bem que duvidam que muitos Irmãos e Irmãs, sobre esta Terra, começam a sentir as coisas um pouco particulares, não é, além das Vibrações. Eu falo um pouco do aspecto coletivo da humanidade, onde nós podemos ver, de onde nós estamos, os estremecimentos, as interrogações, a inquietude, a impaciência e às vezes o medo, que não estão ligados, é claro, ao que nós lhes dissemos, mas antes ao próprio desenrolar de suas vidas, neste momento, em que vocês estão sobre esta Terra, mesmo se eu sempre disse que, vocês, na Europa, estavam mais ou menos tranquilos.


Mas, é claro, vocês não estão sem ignorar um certo número de elementos, ao menos alguns. A frase que eu quero lhes dizer e a qual vocês vão tentar colocar questões, e eu esclarecer um pouco isso, segundo sua visão, é: “Tudo está dito e tudo está aí”. Agora eu lhes dou a apalavra e nós vamos ter trocas filosóficas.

Pergunta: Se tudo está dito, seria então melhor ficar em silêncio, doravante?

Oh, eu creio que vocês tiveram uma intervenção poética do Arcanjo URIEL que lhes  recolocou o Canto do Silêncio, em perspectiva, todos os dois, um em relação ao outro, não é? Mas, é verdadeiro que sobre a Terra, como eu o disse, há uma espécie de cacofonia. 

Vocês emitem ondas, eu não falo da Luz Vibral, mas das linhas de predação que estão rompidas, dos circuitos elétricos, eletrônicos, dos pensamentos, das emoções, da Terra. É verdade que se vocês olham simplesmente o humano (o conjunto da humanidade no momento atual), vocês têm aqueles que sempre dormirão, mesmo se o Céu lhes caia sobre a cabeça.


E vocês têm aqueles que se interessam um pouco pelo que se passa neles (é fácil, vocês o vivem) ou que começam a viver coisas, mas não têm a oportunidade de ter suas explicações, tudo isto que os tem conduzido, para alguns de vocês. Mas isso virá. E depois, vocês têm aqueles que estão atentos ao ambiente, de maneira geral, que percebem que há uma espécie de ioiotagem geral, sobre o planeta, que está em vias de se instalar.

Quando eu lhes digo:
“tudo está dito”, quer dizer que nós usamos, às vezes, repetições, para dar-lhes o máximo de elementos Vibratórios e também possibilidades de verificação (entre nossos diferentes intervenientes, entre os Anciãos, como para as Estrelas, como para os Arcanjos), dando-lhes a trama, eu diria, pedagógica, do que nós lhes demos e também a trama, é claro, Vibratória, com esta sucessão lógica de eventos que ocorreram desde trinta anos e sobretudo depois das Núpcias Celestes.

Portanto, quando eu digo que tudo está dito, é que tudo o que será dito depois de amanhã, após MARIA e MIGUEL, serão apenas confirmações, apenas explicações complementares, mas terão sempre este mesmo aspecto pedagógico (ndr: suas intervenções de 22 de setembro de 2012: Miguel e Maria).

Não haverá nada de novo, a mais, a não ser comentar com vocês, o desenrolar deste período palpitante. Agora, tudo está aí sobre os outros Planos, mas isso faz mesmo um ano e meio que eu lhes disse:
“tudo está consumado”.
 
Então, é claro, nós não estamos no mesmo espaço-tempo ainda, mas, agora, tudo está consumado, também, para vocês, isto quer dizer que o conjunto dos Hayot Ha Kodesh, que estão em ação sobre a Terra, atingirão sua máxima potência daqui a muito pouco tempo, isto quer dizer, neste momento, podemos dizê-lo. Isso concerne tanto ao elemento Terra, como o elemento Fogo, como o elemento Água e o elemento Ar.

Pergunta: está prevista uma intervenção Micaélica ao sul do equador?
Vocês estão assim impacientes com isso? Eu lhes disse que quanto mais tarde, melhor será. O conjunto dos vulcões do Cinturão de Fogo do Pacífico despertou, as placas tectônicas estão ativadas de movimentos que jamais existiram sobre a Terra.

Os meteoritos que se abatem sobre a Terra são uma realidade, mas enquanto isso não se abate sobre a cabeça, vocês consideram que isso não quer dizer nada. Agora, no nível Interior,  aconselhem-se em torno dos Irmãos e Irmãs que vivem essa Liberação e o Despertar. 

Quantos foram chamados pelo seu primeiro nome? Vocês são uma multidão. Quantos percebem o Canto da Alma, o Canto do Espírito, o Canto do Céu, em seus ouvidos, como nunca?


Muitos começam a ver o que se passa no céu, mas, para saber o que se passa no céu, é necessário olhar o céu, isso me parece lógico, porque ninguém o olhará no seu lugar, nem lhes dirá o que se passa aí. É o princípio do avestruz.

Agora, na França, aí onde vocês estão, vocês não têm grande coisa a pôr-se sob os dentes. Mas lembrem-se do que eu lhes disse, este verão: quanto mais vocês avançam no tempo (seu tempo para vocês que ainda estão aí, quer vocês queiram ou não), mais vocês avançam para  desencadeamentos astronômicos, mais haverá uma simultaneidade, uma tal simultaneidade de eventos, que vocês não poderão mais segui-los. 
 
A vantagem é que ao invés de ter isso estendido sobre os anos, nós lhes dissemos que isso seria em um lapso de tempo que seria extremamente curto. Esse lapso de tempo extremamente curto, abrevia-se dia a dia, é simples de compreender.

Mas observem o céu, olhem-no à noite, olhem o que há em seu céu. Eu digo à noite. Nós lhes fazemos cucos. Não eu e minha Embarcação (eu não posso me aproximar), mas todos os Seres e todos os Irmãos e as Irmãs da 3D Unificada, não param de lhes fazer cucos.


Mas se vocês estão em seus leitos, vocês não verão o cuco, exceto se os Vegalianos vêm vê-los. Mas se vocês querem ver os Pleiadianos, os Arcturianos, os Andromedianos,  saiam para fora e olhem.
Mas o que é que isso vai lhes trazer?

A prova, ela está no Interior. Ela jamais estará no exterior, mesmo quando tudo parar.

Pergunta: a Onda da Vida parece estar mais intensa ou um outro elemento acrescentou-se?
Há um outro elemento, é claro. E vocês começam a percebê-lo, para aqueles que vivem a Onda da Vida. Há, simultaneamente, uma circulação (porque isso que circula é muito rápido) e uma qualidade Vibratória que é diferente, que é menos, como lhes dizer, menos estática, mais transcendente, agora.

É isto que permite (para aqueles entre vocês que o vivem) estabelecer os contatos, quase instantâneos, pelo Canal Mariano ou no Coração, com quem vocês querem. É paralelo ao que eu sempre disse, quero dizer o despertar dos vulcões. Despertar ou acordar ou explodir, para muitos, deles. Há o Fogo, isso vai queimar: é o pequeno planeta-grelha individual.

E depois também, vocês deveriam observar o quadro de minha intervenção de dois dias atrás (ndr:
intervenção de 19 de setembro de 2012): eu lhes expliquei, que a partir de 22 (ndr: setembro),  mesmo se há, entre vocês, quem o vive cada vez mais facilmente, que há partes do corpo, ou da consciência, que parecem desaparecer. É isso, o mais importante.

Pergunta: O Fogo do Céu já partiu de seu ponto de emergência e esse ponto de emergência é o Centro Galáctico?
Em totalidade. Associado à irradiação de Betelgeuse, associado à transformação do Sol, associado a Hercólubus, associado à Liberação da Terra, à sua Liberação e à nossa Presença. É a mega festa Cósmica.

Tudo o que é observável, em vocês como sobre a Terra, participa do mesmo processo e do mesmo ponto focal, eu diria, como o local onde tudo se reúne, que é o Ponto Crucial de passagem. O Ponto Crucial de passagem, o seu, é a Porta OD, mas há também a Porta das Estrelas a passar, que é ilustrada pela conjunção de Hercólubus, a conjunção da Liberação do Sol e da Terra, o alinhamento com Alcyone, a irradiação de Betelgeuse e também do Serpentaire (Ophiuchus), em uma menor medida, pela qual vocês vão passar em breve.


NT: Ophiucus é o 13º signo astrológico, está situado entre 29 de novembro e 16 de dezembro, corresponde  a uma constelação situada entre Escorpião e Sagitário.

Pergunta: Ophiucus (Serpentaire) seria o que se chama de Onda Galactica?
Não, é um signo zodiacal que foi ocultado. A Onda Galáctica, é claro, já penetrou os Planetas do Sistema Solar exterior, o que explica as modificações  que ocorreram ali, mas é necessário ter lunetas, vocês não as veem a olho nu. Eu falo de seu céu, a olho nu, muito simplesmente.


Pergunta: por que o Fogo do Céu não queima?
É muito quente para queimar. É mais uma vaporização, como disse ANNA (ndr: intervenção de ANNA de 3 de setembro de 2012). 

Mas não é o fogo, tal como vocês o veem ou tal como vocês o vivem, sobre a Terra. É um outro tipo de Fogo: é o Fogo do Amor. O Amor é um Fogo.

Pergunta: a vaporização dos lagos, dos rios, está ligada ao aumento do Fogo da Terra, à chegada do Fogo do Céu, ou os dois?
O Fogo do Céu, vocês o viram, por um instante, de maneira extremamente limitada, já no último ano, quando da Fusão dos Éteres, em alguns lugares do planeta, com clarões azuis. Em seguida, vocês viram as Partículas Adamantinas reunirem-se e que vão dar o que eu expliquei, há dois dias (ndr: sua intervenção de 19 de setembro de 2012). É, evidentemente, o Fogo do Céu e da Terra, o mesmo que o seu Fogo, o vosso.

É a mesma essência, digamos. Não é exatamente o mesmo Fogo, mas os efeitos são sobreponíveis. É efetivamente tudo o que se passa, como eu disse, há um momento, que se amplifica, concernente a todos os aspectos geofísicos, geocósmicos, digamos, geocelestes, que se passam no nível da Terra.

Enquanto o ser humano é capaz de se defender, de fazer a guerra ao seu vizinho, enquanto, ele é incapaz de aceitá-lo, enquanto ele é lagarta, o que vem do Céu, vocês verão, é completamente verdadeiro. Enquanto há um inimigo identificável ou enquanto se cria um inimigo, na dualidade, o vilão é o outro, é claro, é a guerra.  A guerra sempre foi considerada, na humanidade, como normal. Mas quando é o Céu que vem ao encontro da Terra, aí, é a punição divina. É assim que o ser humano funciona.


Pergunta: se não se viveu a subida da Onda da Vida, antes de 22 de setembro, é possível vivê-la, em seguida, a título individual, antes do efeito coletivo geral?
Para a Onda da Vida não. Em contrapartida, para o Fogo Celeste, é a descida total do Supramental, que é o Fogo Celeste e o planeta grelha. Aí, vocês tiveram duas extremidades, impulsos, se vocês preferem, com, se vocês querem, o reflexo induzido pelos planetas, que, girando ao redor do Sol, encontram o Centro Galáctico, talvez mais facilmente do que vocês, que estão sobre a Terra, no centro, não muito longe do Sol, se podemos dizer, em relação a Saturno, a Netuno e a Plutão. 

Portanto, esses planetas, no momento em que eles encontram (eu diria, de uma maneira ou de outra) a Luz do Centro Galáctico, eles refletem essa Luz para vocês. Mas, vocês, como eu disse, as camadas isolantes estão todas inteiramente rompidas. Elas ainda estão aí, sem isso, vocês teriam visto o Fogo do Céu, mas elas estão rompidas.

O que explica o basculamento dos polos magnéticos e depois físicos. O que explica  que vocês escutaram os Sons do Céu, tendo em conta as partidas (Ascensão) de algumas classes de animais. As transformações (faladas a todo momento), as vaporizações dos lagos e dos rios, ou as mudanças de cores dos lagos e dos rios ou dos mares: tudo isso,  tem a mesma origem.


Novamente, nós falamos de tudo isso há anos. Não há nenhuma noção de querer fazer medo do que quer que seja, uma vez que aquele que é borboleta, como teria medo?


Mas simplesmente atrair sua atenção sobre a realidade do que ia se passar. Vocês têm muito poucos seres, sobre este planeta, que tiveram a ocasião de ver, realmente, o que ia chegar. Esse foi o caso para meu Mestre, Bença Deunov,  mas eu jamais acreditei, em minha vida, porque, evidentemente, quando se está encarnado (nós fazemos todos os erros), nós temos uma tal aspiração, quando estamos em um caminho espiritual, de ver esta Terra ir melhor, de ver a Fraternidade desenvolver-se, de ver desaparecer, como dizer, tudo o que é ilusório.

Era semelhante para Irmão JOÃO (SRI AUROBINDO, em sua vida) e para IRMÃO K. Havia um tal entusiasmo Interior para a transformação da humanidade que muito poucas pessoas, muito poucos Irmãos, tiveram acesso aos mecanismos do retorno do Espírito Santo, ou do retorno da Unidade. 


Eu diria mesmo que os cientistas o sabem certamente mas, da maneira como isso vai chegar, do que as visões que teve Bença Deunov, em sua vida (ou outros). Porque, quando Bença viu isso, ele descreveu a consequência para a humanidade,  a renovação total da humanidade, a humanidade estaria na Luz: ele via o aspecto do lado borboleta. 

Esta frase que foi repetida, bastante, pelas Estrelas:
“o que a lagarta chama morte, a borboleta chama nascimento”. Eu creio que é certamente esta expressão que resume melhor : “tudo está dito, tudo está aí, e é agora”.

Então agora, não busquem uma hora. Amanhã, vocês têm um encontro maior, Micaélico, em toda sua potência (ndr:
sua intervenção em 22 de setembro). Mas o Fogo Micaélico, vocês não o veem unicamente no Sol, vocês o veem no Fogo da Terra.

Pergunta: depois de 22 de setembro não há, portanto, evolução individual possível?
Aliás, parece-me que BIDI vos disse que a evolução não existia. Há evolução para a personalidade, para a alma. Não há evolução, no sentido que tu o entendes. O que se passa, agora, como tu o disseste, é um processo coletivo, totalmente coletivo. É por isso que MARIA já vos falou para se reunirem, mesmo que apenas dois ou três, para amanhã. Mas lembrem-se, ainda uma vez, que o objetivo não é, nem de vos fazer medo, nem de fazer trabalhar o mental.

É de se prepararem. Isso chama-se pedagogia, é para vos preparar para viver o que é para viver, Interiormente, porque, quanto mais vocês viverem o que é para viver, Interiormente, mais vocês constatarão que o exterior não quer dizer nada, ou seja, este Mundo, Maya, como dizem os nossos Irmãos Orientais. Uma coisa é dizê-lo. Outra coisa é vivê-lo. Portanto, se vocês viverem o que é Maya, o que é que isso vos poderia fazer, se Maya desaparecer, na totalidade? Estritamente nada. 

 
Mas aceitem, como isso foi dito, que o ponto de vista da lagarta não seja verdadeiramente o mesmo da borboleta. Isso quer dizer que o que devia ser aberto, foi aberto. Se, para vocês, era o Canal Mariano, mais do que outra coisa, ele está aberto. Se, para vocês, era a Onda da Vida que vos confere o Absoluto no seio de uma forma, está feito. Se era unicamente a Coroa Radiante da cabeça, está feito. Se é a Coroa Radiante do Coração, está feito. Se é o Despertar da Kundalini, está feito. Se é tudo isto ao mesmo tempo, está feito.

Eis o que isto quer dizer. Mas foi dito, por outro lado, que, até ao extremo limite, poderia haver esta abertura à Luz: é a Última Graça. Mas para saber que é uma Última Graça, é preciso que muitos mais seres humanos (não unicamente os Despertados e os Libertados) vivam este Apelo à Graça, antes do Anúncio de MARIA, coletivo, desta vez, e não individual. Porque eu sei que MARIA, e outras Estrelas apelam a isso, em permanência, cada vez mais. Mas compreendam bem que elas não escolhem:
«vai se chamar aquele aqui», «vai se chamar aquele ali».  

É a Luz que vocês emitem (quer seja através da Onda da Vida, ou pelo acolhimento do Manto Azul da Graça) que dá a possibilidade de ressoar em conjunto, e de escutar o Apelo.
 
Pergunta: podemos ter sido chamados, sem sentir a Onda da Vida, o Canal Mariano, o Manto Azul?
Sim. Nesse momento, tu beneficias, eu diria, dos campos mórficos, dos campos energéticos, dos Seres que estão à tua volta. É por isso que nós vos dizemos, sem parar, que vocês são extremamente importantes, no estado de Libertador, porque estando estabelecido no estado de Libertador, há uma contaminação Vibratória que se pode estabelecer ao vosso lado, sobretudo quando vocês são muitos a viver isso, ou no outro lado do planeta. 

Quer dizer que, de qualquer modo, MARIA se apoia nas estruturas existentes (Canal Mariano, Onda da Vida, Merkabah, etc.) para passar, passo a passo, a cada vez mais seres.

Pergunta: os Absolutos com forma podem, portanto, estar isolados e os outros devem se agrupar?

Apreendam bem que, para aquele que já é Absoluto com forma, a tudo isso ele vai chamar teatro, mesmo as Vibrações, mesmo se ele as vive. Pelo contrário, aqueles que não viveram as Vibrações, eles não são nem superiores, nem inferiores, hein, é simplesmente uma escolha Vibratória, uma escolha da consciência, uma escolha que está também um pouco, em parte, ligada às origens estelares e às diferentes Linhagens, que são importantes.

 
Mas, efetivamente (da mesma forma que MARIA se apoia nos Libertadores), os seres humanos que se aproximarem uns dos outros estarão muito mais suscetíveis de viver um mecanismo. Mas eu não digo viverem juntos, dormirem juntos, não é?!  

É uma Comunhão de Espírito, antes de tudo. O CRISTO tinha dito: «quando estiverem dois ou três, reunidos em meu nome, eu estarei entre vós». É uma questão de Radiação, de Radiância. Efetivamente, vocês podem mesmo constatar que, quando vocês fazem os Alinhamentos (e sobretudo quando isso for mudar, como MARIA vos dirá), vocês irão constatar que é muito mais forte e que é muito mais forte de semana para semana (ndr: sua intervenção de 22 de setembro de 2012), isso é uma coisa.

Mas também é mais forte quando vocês são dois ou três, quando vocês estão na natureza, quando vocês chamam MARIA, ou uma outra Estrela, ou um Arcanjo. Portanto há uma proximidade, e também uma facilitação, e nós utilizaremos (a Luz utilizará) esta facilitação até ao extremo limite. Mesmo depois de amanhã. Mas, nesse momento, isso não fará mais nascer a Onda da Vida, em todo o caso, até ao planeta grelha com a vaporização. Mas, entre este momento e o planeta grelha, há uma possibilidade para uma Redenção e uma Ressurreição.

E nós esperamos que eles sejam cada vez mais numerosos a ouvir MARIA, ou uma Estrela, a os Chamar. Mesmo que vocês não tenham o Canal Mariano de comunicação, MARIA vos disse bem que, três dias antes, todos os humanos encarnados, todos os Irmãos e Irmãs, o escutariam no mesmo momento.  


Como é possível, visto que 80 por cento da humanidade não tem Canal Mariano? Coloquem-se a questão. É verdade que há uma estrutura, se eu me posso expressar assim, de Luz, que faz o trabalho de relé (faz de retransmissor, faz a ligação). Quem é esse relé (retransmissor)? São vocês.
 
Pergunta: a 22 de setembro, aqueles que ainda não viveram, por exemplo a Onda da Vida, poderão vivê-la nesse dia?
Sim, certamente. Ou viver o encontro com um dos seus Duplos: todos os processos que nós vos explicamos, vos revelamos, pacientemente, desde há um ano, cerca de um ano. Mas, lembrem-se que nem toda as pessoas podem viver a Onda da Vida. Para isso é preciso aceitar a Libertação.

E como isso foi dito por diversos intervenientes, vocês não podem estar Libertados, totalmente, enquanto vocês aderirem a uma identidade. Mas o mais importante é a Libertação final. Não é fazer um concurso para saber quem viveu a Onda da Vida e comparar com o seu vizinho, o qual vive a Coroa ou o Fogo do Coração, ou o outro que encontrou o seu Duplo Monádico, ou o outro que vive o Encontro com
KI-RIS-TI. Cada um de vocês tem as suas especificidades. Estas especificidades foram distribuídas, no tempo, depois nas Estrelas, passando pelas Portas, as Núpcias Celestes, os Novos corpos.

E vocês notam, quando falam entre vocês, que há quem viva a Onda da Vida, outros não a vivem, alguns têm o Canal Mariano muito potente, outros não. Alguns permaneceram no Fogo do Coração, outros vivem o Despertar da Kundalini, outros vivem o Encontro com os Duplos, etc., etc. Era um resultado lógico mas, agora, vocês veem bem, à vossa volta, que há múltiplas manifestações, que são específicas do agenciamento (disposição) dos vossos Elementos. Alguns vão sentir o Triângulo da Água mais forte que o Triângulo da Terra. Outros vão sentir mais a Onda da Vida e as modificações que a Onda da Vida induz.


Claro, o resultado não é o mesmo mas vocês não vão todos para o mesmo lugar.  

Vocês têm o direito de partir, para férias, para lugares diferentes, não? Mas isso é o que nós chamamos o complexo do prisioneiro, vocês sabem: quando as pessoas estiveram presas em conjunto, mesmo se elas se detestam quando elas estão presas, no momento de sair, elas querem também que o outro saia. É um reflexo humano.

Pergunta: por que não será mais possível viver a Onda da Vida após 22 de Setembro?

Oh, é extremamente simples: a intensidade Vibratória toca, amanhã, o máximo, ao nível da Onda da Vida. Tocando o máximo, se, em vocês, a vossa gama de frequências estiver muito longe do limiar de permeabilidade, da vossa própria frequência, vocês não serão afetados por isso. É como para as frequências auditivas: vocês todos têm uma audição diferente. Certas pessoas, em termos de frequências, não podem ouvir outras frequências.

Para elas, elas não existem, em todo o caso, ao nível de audição, mesmo se o efeito Vibratório está presente. É exatamente a mesma coisa para a Onda da Vida: a Onda da Vida apareceu progressivamente, ela subiu, de diferentes formas, naqueles que a perceberam e a viveram. Ela modificou-se, efetivamente, desde há muito pouco tempo, da mesma forma que os Sons se modificaram nos ouvidos.

 

Mas aqueles que não percebem os Sons, aqueles que não percebem mesmo as Vibrações, o que é que eles vão dizer? Eles não o vivem, pelas razões x ou y. Mais uma vez, não é, nem uma culpabilidade, nem uma razão a procurar. Alguns Irmãos e Irmãs, como eu o disse, que no entanto nos escutam, nos leem, veem o que acontece, mas talvez nunca perceberam as Vibrações. Lembrem-se que a Vibração não está ligada, nem à idade, nem ao carma, nem a alguém que é melhor do que outro.

É simplesmente a polaridade da alma. Enquanto existir, como disse BIDI, o sentido de uma identidade, qualquer que seja, a Onda da Vida não poderá jamais subir e sair pela cabeça, uma vez que a presença da própria pessoa é um obstáculo. É por isso, eu creio, que ANAEL vos deu protocolos com cristais, com exercícios, que são muito importantes, também, para fazerem sozinhos (ndr: ver a seção
«protocolos a praticar»). Ou a Refutação de BIDI, para se desidentificarem: não recusar a vida, mas para ver o que vocês São, na Verdade.
 
Mas, enquanto vocês acreditarem ser uma pessoa, enquanto vocês acreditarem ser um corpo, um mental, uma história, uma vida, vocês não são Livres. É tão simples quanto isso; e o obstáculo, ele está aqui. Agora, este obstáculo, no momento do Fogo do Céu e da Terra, em conjunto, não será mais um obstáculo para ninguém, porque há um limiar coletivo, da mesma forma que há um limiar individual.

Pergunta: poderão os ‘maus rapazes’ usurpar o lugar dos Anjos do Senhor?
Vocês têm uma forma que vos foi dada há já muito tempo, que é a Saudação de Órion (ndr: ver animação abaixo) e depois, também, a Vibração do vosso Coração. Agora, se a Vibração do vosso Coração vos diz para se precipitarem nas – como eu as chamo – Embarcações de sucata, ou numa dispensa, é porque é o destino desse corpo.


Mas em que é que vocês estão preocupados com esse corpo? Quer ele seja refrigerado ou seja pulverizado, isso não muda nada; e isto não é uma piada. Isto mostra o nível de apego que vocês têm à vossa pessoa. Mas, lembrem-se: os ‘chifrudos’, os ‘maus rapazes’, não podem estritamente criar nada, eles só podem servir-se das circunstâncias, é tudo.

E eles sempre se serviram das circunstâncias: não há razão para que isso pare, até ao momento final. Cada um de vocês joga uma partição, cada um de vocês desempenha um papel na cena do teatro. Simplesmente, os ‘maus rapazes’ estão persuadidos que desempenham o papel deles. Mas vocês sabem bem que eles não podem desempenhar senão o papel da Luz, mesmo que eles pensem exatamente o contrário.

Pergunta: sendo Unificados, como podem vocês ter pontos de vista diferentes?

A Unidade não é a uniformidade. A Unidade é uma ressonância, uma Fraternidade, uma ausência de distância.

 
Pergunta: O CRISTO disse: «quando vocês forem dois ou três reunidos em meu nome, eu estarei presente». Você também disse que não seria necessário estar presente, fisicamente. Então, com se (re)conectar com outros Planos?
Mas conhecer-se, tal como tu o entendes, não é reconhecer-se. O reconhecimento é Vibratório. É este que é importante. Não é saber quem é Pedro, Paulo, Joaquim, o que ele faz na vida e quem ele é. O reconhecimento não é um reconhecimento da personalidade, nem da alma. É um reconhecimento no Um, em Unidade, em Espírito, em Absoluto, em Presença.

Não é um reconhecimento de ‘bla bla bla’ da vida. Mais do que nunca, é atualidade. Isso não tem nada a ver com a simpatia, a antipatia, as afinidades: é um reconhecimento Vibratório. Vocês têm Irmãos e Irmãs, que vivem a Onda da Vida, e não precisam de trocar três palavras para o saber. Eles não precisam, se vocês quiserem, de viver juntos, ou de se frequentarem, ou de trocar palavras, uma vez que a Onda da Vida, o Canal Mariano, o Manto Azul da Graça, a Presença, a Unidade, vos reconecta, uns com os outros, vós mesmos, como nós, lá em cima.


Mas nós não precisamos de sinais para reconhecimento, ou de nos falarmos, de compartilhar, para nos confortarmos. É um reconhecimento Vibratório; e isso pode fazer-se com não importa quem, na rua, ou no outro lado do planeta. As regras de relação e de comunicação mudam completamente.


Nós não temos mais perguntas, nós lhe agradecemos.

Então, eu vou transmitir-vos todas as minhas bênçãos, todo o meu amor.


Até breve.



Mensagem de O.M. AÏVANHOV no site francês:

http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1618

21 de setembro de 2012
(publicado em 23 de setembro de 2012)
Tradução para o português: Ligia Borges, Cris Marques e António Teixeira




M.M - http://minhamestria.blogspot.com.br
Related Posts with Thumbnails