((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

segunda-feira, 25 de junho de 2012

SANTO IGNÁCIO DE LOYOLA (SILO) – 23-09-2007 – AUTRES DIMENSIONS

SANTO IGNÁCIO DE LOYOLA (SILO) – 23-09-2007 – AUTRES DIMENSIONS



Saudações a vocês, caros irmãos e irmãs da Luz.

O meu nome pouco importa. Saibam simplesmente que eu venho muitas vezes para, vamos dizer, acompanhar, curar, permitir ao homem entrar nos processos de saúde total, de cura total.

Eu participo ativamente na emergência da civilização do amor, da civilização da cura. Eu venho também, como vocês talvez o saibam, supervisionar os diferentes seres de Luz que vêm fazer irrupção na vossa realidade para tratar e curar os vossos corpos sutis, os vossos corpos físicos.

Eu venho hoje, através das minhas palavras, para trazer a palavra, a vibração que é capaz de vos facilitar o trabalho, de vos libertar dos vossos apegos, dos vossos condicionamentos, que são os freios que vos impedem de aceder ao que vocês são, quer dizer seres de Luz em elaboração.

Eu espero, através das palavras, as vibrações das palavras, trazer a cada um de vocês um apaziguamento, uma forma de cura, de saúde, de elevação também porque não pode haver saúde sem elevação. Se a saúde é obtida sem elevação há necessariamente uma translação e não uma cura.

O meu objetivo é insuflar um pouco de Luz, um pouco de amor na vossa divindade, de vos revelar a vossa divindade, de vos revelar ao que vocês são. Eu espero ser um catalisador eficaz no vosso caminho. Assim, eu vos permito questionar sobre vocês mesmos.

Então nós podemos começar agora.

Pergunta: Como lutar contra as suas emoções?
Há um período, quando os novos processos energéticos, de consciência, vibratórios, se manifestam, em que há uma exacerbação da sensibilidade e da emotividade, é uma etapa, embora dolorosa, mas que faz parte do processo de integração do novo.

Todo o ser que descobre a Luz, a realidade das outras dimensões, não pode fazer um impasse sobre o aumento temporário desta sensibilidade e desta emotividade que fazem parte do processo lógico, mais uma vez, de abertura.

Depois, esta sensibilidade não desaparece mas manifesta-se unicamente segundo o querer da consciência e não ao soco, como é o caso atualmente. Convém portanto deixar as coisas evoluírem.

Pergunta: Como ultrapassar o medo de «não voltar» nas experiências fora do corpo?
A única coisa a compreender ao nível das experiências fora do corpo é que não pode aí haver medo de não se reincorporar porque desde que vocês tenham medo, o que se passa? Vocês reincorporam.

O problema é eliminar o medo porque vocês reincorporam sempre. Para reincorporar basta ter medo, é tão simples quanto isso. O problema é ter consciência de suprimir o medo e o mínimo medo que ocorrer provocará o retorno. Portanto, o problema a tratar é inverso, é uma questão inversa.

Pergunta: Qual é a diferença entre mediunidade e clarividência?

A clarividência está ligada a ver o que está para além das capacidades normais do olho no ambiente no qual vocês vivem.

A mediunidade é uma capacidade de ver, não outras coisas, mas outros tempos, outras evoluções nesta dimensão.

Pergunta: Por que certas doenças são resistentes?

É preciso compreender que, a esse nível, a doença é também qualquer coisa que faz parte de si e que é difícil de abandonar. Não porque nós não queiramos curar mas isso faz parte, algures, das estruturas físicas e sutis que são as nossas. Então, convém aceitar, ritualmente, que esta doença é qualquer coisa que deve desaparecer.

Isso não quer dizer lutar contra a doença, isso não quer dizer negar a doença. Isso quer dizer aceitar fazer a escolha consciente de que essa doença não nos pertence mais. É fazer um ato de consciência que afirme a integridade física, psíquica e sutil de tudo o que constitui o nosso ser encarnado. É um ato a fazer.

Se vocês quiserem, caros seres de Luz, eu vos vou transmitir, ao nível vibratório, a energia com a qual eu me exprimo ao nível do coração.

Vocês não têm nada de particular a fazer senão aceitar esta vibração que vai chegar.


Eu vos trago já todo o meu amor, toda a Luz, toda a minha bênção e toda a minha fraternidade. Sejam abençoados, crianças da Unidade.


Mensagem de Santo Inácio de Loyola (SILO) no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=173
23 de setembro de 2007
(Publicado em setembro de 2007)
Tradução para o português: Cristina Marques e António Teixeira

M.M - http://minhamestria.blogspot.com/
C.R.A - http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails