((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

GABRIEL - 21-08-2012 - AUTRES DIMENSIONS

GABRIEL - 21-08-2012 - AUTRES DIMENSIONS



Eu sou GABRIEL, Arcanjo. Seres de Luz, Comunguemos, juntos, à Alegria, Alegria do nosso contato.

… Compartilhamento do Dom da Graça …


Nos tempos e circunstâncias desta Terra, eu venho vos trazer elementos que não se referem a vocês, especialmente vocês, que já realizaram o vosso Despertar e a vossa Transformação.

Nestes tempos particulares da Terra, o Apelo ao Despertar vai poder tomar muitos aspectos. E estes aspectos, eu os entrego a vocês, a fim de que, no vosso ambiente próximo, ou para a Terra, ou para algum lugar além de onde vocês estão, vocês não sejam surpreendidos com as diferentes formas que pode tomar o Apelo ao Despertar.

Então, claro, eu não falarei do Apelo ao Despertar o mais poderoso, que é o de MARIA, mas eu vou vos falar do que pode tomar como forma este Apelo ao Despertar, para aqueles Seres de Luz que ainda não Despertaram, e que não viveram qualquer transformação que seja, a fim de que vocês não sejam surpreendidos.

A Libertação da Terra, o Manto Azul da Graça, a Onda da Vida e, de maneira mais antiga, a Radiação do Espírito Santo, a Radiação de Alcyone e a Radiação Ultravioleta do Sol, têm efeitos cumulativos, sobre a Terra e na consciência. Mesmo se a consciência encarnada parece ainda dormir, as ações cada vez mais interativas da Luz, criam as circunstâncias, cada vez mais propícias, ao Apelo para este Despertar.

Então, vocês vão ver, entre os vossos familiares que ainda não estiverem Despertos, entre os grupos humanos, um certo número de fenômenos que podem desenrolar-se. Para esses vossos Irmãos que não perceberam a Luz Vibral (porque a sua percepção não lhes permitia, ou ainda, porque o seu caminho de encarnação estava, de maneira muito importante, fascinado por este mundo), estes vão começar a viver, talvez não manifestações as Vibratórias que vocês viveram, mas antes as consequências da Libertação da Terra, do Manto Azul da Graça e da Onda da Vida, mesmo no desenrolar do cenário da sua vida.


O Apelo ao Despertar pode ter diferentes formas, doravante. Isso pode ser um vosso Irmão que acorda de manhã e que, sem nenhuma percepção Vibratória, sem nenhum sonho particular, sem nenhum Apelo, se levanta, diferente.

Esta diferença faz com que esses Irmãos e Irmãs humanos possam perfeitamente identificar um antes e um depois: eles acordam, e eles estão diferentes. Não que eles o possam explicar, não que eles tenham percebido as Vibrações ou as Presenças, mas simplesmente, eles se levantam, diferentes. Esta diferença pode traduzir-se como o sentimento, num primeiro tempo, de se sentir diferente, e portanto, desconfortável. Não é tanto uma intuição ou uma visão do que vem, mas, bem mais, o sentimento de uma forma de urgência, uma forma de urgência para mudar.

Além disso, a mudança é vivida no Interior: a consciência não funciona mais como na véspera, mesmo que seja muito difícil de explicar, quando isso acontece. E isso acontecerá à vossa volta, no vosso primeiro círculo mais próximo, ou nas vossas relações e conhecimentos. É aí que a vossa Presença pode tornar-se importante.


Ela é importante pelo que emana de vós, espontaneamente, mas também, pelas palavras que vocês poderão utilizar (com a maior das simplicidades, sem entrar em detalhes): que existe uma Transformação importante da Terra e que aquele que Acordou, diferente, está sujeito a esta Transformação, e que esta Transformação é qualquer coisa completamente natural, de iminente e de inevitável.

Alguns dos vossos Irmãos e Irmãs vão poder exprimir este Apelo ao Despertar por uma premonição (que não é suportada por nenhuma visão), premonição de qualquer coisa de inabitual. Por vezes, também, sintomas físicos podem surgir.

E, quanto mais vocês se aproximarem do outono deste ano ( hemisfério norte), mais os sintomas físicos se podem tornar importantes. Os primeiros destes sintomas irão referir-se à mudança de hábitos bem enraizados, em particular, ao nível dos ritmos do sono, da alimentação, mas também, uma modificação abrupta (e inconcebível ainda, no dia anterior, para eles) dos polos de interesses da vida.


Vocês verão que alguns Irmãos e Irmãs, que viveram este Apelo ao Despertar, sem o poder formular, vão de repente descobrir um interesse pelo além, pela vida depois da morte, pela espiritualidade. E, aí também, é onde o vosso lugar de Libertador é importante. Porque esse momento é o mais oportuno, para esses seres que vocês conhecem, por vezes de forma íntima, para sugerir uma mudança.

Existe, como vocês sabem, ainda, uma trama astral e uma trama etérica (mesmo que ela seja ainda falsificada), onde se inscrevem os acontecimentos da Terra. Esta trama astral e etérica não poderão ser escondidas por mais tempo, quanto àquilo que se passa. E seres completamente normais vão, de repente, se sentir modificados: modificados na sua vida ordinária, modificados na sua consciência.

Então, claro, a primeira coisa que o ser humano quer fazer é colocar palavras naquilo que ele vive, dar sentido, dar explicações. Certamente, estes Irmãos e Irmãs humanos, que não viveram os aspectos Vibratórios da Luz, as diferentes manifestações deste Despertar, como vocês viveram, vão viver, de qualquer forma, esta Transformação como uma grande interrogação, cada vez mais.


E quanto mais o tempo tiver avançando, durante este ano, mais vocês observarão, entre os vossos Irmãos e Irmãs humanos, modificações de humor e de comportamento, já que, mesmo que não existam palavras que possam ser colocadas neste Apelo ao Despertar, o comportamento é profundamente afetado. Existem, com efeito, sinais invisíveis que antecipam uma agitação. Eu vos lembro, além disso, que os animais são bem mais sensíveis que vocês às modificações do seu ambiente. Olhem, por exemplo, os animais que fogem de uma floresta antes de um fogo, ou os animais que deixam um navio antes que ele afunde.

Da mesma forma, muito Irmãos e Irmãs humanos, próximos de vocês, ou mais distantes, e em grupos, vão acabar por perceber, para além da Vibração, para além de se ouvirem chamar por outras Dimensões, vão perceber que há qualquer coisa que muda. Depois, vocês sabem muito bem que, quando há uma mudança na vossa vida, vocês são obrigados a se adaptarem a essas mudanças. No entanto, nenhum de vocês pode imaginar, mesmo Despertado há muito tempo, o alcance e a manifestação real desta mudança.

Nós evocamos, frequentemente, uma Transmutação. Nós empregamos imagens, metáforas, tentando vos fazer imaginar esta mudança. Certamente, em relação a esta mudança de consciência abrupta, muitos Irmãos e Irmãs humanos vão reforçar, de maneira paradoxal, a negação: haverá aí como que uma vontade de não querer ver e de não se interessar pelo que vem perturbar o equilíbrio.


Cabe a vocês, neste caso, para além de dar alguns elementos de mudança, não perturbar mais aqueles que não querem ver, aqueles que recusam imaginar, apesar desta forma de Despertar, uma mudança tão importante.


Ser-vos-á preciso respeitar os pedidos, ou a ausência de pedido, em particular nos vossos círculos próximos. Por vezes, e vocês o sabem, pegar na mão de alguém, ou apertá-lo nos seus braços, é bem mais importante que uma longa explicação. É nesses momentos de contato, sem o desejar, que vocês poderão estabelecer, pelo fato dessa sensibilidade à mudança, uma Comunhão, num outro plano. Todas as ocasiões serão boas para levar o que vocês São.

O sentimento de mudança, a intuição da mudança poderá tomar, também, uma acuidade intensa, se traduzindo, para alguns dos vossos Irmãos e Irmãs humanos, por uma forma de excitação ou de ansiedade. Aqueles que não viveram os aspectos da Luz Vibral e os diferentes componentes da Luz, poderão se encontrar, no seguimento disso, com oscilações de humor importantes. Mais especialmente quando os sintomas físicos aparecem (e lhes parecem inéditos, para eles), poderão interrogá-los ainda mais.

Entre estes sintomas, os males da cabeça, as pressões nos ouvidos e os zumbidos nos ouvidos, se tornarão inumeráveis. A consciência destes seres será diferente durante as suas noites, com o sentimento indefinível de ter tido sonhos particulares, ou de ter viajado. Aí também, o vosso lugar será determinante.


O Apelo ao Despertar vai também dar Impulsões, e estas Impulsões não vêm nem da personalidade, nem mesmo da alma, mas eu diria que são as últimas Impulsões do Espírito. Vindo implicar também, para aquele que o vive e que não conhece nada disto (seja porque ele não tinha interesse, seja porque ele tinha medos, seja porque ele tinha a certeza que nenhuma mudança poderia afetar a Terra), para esses seres, o que vocês poderão, então, observar: essa excitação, esse questionamento, mas também alterações (independentemente da idade) em que esses seres vos aparecerão como perdendo a sua memória imediata, conduzindo a estados de confusão, que não duram.

Mas todos estes sinais devem atrair a vossa consciência, ao nível da vossa Presença, para explicar, ou a tranquilizar bem para além das palavras. O conjunto das organizações humanas, que viverão estas modificações, não verá nunca nestas, qualquer coisa de agradável. Isso poderá prejudicar o comportamento rotineiro de uma organização, familiar ou social, ou no seio de um grupo.


Alguns seres também, humanos, inscritos em crenças, e não tendo acesso à Luz Vibral e ao Amor Vibral, vão reforçar-se em algumas Ilusões espirituais. Essas Ilusões espirituais referem-se ao que é chamado, pelo mundo, o Juízo Final.

Os seres humanos, mas que estão inscritos numa abordagem intelectual, de crenças, encontrarão aí, através desta transformação Interior, os elementos próprios para alimentar as suas crenças, quaisquer que elas sejam. Reforçando-as em certezas mentais, Ilusórias, seja de um julgamento, seja de acontecimentos descritos pelos profetas, mas não correspondendo, de fato, à Realidade.


Aí também, se vocês estiverem rodeados por este gênero de Irmãos e Irmãs, a vossa Presença é essencial.

Certamente, a desestabilização resultante, ao nível dos grupos, qualquer que seja o meio, pode juntar-se ao sentimento de confusão. Comportamentos humanos se tornarão profundamente diferentes, fazendo perder, a alguns dos vossos Irmãos e Irmãs humanos, a sua humanidade, conduzindo a comportamentos totalmente não usuais.

Em qualquer dos casos, muitas mudanças, muitos humores, muitas emoções. E é aí que o vosso lugar, no Manto Azul da Graça ou na Onda da Vida, se tornará preponderante. Este Apelo ao Despertar representa o que foi nomeado
o Choque da Humanidade (ndr: ver em particular a intervenção de SRI AUROBINDO de 17 de outubro de 2010). Alguns seres, mais sensíveis (e eu disse bem, sensíveis, e não Despertos), captarão, por antecipação, sem poder aí colocar palavras, um certo número de elementos de transformação.

Para outros, enfim, o Apelo ao Despertar será vivido mais como um conto de fadas. Onde, aí também, haverá um antes e um depois, mas se traduzindo por uma abertura tal, que isso realizará a frase que foi dada: «os primeiros serão os últimos e os últimos serão os primeiros».

Alguns dos vossos Irmãos e Irmãs humanos foram programados desta forma: eles se programaram, a si mesmos, para viver o Despertar total, pelo Fogo do Coração, nestes Últimos momentos.

Vocês podem imaginar que as respostas à Luz são, portanto, profundamente diferentes. E que a resposta levada à Impulsão da Luz acrescentará, num primeiro tempo, esse sentimento de confusão, ou de perda de referências, habitual, mais uma vez, nos humanos encarnados, quando as coisas mudam. Ainda mais porque, aí também, como ele disse, «ele virá como um ladrão na noite»: na véspera, ninguém poderá duvidar da natureza extremamente precisa do que acontecerá.

Mas a intensidade é tal que o que resta da matriz astral e etérica falsificada não poderá mais ignorar o que vem. O Arcanjo MIGUEL vos falou de sinais, no Céu e na Terra, e também existem sinais Interiores, e esses fazem parte disso. Face a tudo isto, eu vos lembro, a todos vós, que a única Porta de saída viável é o Coração, e a Paz que o acompanha.


Quaisquer que sejam os elementos exteriores a vocês, ou vividos como tal, o único recurso que trará o apaziguamento é o Coração, a vossa Presença, real e concreta, no Instante Presente.

Enfim, o Apelo ao Despertar representa, certamente, a ação dos Cavaleiros (ndr: os Quatro Cavaleiros do Apocalipse, ou Quatro Elementos, ou Hayoth Ha Kodesh) e o Som das Trombetas do Céu e da Terra. Que, talvez, alguns entre vocês tenham escutado em certas regiões do mundo, há vários meses, ou ainda no último ano do vosso tempo.


Estes sinais, também, vão se amplificar, tornar-se cada vez mais perceptíveis e sensíveis, assim como a ação dos Cavaleiros, onde em breve, os vossos sistemas de informação não poderão mais esconder a Verdade sobre este assunto. As modificações Elementares vos parecerão como evidentes, porque elas ocorrerão cada vez mais próximas de vocês (na vossa cidade, no vosso país, nas vossas regiões), porque a multiplicação destes fenômenos não poderá mais ser silenciada. Mostrando, de maneira evidente, que a Terra vive qualquer coisa de inabitual e de novo, como o Céu, e que, para aqueles de vocês que não foram Ancoradores ou Sementes da Luz, existe também qualquer coisa de novo.

O importante, eu diria, é esta novidade, que vos coloca face ao Desconhecido. Certamente, vocês sabem que este Desconhecido é Amor e Luz, mesmo que existam ainda interrogações e dúvidas. Mas coloquem-se no lugar dos vossos Irmãos e Irmãs humanos que, por vontade pessoal ou por impossibilidade programada, não tinham nenhum elemento na sua posse, e na sua vivência, do que estava acontecendo.

O desenvolvimento desta transformação junta, aí também, ponto por ponto, o que foi anunciado por SRI AUROBINDO (ndr: sua intervenção de 17 de outubro de 2010). E certamente, há numerosas etapas. Estas etapas podem sobrepor-se, algumas podem durar mais tempo. Vocês as observam à vossa volta, e talvez também em vocês.


E lembrem-se que não há melhor maneira de Viver uma mudança, qualquer que seja, senão estar inteiramente aí, ou seja: sem nenhum medo de um futuro e sem a ação de nenhuma memória de medo. Apenas o Presente vos dá esta possibilidade.

Será preciso vos explicar isto, se vocês tiverem este gênero de Irmãos à vossa volta, encontrar as palavras ou a atitude certa que não vai reforçar o Choque, ou a negação, ou a cólera. Sempre vos foi dito que cada um viverá este momento em função da sua Vibração e da sua Consciência.

Vocês o constatarão com uma acuidade cada vez maior, para vocês também, aliás. Vos dando, de qualquer modo – tanto para vocês como para cada um –, a ver, realmente, aí onde vocês estão consigo mesmos. Não em relação a um amanhã, a Ascensão, mas relativamente ao Instante:
o estado de humor que vos afetará, ou não vos afetará, é a melhor testemunha do vosso estado Interior, tanto para vocês, como para o conjunto da Terra.

Então, claro,
apreendam bem, também, que – no que vos concerne –, se a Paz cresce em vós (o que é o objetivo), isso pode ser profundamente enervante, para aqueles dos vossos familiares que reagirem com a personalidade, face às modificações do seu ambiente que, no caso comum dos mortais não Despertados, desencadeiam uma reação violenta, por vos ver assim estabelecidos numa Paz e numa serenidade que eles não podem compreender.


Aí também, é preciso encontrar, de qualquer modo (e, em todo o caso, para o que se refere aos mais íntimos dos vossos familiares) um meio-termo. Porque, como querem vocês, sobre o plano da razão habitual, cartesiana, humana, como querem vocês explicar vocês estarem numa Paz total, se um acontecimento, chamado dramático pela razão, acontece?

Porque vos foi dito que, quanto mais a Luz se tornasse evidente, mais vocês estariam em Paz. Mas a Luz pode, para aqueles que não a vivem, tornar-se muito dolorosa: de ver, para aquele que está na cólera ou na reação, face a um mesmo acontecimento, um outro humano (cada vez mais, se ele for familiar) manifestar um sorriso de Beatitude ou de Paz.


Eles não o podem compreender, lembrem-se disso, porque eles não o vivem. É a maneira, para eles, de serem Despertados, mas vocês devem respeitar esta maneira, para eles, de serem Despertados: mesmo se esta reação não for, de todo, adaptada, é porque estes seres devem passar por isso. Vocês devem respeitar isso.

Como isso foi dito, há momentos de Choque em que a Consciência se torna permeável a outra coisa. E portanto, cada Irmão, cada Irmã humana, estará no lugar certo, e não noutro lugar, tanto a título individual, como a título coletivo. Lembrem-se também que se vocês estiverem, vocês, Despertados na Luz Vibral, os Elementos não vos poderão afetar. Mesmo se vocês estiverem numa zona em que se produzam elementos geofísicos importantes, vocês não serão afetados por eles, ao nível da vossa Consciência.

O Apelo ao Despertar, vocês o compreenderam, pode tomar uma infinidade de formas. E todas estas formas só têm uma finalidade: a mesma que a vossa. Até ao momento do Apelo coletivo de MARIA. Não julguem o que se terá lugar entre alguns dos vossos Irmãos e das vossas Irmãs, porque o CRISTO disse: «Pai, perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem».


E é exatamente isso. Se vocês aceitarem este princípio e esta evidência, então tudo se passará pelo melhor, tanto para vocês como para o conjunto dos vossos Irmãos e Irmãs humanos. Para além do que pode ser chamado um drama ou um choque, para o efêmero da personalidade, lembrem-se do que há depois e antes. É neste sentido que isso não deve – e não poderá – vos afetar.

Vocês constatarão que, quanto mais a Luz se aproximar, mais os vossos contatos, nas suas diferentes formas – tanto com as outras Dimensões, como com os Irmãos e Irmãs vivendo a mesma Consciência – se tornam mais intensos e mais verdadeiros, e tanto mais vos parecerá assistir à desagregação deste mundo em que vocês ainda estão.

É lógico. Isto não é absolutamente, nem oposto, nem contrário, mas tudo isso participa da mesma Revelação e do mesmo Despertar. Mas a forma de o viver é, evidentemente, diferente segundo cada humano. E isso, vocês o devem respeitar, isso faz parte da Liberdade.

E vocês não podem levar ninguém atrás de vocês. Da mesma forma que nós não podemos fazer outra coisa senão estar Presentes para assistir à vossa Ressurreição, à Passagem da Porta Estreita, vocês não poderão fazer outra coisa senão estar Presentes, aos vossos Irmãos próximos que se debatem ou que encontram esta novidade.


O Apelo ao Despertar manifesta-se, portanto, pelos Elementos da Terra, pela Consciência e por este sentimento de urgência de uma Transformação iminente, mesmo se nenhuma palavra aí possa ser formulada. Lembrem-se também que, para a mesma Luz, aquele que está confinado nas suas crenças ou nas suas certezas, vai ver uma justificação nas suas crenças e nas suas certezas e, particularmente, nas religiosas.

Então, alguns lhe chamarão o fim dos tempos, outros, o retorno da Luz, outros, o retorno do CRISTO, outros, o fim do Kali Yuga e outros, ainda, o retorno do Imam Madhi. Isso é inevitável e faz parte da encarnação e da sua alteração, de querer identificar um acontecimento em relação às suas crenças.

E vocês, que estão Despertados na Luz Vibral, vocês não se devem sentir nada preocupados. Além disso, para vocês, as modificações Vibratórias tornar-se-ão tais que elas induzirão momentos, como isso foi dito, de estase, de adormecimento cada vez mais pronunciado, de sonhos e também de percepções não habituais.


A melhor prova, para vocês, de que vocês seguem o que se vive, é constatar, por si mesmos, que uma Paz nova se instala. Esta Paz não é uma indiferença, mas uma profunda Paz que faz com que, qualquer que seja o acontecimento seguinte e anterior na vossa vida, ele não vos possa fazer sair da Paz. Não por um esforço de vontade, mas antes pela ação da própria Consciência Despertada.

E é na medida desta possibilidade que se estabelece espontaneamente, em vocês, para vocês que estão Despertados, que poderão medir, de qualquer modo, a conclusão da vossa preparação.

Alguns entre vós, estão preparados desde as Núpcias Celestes, outros se prepararam desde há muito tempo, desde as primeiras Efusões de Energia do Espírito Santo sobre a Terra, em 1984, já há muito tempo, para o vosso tempo.


Pelo próprio fato da diminuição e do desaparecimento das camadas isolantes, o que vos era invisível, se tornará visível, tanto na Luz, como na Sombra. O Ancião IRMÃO K vos falou disso (ndr: sua intervenção de 20 de agosto de 2012).


Vocês Verão o que sustém a ação de humanos e de grupos de humanos. Para além do aspecto da sedução, vocês Verão os fios invisíveis e quem segura estes fios invisíveis. Isso faz parte do que deve ser Revelado e divulgado, mas não vos deve interessar excessivamente:
simplesmente Vê-lo e seguir o vosso caminho.

Como foi dito, nada do que foi escondido poderá permanecer escondido. E lembrem-se, sobretudo, que da vossa qualidade de Paz ira decorrer o amortecimento, ao redor de vocês, como sobre a Terra, do Choque da Humanidade.

O Amor e a Vibração do Amor, a Luz Vibral, são a única solução; haverá cada vez menos outra. Lembrem-se desta frase e ajam em concordância. Instalem-se na Paz e, como vos disse MARIA (ndr: sua intervenção de 21 de agosto de 2012), os poucos minutos que vocês puderem encontrar para cultivar esta Paz são essenciais. Vocês disso extrairão tudo o que é necessário para viver isso.

A natureza dos acontecimentos finais, se eles não vos forem dados a ver neste mês que se inicia, não procurem imaginá-los ou supô-los. Porque, para vocês, isso não tem nenhuma importância. E para aqueles, entre vós, a quem isso for revelado, isso é importante.

Mas tomem atenção para não ofender os vossos Irmãos e Irmãs humanos, tanto Despertados como não Despertados, com o que vos foi dado a perceber, ou a ver, ou a sentir. Respeitem, mais do que nunca, a Liberdade de cada um. Lembrem-se de que há alguns humanos que são incapazes de considerar uma transformação no sentido da Luz. Porque, vocês o sabem, há medos, há condicionamentos, há freios, bloqueios, e que é a Liberdade de cada um.

Eu não posso senão, como tantos outros que intervierem entre vós, nestas últimas semanas, dizer-vos: estejam em Paz, vão em Paz e cultivem a Paz. Disso resultará o vosso melhor Alinhamento e o vosso melhor Ajustamento à Vaga de Luz.

Eu rendo Graças pela vossa escuta e o vosso acolhimento. E eu vos abençoo, na Graça da Luz e na Paz da Luz.


… Partilhamento do Dom da Graça …

Adeus.

Mensagem do Bem Amado ARCANJO GABRIEL no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1569
21 de agosto de 2012 (Publicado em 23 de agosto de 2012)
Colaboração: Rosa Amelia Muruci
Tradução para o português: Zulma Peixinho
via: 
http://portaldosanjos.ning.com

P.D.A - http://portaldosanjos.ning.com

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails