((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sábado, 11 de setembro de 2010

ATÉ QUANDO VOCÊS DARÃO O CONTROLE DO SEU MUNDO A OUTREM? - SAMYR MARTINS

ate quando voces darao o controle de sua vida a outrem



Aproveitando o frisson causado pelo tal pastor nos Estados Unidos que ameaçava queimar o Alcorão, comecei a refletir sobre um assunto que ainda é desafiador para muitos de nós, Trabalhadores de Luz.

Até quando ainda continuaremos a dar o controle de nosso mundo a outros?
Vejam esta coisa simples. Sim, simples! Pois não apenas teórica como praticamente UM único homem conseguiu "prender a respiração mundial" sem sequer FAZER o que ele disse. Ou seja: bastou uma simples ameaça.

Sinceramente vejo A Fonte se expressando nele e até mesmo no presidente do Irã quando faz coisas completamente contra a tão famosa paz mundial. Como diz Adamus, eles "circulam a energia" com estas coisas (risos). E é justo este bom humor que me faz não dar a eles a atenção mais do que devida ao ponto de parar meu mundo. Apenas dou-lhes um pequeno direito a pausá-lo para que sejam ouvidos no que, não necessariamente eles mas, A Fonte diz através deles.

E é justamente ISSO que A Fonte me diz através do tal pastor: ATÉ QUANDO VOCÊS DARÃO O CONTROLE DO SEU MUNDO A OUTREM?

Basta uma simples ameaça.
Uma palavra.
Um: "vou isso ou vou aquilo"
Um: Está tudo bem com o mundo.
Um: A vida é assim!
Um: Economicamente isso é normal.

E todos nós já nos aquietamos e retornamos aos afazeres. Mesmo que ainda abalados e querendo gritar não o fazemos porque nos disseram que nosso mundo está normal.

Passamos a outro as chaves de nós mesmos e deixamo-lo governar soberano até o ponto da sandice:
Onde já se viu aceitarmos sem pensar tudo que nos dizem?
Onde está o cabimento sequer de, como vi pela televisão os muçulmanos teoricamente pararem um país inteiro (o seu) para protestarem queimando bandeiras, fazendo cartazes e gritando contra algo que alguém sequer fez mas, disse que ia fazer?

Chegamos ao ponto onde sequer precisamos mais de atos físicos. O simples mencionar de palavras já se torna realidade.

O que, mais uma vez me trás à mente as palavras de Ashtar: "Mantenham seus centros."
Quer queimar o alcorão, filho? Queeeeeima!
Quer dizer que sou um bosta? Diiiiiz!
Quer me chamar de covarde? Chaaaaaaaaaama!
Quer queimar até mesmo a bíblia sagrada? Eu te dou uma, não seja por isso!

O que quero dizer com tudo isso?
Que minhas, espiritualidade e dignidade, são mais do que um livro. Estão mais além e intocáveis do que próximas do perigo de um riscar de fósforos.
Do que de palavras de "isso não presta" ou que seja "coisa do demo".
Que não me importa e de fato NUNCA deveria importar porque sou um ser DA UNICIDADE e não da DUALIDADE.
Onde o Mal nada mais FOI do que um mecanismo de me dizer o quanto vale A LUZ e o quanto ela é forte.

Você quer viver na dualidade, colega e irmão? Pois que seja respeitado seu livre-arbítrio! Só não cometa o erro de vincular SEU MUNDO DUAL ao meu ÚNICO para ter seu combustível de existência pois a fonte secou.

Eu Sou O Que Eu Sou. Samyr Lopes Martins

Samyr Martins - kidnavegador@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails