((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

e se for tudo mentira

E SE FOR TUDO MENTIRA? - DAVID MARINHO



E se os céticos estiverem certos? E se for tudo mentira? E se não tiver ascensão planetária nenhuma? E se essa história de elevar a frequência for balela? E se de repente todas essas canalizações não passam de alguma espécie de delírio coletivo, vai ver causado pela onda de calor do aquecimento global?

Bom, se esse for o caso, pelo menos eu posso dizer que encontrei uma motivação pra finalmente largar o cigarro, que vinha me escravizando há 6 anos, porque comecei a pensar nas mazelas físicas e espirituais que estive acumulando por todo esse tempo.

Esses "papos esotéricos" também me ajudaram a controlar a vontade quase diária "daquela cervejinha" e "daquele unzinho" inicialmente inocentes, mas que acabaram virando condições obrigatórias de "alegria". Tudo parte do kit-felicidade que encontrei em alguma prateleira do Mercadão da Alienação.

Também deixei as desculpas de lado e parei de vez de contribuir com a matança e os maus-tratos aos amigos animais simplesmente mudando a alimentação. E isso trouxe outro benefício: poucas coisas são tão libertadoras quanto o exercício de conhecer e escolher o que mandamos pra dentro do nosso organismo.

No convívio familiar (prova de fogo!) tento me policiar mais e ser paciente, de vez em quando engulo uns sapos (imagino pedacinhos de ego descendo junto). Mais eficiente do que vencer uma discussão "no berro" é cortá-la assim que ela começa, dando num empate técnico.

Resolvi sair da teoria e partir para a prática das minhas idéias de uma sociedade organizada de forma mais justa e equilibrada: estou estudando ecovilas e em novembro faço um curso de Permacultura, no Ceará.

Estou, na medida do possível, evitando produtos industrializados, diminuindo a dependência dos derivados de petróleo (bike, pra quê te quero!) e esquecendo que existe televisão (mentira: já esqueci há alguns anos, foi só pra não ficar de fora do texto.

E ainda tem muito, muito mais por fazer. Ainda não tenho o costume de fazer trabalhos voluntários, nem praticar atos básicos de caridade como dar assistência a doentes, levar alimentos a quem tem fome... Mas são passos que ainda darei, entre vários outros.

Nessa onda de transição planetária, seja ela literal ou metafórica, muita gente está se preocupando em mudar para melhor (de acordo com seus próprios conceitos). Eu, particularmente, estou tentando me livrar das minhas prisões e deixando de participar do que acho que estraga o mundo, cortando as cordas que me fazem de fantoche e levando mais a sério as minhas próprias noções de NORMALIDADE, bem diferentes do que vejo ao meu redor.

No fim das contas, tão importante quanto instrução espiritual e esperar catástrofes, a meu ver, é transformar esses "novos" conhecimentos em comportamento. Sim, é difícil pacas. Mudar práticas é uma luta diária. Mas o mundo está precisando de renovação em todos os aspectos, e a consciência tranquila recompensa todos os esforços - seja em três, cinco, duzentas ou infinitas dimensões...

A fé e a esperança tem que ser em nós mesmos, galera! Nas nossas escolhas e ações.

Termino com um reggae bem bacana pra inspirar as nossas mudanças:



"NOVO DIA"

(Ponto de Equilíbrio)

Um dia, outro dia, lá vem mais um dia
Eu não posso adiar
Pois no dia-a-dia este é o meu caminho
Eu não quero desviar

De vez em quando esqueço
A importância de lutar
Vivendo sempre o amor
Agradecendo a este dia que brilha
Presente igual não há

Não há, não há terror para quem sabe amar
Não há, não há terror pra quem conectar
A força de Deus
É pra quem sabe amar e se conectar
Com a força de Deus
É pra quem sabe amar

Para ser não é só parecer
Para ser, muito mais
Do que só aparentar e aparecer

Vamos nos aceitar, viver no bem estar
Vamos nos redimir, reconciliar
Vamos nos aceitar, viver no bem estar
Vamos nos redimir, nos equilibrar

Dá pra ser muito mais, vamos ser
Vamos ser...

[a parte em inglês é quase a mesma coisa]

David Marinho - davidmarinho@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails