((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

segunda-feira, 21 de maio de 2012

ANAËL - 19-05-2012 - AUTRES DIMENSIONS

ANAËL - 19-05-2012 - AUTRES DIMENSIONS



Eu sou ANAEL, Arcanjo.

Bem Amados Filhos da Lei do Um, bem amadas Crianças da Liberdade, venho até vocês para exprimir um certo número de qualificativos referentes à energia, à Vibração e à Onda da Vida.

Há muito tempo atrás, nós tínhamos lhes explicado a diferença entre a energia e a Vibração. A energia é algo que circula dentro do corpo etérico ou dos diferentes corpos. A Vibração é uma ressonância, agindo no mesmo local, sem nenhuma circulação.

A Vibração remete a um plano de manifestação chamado Cità ou Supramental. A circulação de energia remete ao que é denominado o etérico mas, como vocês o sabem, o etérico deste planeta foi amputado de um certo número de características, de um certo número de vitalidades. O Supramental, que chegou até vocês, operou a fim de despertar o que tinha sido nomeado, há algum tempo, as Coroas Radiantes, operou para acender o Fogo do Coração, o Fogo do Sacrum e o Fogo da Cabeça.

O Supramental tem então colocado em ação as novas forças etéricas, permitindo perceber as Coroas Radiantes, o Fogo do Coração, criando, também, uma alquimia entre a Onda Supramental e a circulação etérica habitual.

Há três meses nasceu o que foi denominado Onda da Vida. Nessa Onda da Vida, aqueles entre vocês que a tem vivido perceberam uma circulação (não etérica, já que exterior ao corpo), criando uma energia circulante (com ligeireza), focalizando-se, à medida do tempo, no nível do 1º chacra, chamado períneo, transformando-se (nesse nível) em um Fogo despertando a Kundalini ou, se vocês preferem, canal do Éter (se a Onda Supramental tiver descido até esse nível).

Já estava na rota da Onda da Vida o confinamento original, no nível dos 2 primeiros chacras, tendo necessidade (talvez, de sua parte) de uma adaptação. A Onda da Vida tem então preenchido (de algum modo) o canal do Éter e diferentes canais, os quais nós não achamos bom descrever-lhes os componentes, a fim de não os fazer focalizar no nível de seu mental.

A Onda da Vida é uma energia particular, a meio caminho (se posso me exprimir assim) entre a Onda Supramental e a energia do Éter, que permite, justamente, reconstituir o que é chamado o corpo de Vitalidade, não amputado das qualidades que lhes tinham sido retiradas pelo confinamento. A Onda da Vida tem, portanto, restituído o Éter (ou corpo etérico) à sua origem primeira, cujo componente de Fogo tinha sido retirado e omitido pelo princípio mesmo do confinamento. Esse Fogo é, evidentemente, o Fogo do Amor (ou Fogo do Coração) tal que muitos entre vocês o têm vivido no nível do chacra do Coração.

Paralelamente à subida da Onda da Vida, a Onda Supramental (ou Luz Vibral) tem prosseguido sua obra até o mais íntimo das células, acionando um mecanismo último de transmutação de seu DNA, multiplicando os filamentos do DNA, até ter 12 filamentos de DNA. O que está em curso.

O que quer que vocês pensem, o que quer que digam seus cientistas, essa transmutação está em vias de se produzir na carne, que é esse corpo no qual vocês estão.

A Onda da Vida está, em seguida, mesclada (se podemos dizer), por um processo alquímico e de osmose muito particular, com a Onda do Supramental (descendente). As 2 qualidades vibratórias se encontram, ao nível do peito, tendo desencadeado o que a fez o objeto de uma comunicação, por UM AMIGO, há algumas semanas.

A alquimia da Onda da Vida com a Onda do Supramental tem então restituído seus corpos etéricos à sua Verdade, à sua Eternidade, podendo apoiar e acolher (o que foi denominado ou reconstituído aqui mesmo, em seus corpos) o corpo de Estado de Ser. O conjunto dessas modificações induzem, é claro, importantes reestruturações de seus funcionamentos, qualquer que seja o nível, traduzindo uma alteração ou uma modificação, também de tudo o que pertencem aos ritmos de regulação centrais chamados: fome, sede, sono.

Isso resulta em uma nova possibilidade para a Consciência, além da Vibração e de os estabelecer no Abandono do Si. Para aqueles entre vocês que tendo a oportunidade, na condição de que essa oportunidade não seja nem um desejo, nem um trabalho mas, simplesmente, um mecanismo íntimo que lhes permite, além do mental, apreender o que vocês São, além de toda ilusão.

O trabalho está encerrado. Ele prosseguirá durante o período anunciado por MARIA a fim, de alguma maneira, de se completar.

Essa conclusão será total, final e encerrada (para o conjunto da Terra e o conjunto das Consciências) na data de seu Solstício de verão, isto é, o 20 de junho de seu ano. Nesse momento o conjunto das estruturas (corpo físico, corpo etérico regenerado, corpo astral, corpo mental, corpo causal, corpo de Estado de Ser), estarão prontos para viver seus mecanismos, no nível coletivo e no nível pessoal, chamado Ascensão.

Daqui até lá, um certo número de processos são possíveis, permitindo-lhes (se tal é a oportunidade que está presente em vocês) estabelecerem contato com o Duplo, quer ele seja o Sol, quer ele seja uma entidade que está no Sol, ou de qualquer outra maneira que lhes foi descrita.

Isso vai, de modo implícito, transformar as coisas em suas vidas.
Não poderá existir (dentro de suas estruturas Vibratórias, bem além de todo intelecto, de todo mental, de todo desejo e de toda emoção) nenhuma evidência, para nada semelhante, pois tornará possível um processo alquímico, que se realiza no nível de seus corpos etéricos renovados, percorridos pela Onda da Vida e pela Onda Supramental, permitindo-lhes se reconectarem à sua própria Essência.


Isso se traduzirá pelas modificações, ali também, da Consciência, conduzindo, por meio dessa alquimia particular, operando por meio da Fusão das Leminiscatas Sagradas, a realizar o Absoluto.

Assim, tudo o que deveria ser concluído sobre esta Terra, a título coletivo, como a título individual, será encerrado, em totalidade.

A Terra, ela mesma, participa desse movimento, no sentido em que seu corpo etérico já encontrou sua estrutura não amputada (há já um ano), tal como anunciado por SRI AUROBINDO, como mecanismo de Fusão dos Éteres, realizado, sobre esta Terra, durante os meses de março e abril de seu ano precedente.

Hoje, essa Fusão dos Éteres realiza-se, em vocês, e com esse famoso Duplo. Não há nada a buscar, nem nada a temer, pois, ali também, esse processo é um processo inteiramente natural, não solicitando, de sua parte, nenhum desejo, nenhuma suposição, nem nenhuma projeção de qualquer tipo.

O conjunto das informações comunicadas pelo Anciãos (ou por outras entidades) aponta, neste momento, com insistência, sobre a noção de permanecer tranquilo, de nada fazer. Não há outra possibilidade a fim de realizar (se podemos dizer) o acesso, final ao Último, ao Absoluto.

Sempre, lhes é necessário ter presente no espírito que, o que quer que vocês vivam (que isso seja a totalidade desses processos, que seja a ausência total desses processos), no final e a partir de 20 de junho, a humanidade inteira estará pronta para viver esse mecanismo, qualquer que seja o teor, qualquer que seja a oposição individual ou a certeza individual. 

Vocês não têm, portanto, de antecipar (o que quer que seja) se a Onda da Vida não tem (em vocês) já agido, se (em vocês) o estágio cardíaco não vive o tremor Interior, ou mesmo seus corpos.

Nós atraímos sua atenção, nós, Arcanjos: o instante em que seus corpos entrarem em tremor (bem diferente de uma simples Vibração), apelando um tremor das estruturas físicas do corpo, vocês serão levados a compreender e a viver que o processo de Ascensão se desamarrou no nível atômico deste planeta e de seus corpos.

Os Sons, ouvidos e percebidos no nível de suas orelhas, já estão modificados e se modificarão mais e mais. Muitos entre vocês começam a perceber (no lado esquerdo do corpo, lateralmente) a presença, seja de MARIA, seja de uma das Estrelas, seja do Duplo Monádico.

Isso não é uma ilusão e vai se reforçar (à medida das semanas que vão se esgotar), já que seus corpos etéricos, regenerados, encontraram seu componente original, sua conexão original. Tudo isso se desenrola neste momento mesmo. Que vocês o vivam ou não, vocês o viverão, no final, no momento da data de 20 de junho.

Vocês têm então, simplesmente, de acolher o que se desenrola. É claro, sempre lhes é possível lidar (como vocês o dizem) com as estruturas da personalidade ou do Si, pois vocês têm inteira liberdade para realizar o que vocês têm a realizar, o que a Luz se predispôs de realizar, em vocês, e o que o Éter se predispôs de realizar, em vocês.

Mais vocês se distanciam das torpezas de seu mental, mais vocês se distanciam de suas interrogações, mais vocês estarão na aceitação, desnudos de emoção, desnudos de intenção, desnudos de projeção, melhor o processo se desenrolará, em vocês, como ao redor de vocês. A Luz gerada pela Onda da Vida e pela Onda do Supramental, no nível de seus campos etéricos, energéticos, modifica as circunstâncias eletromagnéticas de suas vidas, de maneira extremamente importante, resultando em criar as condições mais adequadas a sua transformação.

Quaisquer que sejam essas condições (mesmo se vocês não as apreendam, mesmo se vocês não as compreendam), aceitem-nas, porque (como nós lhes temos multiplamente, repetido) a Inteligência da Luz e a Inteligência da Onda da Vida são bem superiores ao que o mental humano pode projetar, imaginar ou conceber.

O Abandono do Si, como o Abandono à Luz, participam do equilíbrio necessário para estabelecer o que há a estabelecer, nesta finalidade. Compete-lhes obedecer, de algum modo, às injunções da Luz. Compete a vocês se conciliarem ao que lhes pede a Onda da Vida, ao que lhes pede a Vibração do Supramental, ao que lhes pede seus novos corpos etéricos, que se tornarão mais e mais perceptíveis, sob a forma de tremor, de calor, de arrepios, no conjunto desse corpo físico

Suas necessidades serão grandemente modificadas, no nível psicológico. Ali também, escute o que lhes diz, não sua cabeça, mas o que lhes diz o corpo etérico, o que lhes diz a Onda da Vida, e o que lhes diz o Supramental.

A partir do instante em que vocês respeitam esses avisos, o conjunto das transmutações (que estão destinadas a serem vividas por cada um de vocês) se desenrolará com a maior das evidências, a maior das simplicidades e a maior das facilidades. 

Se alguma coisa parecer não fluir (e digamos, como difícil), é que seu mental faz um caminho falso. Vocês constatarão, por vocês mesmos, que desde o instante em que vocês vão no sentido da Vibração, no sentido da energia, no sentido do etérico (que é novo para vocês), tudo se desenrolará de modo normal, tudo se desenrolará de modo evidente, sem nenhuma problemática e sem nenhuma dificuldade. Vocês poderão, nesse momento, (se vocês o aceitam) falar do milagre da vida, que será seu cotidiano, até o momento último deste mundo, tal como no momento atual.

O novo corpo etérico é seu salvo-conduto, ao mesmo tempo, para a Ascensão e, ao mesmo tempo, para viver o que há para viver, nesta época tão particular que se abre após dois dias e que vai avançar para seu termo, doravante, segundo um calendário extremamente preciso, extremamente minucioso, já que a Terra assim decidiu.

Eis as palavras que eu tinha a lhes transmitir tanto como Arcanjo do Amor e da Relação e, de algum modo, aquele que supervisiona (se podemos dizer), de agora em diante, o Conclave dos Anciãos e o Conclave das Estrelas, operando dentro de suas Consciências.

Se há questionamentos, simplesmente, em relação a estas palavras que eu pronunciei, à Onda da Vida, à Onda Supramental, aos novos corpos etéricos, então, eu respondo no tempo que me é concedido.

Pergunta: Ao que corresponde a etapa da Onda da Vida que eu vivi sentindo meu peito se abrir e vendo alguma coisa como saindo?

Tudo isso não são senão percepções. Existem diversas percepções ligadas à Transfixação do Coração, colocando em operação o Ponto KI-RIS-TI, o chacra do Coração e o ponto ER.

A Onda da Vida sobe e circula, da frente para trás e de trás para frente. O impulso Metatrônico atravessa o Coração, de trás para frente. O impulso Micaélico atravessa o Coração, da frente para trás. Existe, portanto, um conjunto de movimentos e um conjunto de deslocamentos, assim como um conjunto de tremores e de Vibrações, cujo teatro é seu Templo Interior, isto é, seu peito. Não há outra explicação a dar-lhe sobre isso.

Pergunta: dores no fígado, baço, no plexo, estão relacionadas com o processo em curso?

Em totalidade. Isso implica, para você, restringir (ou mesmo suprimir) toda alimentação. Claro, as dores são aumentadas (como você o constata) pelos alimentos sólidos, pelos alimentos carnívoros. É conveniente para você ajustar sua ingestão de alimentos, em relação a essas dores.

O trabalho, no nível do que é chamado o baço e o fígado (ou, se preferir, as Portas ATRAÇÃO e VISÃO) vai se tornar cada vez mais intenso, acumulando um máximo de Luz Vibral no nível do que é chamado de Ponto OD ou Porta Estreita.

A ação da Luz Metatrônica, a ação da Luz Micaélica (ou do Sol se você preferir), a ação da Onda da Vida, a ação do Manto Azul da Graça, se situam muito exatamente nessa região. Elas necessitam, por sua parte, uma adaptação muito fina no nível do que você ingere, no nível do que você pensa, no nível do que você faz e no nível do que você É.

As regras são diferentes para cada um (portanto não as posso exprimir), mas, no entanto, você tem a capacidade de sentir, de maneira quase imediata, o efeito de um alimento sobre o seu corpo, o efeito de um pensamento sobre seu corpo, o efeito de uma emoção em seu corpo.
É conveniente para você se ajustar a isso.


Pergunta: tremores nos braços e mãos também estão relacionados a essas mudanças?
Em totalidade. A superposição da Onda da Vida (em seu desenvolvimento lateral, após ter circulado desde os pés e sair pelo topo do crânio e ter criado a Leminiscata Sagrada e colocá-la em movimento) e o Caduceu de Hermes, se desenvolvem lateralmente, dando efetivamente, ali também, uma alquimia entre o Supramental e a Onda da Vida (no nível dos membros superiores), relacionada diretamente ao chacra do Coração.

O tremor pode então afetar o conjunto do corpo. Isto é o que chamamos de tremor (na falta de termo melhor) que criará a ressonância final da Ascensão.

Lembre-se que a Ascensão é uma mudança de frequência. Vocês passam de uma faixa de frequência a uma outra faixa de frequência. O ajustamento do corpo (quer você o carregue ou não) se traduz, muito precisamente, por esse tremor.

Nós não temos mais perguntas. Agradecemos.

Bem Amadas Crianças da Liberdade, Filhos da Lei do Um, que a Onda da Vida e o Manto Azul da Graça sejam a sua Eternidade. Eu proponho alguns momentos de Comunhão antes de viver a doação Mariana das 19 horas [hora francesa].

Até muito breve.

... Compartilhando o Dom da Graça ...



 

Mensagem de no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1461
19 de maio de 2012
(Publicado em 20 de maio de 2012)

Tradução para o português: Ligia Borges
 
M.M - http://minhamestria.blogspot.com/
C.R.A - http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails