((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 1 de agosto de 2010

SITES QUE MOSTRAM AS CAUSAS DE DOENÇAS LIGADAS AS EMOÇOES.

Sites que mostram As Causas Emocionais das Doenças:



















Sites que mostram As Causas Emocionais das Doenças:

Causas Emocionais das Doenças

A nossa saúde é um reflexo das nossas crenças e pensamentos.

Quando descobrimos o padrão mental que está por detrás de cada doença, temos a oportunidade de modificá-lo e de nos curar. Nosso corpo está sempre falando conosco. Ele é o nosso professor, que nos avisa quando insistimos num comportamento que nos faz mal.

Veja na tabela seguir, os problemas de saúde mais comuns e suas prováveis causas emocionais:


PROBLEMA------------------------CAUSA EMOCIONAL:


Acidentes----------------Crença na violência ou na necessidade de receber castigo; deixar que as outras pessoas nos atinjam (acidentes de carro)

Anorexia/ Bulimia-------Raiva de si mesmo; negação da vida; “não ser bom o suficiente”

Alergias----------------Agressividade reprimida

Amigdalite------Criatividade reprimida, incapacidade de expressar a raiva

Ansiedade----------------Medo da vida, do futuro

Apendicite--------------Medo da vida; de enfrentar os problemas de frente

Arteriosclerose-------Resistência. Recusa em ver a realidade

Artrite------------------Criticismo; perfeccionismo; inflexibilidade

Asma-------------------Incapacidade de se doar; desejo de manipular

Câncer---------------------Ressentimento; desilusão

Coceira--------------------Ânsia por alguma coisa, irritação; desejo de sair da própria pele

Cólica menstrual-----------Rejeição da condição de mulher; medo; culpa

Coluna (problemas na)---Incapacidade de se apoiar; falta de confiança na vida

Conjuntivite---------------Raiva do que se vê

Coração(problema no)-----Incapacidade de demonstrar amor; falta de alegria

Dentes (problemas nos)-----Indecisão; incapacidade de demonstrar agressividade

Depressão------------------Raiva da vida

Diabete--------------------Amargura

Diarréia-------------------Medo; fuga

Dores agudas---------------Desejo de se castigar

Enxaqueca-------Desejo de controlar; incapacidade de expressar a raiva; repressão sexual

Frieiras------------------Medo de não ser aceito; resistência ao progresso

Furúnculo------------------Raiva

Gastrite-------------------Dificuldade para lidar com aborrecimentos

Gengivite------------------Insatisfação com relação às próprias decisões

Gripe----------------------Absorção de negatividade; conflito

Joelho (problemas no)------Orgulho

Labirintite----------------Medo de não estar no controle; sensação de desorientação na vida

Mononucleose---------------Hábito de depreciar a vida e os outros

Obesidade--------Necessidade de se proteger ou de se tornar maior para conseguir enfrentar um grande desafio

Prisão de ventre--Recusa a abandonar velhas idéias; repressão da energia sexual

Reumatismo-----------------Vitima; amargura

Sinusite-------------------Irritação

Varizes--------------------Permanecer num lugar ou situação que se odeia

Verruga--------------------Expressão de ódio acumulado

Vícios---------------------Fuga

Texto inspirado no livro A Doença como Caminho, Editora Cultrix. E Reiki Essencial, Editora Pensamento.

Todo problema de frustração que for enfrentado com realismo e tratado de um modo organizado aumenta a força da personalidade. Todo fracasso com o qual se aprendeu uma lição, proporciona tanto uma experiência como um recurso que ampliam nossa capacidade de enfrentar novos problemas.

Dr. John Donnelly.

Fonte:
http://www.nenossolar.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=176:causasdoencas&catid=18:doencas-iii&Itemid=15

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Doenças e suas causas emocionais
Entenda como esses males podem te afetar psicologicamente

Por Maria Helena Giani Ramos - Naturopatia e Acupuntura

Hoje estamos aqui, para trocarmos um pouco de nossas experiências e fazermos uma viagem pelas plantas em busca da saúde que o homem moderno precisa e procura tanto. Sabemos e dizemos, sempre que o homem moderno precisa voltar a simplicidade, pois tratar todos os males com remédios químicos podem a médio e em longo prazo comprometer a saúde que tanto tentamos proteger. Por isso, devemos ter em mente qual o nosso papel nessa vida e como podemos fazer isso, usando alternativas . Sabemos e dizemos que o avanço da medicina, principalmente nessa era em que há curas fantásticas, milagres, mas não podemos esquecer que sempre há um outro caminho:
O caminho do meio Para isso o homem deve atingir o equilíbrio, isso se dá com alimentação equilibrada, atividade física e principalmente pensamentos saudáveis. Mesmo assim, há coisas que saem do nosso controle, instabilidade, stress, preocupação, problemas vividos no dia a dia e muitas vezes é impossível evitarmos aquela dor de cabeça ou aquela gastrite
ou até mesmo doenças mais graves enraizadas como tumores.

Para essa harmonia que buscamos, trouxe hoje aqui meu testemunho e algumas experiências. Nunca devemos esquecer que nosso corpo é nosso professor ele sempre nos avisa quando insistimos em um comportamento que nos faz mal.


Há algumas doenças que tem causas emocionais, trazendo problemas de saúde. Eis aí; algumas:

Acidentes: Crença na violência ou na necessidade de receber castigo; deixar que as outras pessoas nos atinjam (acidentes de carro). Anorexia/Bulimia: Raiva de si mesmo; negação da vida; não ser bom o suficiente

Alergias: Agressividade reprimida

Amigdalite: Criatividade reprimida, incapacidade de expressar a raiva

Ansiedade: Medo da vida, do futuro

Apendicite: Medo da vida; de enfrentar os problemas de frente Arteriosclerose: Resistência, Recusa em ver a realidade

Artrite: Criticismo, perfeccionismo, inflexibilidade

Asma: Incapacidade de se doar; desejo de manipular

Câncer: Ressentimento, desilusão

Coceira: Ânsia por alguma coisa; irritação; desejo de sair da própria pele

Cólica menstrual: Rejeição da condição de mulher; medo; culpa Coluna (problemas na): Incapacidade de se apoiar; falta de confiança na vida

Conjuntivite: Raiva do que se vê

Coração (problemas no): Incapacidade de demonstrar amor; falta de alegria

Dentes (problemas nos): Indecisão; incapacidade de demonstrar agressividade

Depressão: Raiva da vida

Diabetes: Amargura

Diarréia: Medo; fuga

Dores agudas: Desejo de se castigar

Enxaqueca: Desejo de controlar, incapacidade de expressar a raiva, repressão sexual

Frieiras: Medo de não ser aceito, resistência ao progresso

Furúnculo: Raiva

Gastrite: Dificuldade para lidar com aborrecimentos

Gengivite: Insatisfação com relação às próprias decisões

Gripe: Absorção de negatividade; conflito

Joelho (problemas no): Orgulho

Labirintite: Medo de não estar no controle; sensação de desorientação da vida

Mononucleose: Hábito de depreciar a vida e os outros

Obesidade: Necessidade de se proteger ou de se tornar maior para conseguir enfrentar um grande desafio


Reumatismo: Vitimismo; amargura

Sinusite: Irritação

Varizes: Permanecer num lugar ou situação que se odeia

Verruga: Expressão de ódio acumulado

Vícios: Fuga


Maria Helena Giani Ramos é naturopata e massoterapeuta

Fonte:
http://yahoo.minhavida.com.br/materias/bemestar/Doencas+e+suas+causas+emocionais.mv

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Causas emocionais das doenças - 2

DOENÇA - se há doença é porque algum aspecto da vida não está fluindo adequadamente. Ela é manifestação de conflitos interiores.
Antes da somatização surgem manifestações emocionais como angústia, depressão, medo etc.
Assim como criamos as doenças, podemos destruí-las. A cura é uma combinação do tratamento físico com o reposicionamento interior.



I - SISTEMA CIRCULATÓRIO

I.1. - Coração - entusiasmo e motivação pessoal.

I.1.1. - Problemas cardíacos em geral - desânimo e desmotivação.

I.1.2. - Angina - firmeza aparente, que esconde amarguras e
sofrimentos. Dos falsos valores, perda da motivação e entusiasmo pela vida.

I.1.3. - Infarto - desmoronamento

I.1.4. - Taquicardia - entusiasmo reprimido.

I.2. - PRESSÃO ARTERIAL - fuga dos conflitos que envolvem a afetividade.

I.2.1. - Pressão Alta - fuga através da preocupação ou
dedicação excessiva aos afazeres.

I.2.2. - Pressão Baixa - fuga pelo esquecimento, desejo de
abandonar tudo.

I.3. - Sangue - expressão da individualidade, fiel representante da alma, que dávida ao corpo.

I.3.1. - Anemia - falta de ânimo e vitalidade.

I.3.2. - Coagulação sanguínea - (in)capacidade de se refazer
mediante as perdas.

I.3.3. - Hemorragia - desrespeito ao ritmo interno, ultrapassando os próprios limites e perdendo-se no que faz.

I.3.4. - Leucemia - ressentimento por não conseguir manter a
integridade na vida.

I.3.5. - Tipos Sanguíneos:

A - pessoas conservadoras, detalhistas, harmoniosas, prestativas, sem pretensõesde liderança.

AB - pessoas colaboradoras, cumpridoras de compromissos,
prestativas.

B - pessoas com autoconhecimento, que sabem o que querem, mas com dificuldades para lidar com os outros.

O - pessoas comunicativas, com capacidade de liderança,
convincentes,determinadas, expressivas

I.4. - Vasos Sanguíneos - senso de direção e limites.

I.4.1. - Aneurisma - negação da própria fragilidade e
limitações, abraçandocausas externas. Alta responsabilidade para se manter no poder e controle dasituação.

I.4.2. - Arteriosclerose - resistência ao novo.

I.4.3 - Flebite - intransigência e irritação diante de obstáculos.

I.4.4. - Trombose - pessimismo e limitação na vida.

I.4.5. - Varizes - estagnação numa situação desagradável,
frustração por não realizar idéias e objetivos. Fazer de tudo, menos o necessário.



II - SISTEMA DIGESTIVO

II.1. - Afta - autopunição por sentir-se despreparado e negar a própria capacidade.

II.2. - Dentes- decisão, vitalidade e força agressiva.

II.2.1. - Canal - índole, senso moral e familiar.

II.2.2. - Cáries - indecisão, perda da solidez interior.

II.3. - Diabetes - depressão, falta de docilidade, pessimismo.

II.3.1. - Hipoclicemia - ansiedade, resgate do tempo perdido.

II.4. - Digestão - elaboração e aceitação dos acontecimentos.

II.5. - Esôfago - realismo.

II.5.1.- Esofagite - constante irritação.

II.5.2. - Hérnia de hiato - sentimento de culpa.

II.6. - Estômago - processador das emoções básicas.

II.7. - Estomatite - sentimento de invasão e incapacidade de
sustentar o próprio ponto de vista.

II.8. - Faringe - aceitação dos fatos triviais.

II.8.1. - Faringite - irritação por não saber lidar com
episódios desagradáveis.

II.9. - Fígado - órgão da mudança, força agressiva.

II.9.1. - Cirrose - autodestruição.

II.9.2. - Hepatite - resistência ao novo, gerando bloqueios.

II.10. - Glândulas Salivares - sentimento de segurança.

II.10.1. - Caxumba - sentimento de impotência.

II.10.2.- Síndrome de Sjogren (SS) - revolta e indisposição
em absorver os episódios da vida.

II.11. - Hemorroídas - apego às mágoas do passado.

II.12. - Intestino Delgado - absorção e aproveitamento das
experiências de vida. Capacidade de entendimento.

II.12.1. - Diarréia - súbito desapego, sem elaborar a
experiência.

II.13. - Intestino Grosso - expressão dos mais profundos
sentimentos . Doação egenerosidade.

II.13.1 - Intestino preso - recusa na exteriorização dos
sentimentos.

II.13.2. - Prisão de ventre - meticulosidade, atrapalhar-se
com detalhes, contenção da espontaneidade.

II.14. - Língua - prazer e articulação da expressão.

II.15 - Mau Hálito - desejo inconsciente de distanciar as
pessoas.

II.16. - Maxilar - dosagem da força agressiva

II.16.1. - Gengiva - firmeza nas decisões.

II.16.2. - Gengivite - frustração por não conseguir sustentar
decisões.

II.17. - Náusea e Vômito - resistência e recusa a situações.

II.18 - Pâncreas - abrir-se para a vida e as pessoas,
extraindo o melhor da situação. Alegria e descontração em viver.

II.18.1. - Depressão no Pâncreas - quadro psicológico que
acompanha as principais doenças pancreáticas.

II.18.2. - Pancreatite - amargura, frustração e raiva.

II.19. - Suco Gástrico - resposta mental às situações da vida.

II.19.1. - Gastrite - atividade mental proporcionalmente
maior que os fatos.

II.19.2. - Úlcera - não se permite falhar nem compartilha os
problemas.Agressividade sufocada.

II.20. - Vesícula Biliar - sentir-se em condições de
enfrentar os grandes obstáculos da vida.



III - SISTEMA REPRODUTOR

III.1. - SISTEMA REPRODUTOR FEMININO

III.1.1. - Frigidez - bloqueios que impedem a entrega no ato
sexual.

III.1.2. - Mamas - feminilidade e afetividade, capacidade de
entrega e doação.

III.1.2.1. - Amamentação - capacidade de doação.

III.1.2.2. - Coceira - insatisfação com a dedicação ou a
forma como é tratada pelos outros.

III.1.2.3. - Flacidez - falta de sustentação interior, perda da autoconfiança.

III.1.2.4. - Mastite - conflitos durante a dedicação.

III.1.2.5. - Nódulos - bloqueios afetivos.

III.1.3. - Menstruação - renovação, desprendimento e
aceitação da feminilidade.

III.1.3.1. - Amenorréia - regressão na maturidade feminina,
apego a situações ou pessoas que foram marcantes.

III.1.3.2. - Menopausa - maturidade emocional.

III.1.3.3. - Outros problemas - rejeição da própria feminilidade, dificuldade em lidar com mudanças.

III.1.4. - Ovários - criatividade feminina

III.1.4.1. - Cistos - criatividade sufocada, culpa pelas
idéias que deram errado.

III.1.4.2. - Ovário policístico - confusão mental, dificuldade em expor idéias.

III.1.5. - Tubas Uterinas - elaboração das idéias, forma como
se expressa a criatividade.

III.1.5.1. - Infertilidade/esterilidade - sentir-se incapaz de
sustentar uma situação (igual para os homens)

III.1.5.2. - Laqueadura - influência negativa na elaboração
das idéias.

III.1.6. - Útero - natureza feminina, originalidade e espontaneidade.

III.1.6.1. - Miomas e Fibromas - deixar-se moldar pelo
externo, não preservarsua natureza íntima.

III.1.7. - Vagina - prazer na vida e no sexo.

III.1.7.1. - Coceira - expectativas frustradas em relação ao
prazer ou ao parceiro.

III.1.7.2. - Corrimento - profundos ferimentos afetivos ou
sexuais.

III.1.7.3. - Ressecamento - despreparo para o prazer.

III.1.7.4. - Vaginismo - falta de soltura e entrega ao prazer.



III.2 - SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO

III.2.1. - Pênis - prazer masculino, capacidade de concretizar os objetivos da vida.

III.2.1.1. - Disfunção erétil - autodepreciação, inferioridade e
fracasso navida.

III.2.2. - Próstata - caráter masculino.

III.2.2.1. - deixar de ser original e perder o caráter.

III.2.3. - Testículos - criatividade masculina.



IV - SISTEMA RESPIRATÓRIO

IV.1. - Brônquios - relação entre os mundos interno e externo, interação harmoniosa com o ambiente.

IV.1.1. - Asma brônquica - sentimento de inferioridade
disfarçado pelo desejo de poder e controle do ambiente.

IV.1.2. - Bronquite - dificuldade de relacionar-se com o ambiente. Incapacidade de expressar sentimento de agressão. Necessidade de chamar atenção, isolar-se ou fazer chantagem.

IV.2. - Fossas Nasais - primeiro contato entre o externo e o
interno, habilidade para lidar com os palpites e sugestões dos outros.

IV.2.1. - Gripe ou resfriado - confusão interior, despreparo
para lidar com mudanças, falta de confiança no novo.

IV.2.2. - Rinite - abalar-se pelas confusões do ambiente, não
se permitir errar, adotar comportamento exemplar.

IV.2.3. - Sinusite - profunda irritação com alguém bem próximo, decepção provocada pelas expectativas.



IV.3. - FENÔMENOS RESPIRATÓRIOS

IV.3.1. - Bocejo - mobilização orgânica para refazer-se do
desgaste físico ou da perda energética, desprendimento da negatividade agregada.

IV.3.2. - Espirro - impulso de defesa contra idéias ou energias
negativas.

IV.3.3. - Ronco - teimosia, rigidez de idéias.

IV.3.4. - Soluço - ansiedade e medo do desfecho de uma
situação.

IV.3.5. - Tosse - regressão dos impulsos agressivos e desejo
de atacar.

IV.4. Laringe - seleção e discernimento entre idéias e fatos.

IV.4.1. - Calos nas Cordas Vocais - revolta e aspereza na forma de falar.

IV.4.2. - Disfunções da Fala - contenção dos impulsos.

IV.4.3. - Engasgo - ser surpreendido por coisas que vêm
atravessadas.

IV.4.4. - Gagueira - incapacidade de falar por si, tolher-se
na expressão.

IV.4.5 - Laringite - irritação por não conseguir manter sua
força de expressão, frustração por não falar o que pensa.

IV.4.6. - Voz - via de expressão do ser.

IV.5. - Pulmões - órgãos de contato e relacionamento com a
vida e o ambiente.

IV.5.1. - Edema - apego emocional seguido de desmotivação e
perda da vontade de viver.

IV.5.2. - Enfisema - medo e negação da vida, dificuldade em
encarar os obstáculos.

IV.5.3. - Pneumonia - cansaço da vida, irritação por se doar
muito aos outros sem retorno.

IV.5.4. - Tuberculose - crueldade e desejo de vingança
sufocado.



V - SISTEMA URINÁRIO

V. 1. Bexiga - necessidade de aliviar tensões emocionais e
psicológicas.

V.1.1. - Cistite - irritação com o parceiro ou com as intrigas no
lar, traumas sexuais ou culpa pelas atitudes incorretas de alguém querido.

V.1.2. - Enurese noturna - emoções reprimidas, tensões e
medos liberados durante o sono.

V.1.3. - Incontinência Urinária - medo de perder o controle
emocional em situações afetivas.
H
V.1.4. - Uretrite - sentir-se irritado e chateado com as situações ao redor.

V.1.5. - Outros Problemas na Bexiga - apego a situações do
passado, frustração evitimismo.

V.2. - Rins - correspondem ao âmbito da parceria: capacidade
de amar e de se relacionar.

V.2.1. - Cálculos renais - apego às complicações afetivas.
Cultivar mágoas e cultivar excessivamente os entes queridos.

V.2.2. - Cólica renal - apego a quem ama, não admitir nenhum
tipo de ruptura no relacionamento.

V.2.3. - Outros Problemas Renais - dificuldades nos
relacionamentos.

Fonte:
http://www.novaera.org/saude/doencas_e_emocoes2.htm

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Doenças e suas causas.

Doenças

Causas(Pensamentos - Padrões negativos)

Cura(Pensamentos - Padrões positivos)

Alergias
A quem você é alérgico? Falso ego e sensibilidade.
Eu estou em Paz. O mundo é seguro e amigo.


Amigdalite
Emoções reprimidas e medo; raiva reprimida.
Nada impede o bom em mim. Eu permito a liberdade de expressão, das idéias divinas, que fluem e ganham significado em mim.


Anemia
Falta de prazer; desinteresse da vida.
Meu mundo é cheio de alegria e estou interessado em tudo.


Apendicite
Medo da vida; bloqueio do fluxo das sensações.
Alegria; eu relaxo e deixo minhas sensações fluírem.


Arteriosclerose
Resistência; tensão; abertura mental estreita.
Eu estou completamente aberto para a vida e a alegria. A vida é boa.


Artrite
Amargura, ressentimento, crítica, sentimentos de desamor.
Amor e perdão. Eu deixo os outros serem eles mesmo. Eu sou livre.


Asma
Super sensibilidade; amor sufocado; supressão do choro, sentimentos sufocados.
Eu sou livre. Eu me encarrego da minha própria vida. Eu posso expressar meus sentimentos como eles são.


Ataques, golpes, congestão
Rejeição da vida; auto-violência, resistência extrema.
Eu aceito a vida passada, presente e futura. Vida e alegria.


Bexiga (problemas)
Ansiedade; resistência contra novas idéias.
Eu abandono o passado, despreocupo me do futuro. Eu aceito o que é novo, agora.


Boca (problemas)
Incapacidade de engolir idéias; fixação de opiniões e mente fechada.
Eu dou boas-vindas a idéias e conceitos novos.


Bronquite
Ambiente familiar inflamado.
Paz. Ninguém consegue irritar-me.


Bursite
Raiva reprimida, vontade de bater em alguém.
Eu relaxo a raiva de maneira que ela não cause mal. O amor relaxa.


Câimbras
Tensão; segurar-se; oprimir-se.
Eu relaxo e deixo a vida fluir.


Câncer
Profundos segredos ou aflições corroendo o Eu; retenção longa dos ressentimentos;ferimentos profundos.
Não existem segredos. Eu deixo que o passado se vá. Meu presente é preenchido com alegria.


Catarata
Futuro pouco claro; inabilidade de ver a frente.
Eu sou livre. A vida é eterna e cheia de alegria.


Ciática
Medo do dinheiro e do futuro.
Eu me movimento no melhor de tudo. Meu bem está em todo lugar e eu estou seguro.


Cisto
Crescimento falso; fomentação de choques e machucados emocionais.
Eu dissolvo velhas raivas. Nada pode ferir-me.


Coceira
Desejos insatisfeitos, remorso; punição e culpa.
Tudo que eu precisar estará sempre aqui. Eu aceito tudo de bom sem sentimentos culposos.


Colesterol
Entupimento dos canais do prazer; medo de aceitar o prazer.
O prazer é normal. Meus canais estão largamente abertos. Eu amo a vida.


Colite
Pais superexcitados; opressão, menosprezo; necessidade de afeto.
Eu sou livre-pensador. Eu estou em paz na minha mente.


Contensão, (machucaduras, esgotamento)
Pequenos impactos da vida.
Não existe razão para eu bater na vida. Eu estou agindo com amor.


Coração
Problemas emocionais sérios longamente suportados; falta do prazer, rejeição da vida. Crença nas pressões e no esforço.
Alegria, alegria, alegria, amor e paz. Eu prazerosamente aceito tudo na vida.


Corcunda
Raiva atrás de você, ressentimento conservado.
Eu vejo o passado com alegria. Ninguém jamais me fez mal.


Crescimento
Nutrir ferimentos emocionais, falso senso de valores e orgulho.
Perdão. Eu amo a mim mesmo. Não irei fazer-me mal.


Dedos
Super exagerar os detalhes da vida (unhas- super analisar).
Eu relaxo conscientemente de que a sabedoria da vida cuida dos detalhes.


Defeitos de nascença
Necessidade de reencarnação; você pediu para vir assim.
Não se sinta culpado. Você e seus pais, têm algo a aprender.


Dentes
Sustentar longas indecisões; incapacidade de derrubar idéias por análise ou decisão.
Eu faço minhas decisões baseado nos princípios da verdade e fico seguro com o resultado.


Deslocamento de disco
Indecisão; não se sentir emocionalmente amparado pelos outros.
Eu sou corajoso e independente. Eu sou amparado pela vida.


Desmaios
Medo; não poder conviver ou enfrentar; apagar-se de tudo.
Eu tenho poder, força e conhecimento para lidar com tudo na vida.


Diabetes
Profundo sentimento de mágoa; falta de açúcar na vida.
Eu permito que a vida seja gostosa. Eu deixo o passado ser apenas passado. Eu aceito que o prazer e a alegria sejam as bases da minha vida.


Doenças venéreas
Culpa sexual; crença de que os órgãos genitais são pecaminosos e sujos; necessidade de punição.
Eu amorosa e prazerosamente aceito minha sexualidade e sua expressão. Não há culpa sem punição.


Dor
Congestão, bloqueio; crença em barreiras; punição, culpa.
Eu descanso minha necessidade de punição. Eu deixo a vida fluir.


Dor de Cabeça
Tensão, revolta, contrariedades emocionais. Sentimentos feridos.
Paz, amor, alegria, relaxamento. No meu mundo tudo está bem.


Dor de ouvido
Raiva; não querer ouvir.
Eu ouço com amor e prazer. Sempre escuto o bom de tudo.


Edema
Super sensibilidade, individualidade machucada. Personalidade ferida.
Eu sou seguro, ninguém ameaça minha individualidade.


Enjôo de carro
Medo-dependência, sentimento de ser pego em armadilhas.
Eu ando facilmente no tempo e espaço. Não existe o medo.


Enjôo do mar
Medo; medo da morte.
A vida continua. Não existe a morte. Somente mudanças.


Enlouquecer
Reter amor e consideração.
Eu respondo à vida, reparto meus sentimentos e meu amor. Eu sinto... eu amo...


Envelhecer
Crença social; velhos pensamentos.
Eu me amo e me aceito em todas as idades; cada idade é perfeita. Eu sou espírito. Eu sou eterno.


Enxaqueca
Resistência ao fluir da vida; medos sexuais. Desperdícios emocionais.
Eu descanso no fluxo da vida. Deixo-a fluir através de mim.


Epilepsia
Rejeição da vida; sensação de perseguição; violência contra si.
Eu amo a mim mesmo e a toda a vida. A vida é uma eterna alegria.


Esclerose múltipla
Dureza mental, coração endurecido, vontade de forra; inflexibilidade.
Eu não tento me controlar. Eu me solto com alegria na vida.


Espinhas
Crença na feiúra, culpa, ódio de si.
Eu não propago pensamentos feios. Eu amo todo o meu corpo. Não há culpa.


Estomago (problemas)
Incapacidade de assimilar idéias. Medo de novas idéias.
Eu assimilo novas idéias facilmente. A vida concorda comigo.


Excesso de peso
Insegurança; auto-rejeição; procura de amor. Medo de perda, sufocar sentimentos.
Eu me aceito e me amo como eu sou. Eu sou sempre seguro no espiritual.


Face (doenças)
Representa individualidade, reconhecimento.
Reconheço meus verdadeiros valores. Minha individualidade.


Fadiga
Resistência, aborrecimento; falta de amor pelo que faz.
Estou entusiasmado com a vida. Cheio de Energia.


Febre
Queimar-se com alguém ou algo; raiva.
Eu sou calmo, exprimo amor e paz.


Febre do Feno
Congestão emocional; confusão nas crenças; medo do moralismo.
Eu nego qualquer moralismo. Eu sou uno em tudo na vida.


Gagueira
Insegurança; falta de auto-expressão.
Eu me permito falar por mim. Eu me comunico com amor.


Garganta
Repressão de raiva; ferimentos emocionais engolidos.
Eu me expresso com alegria. Ninguém pode ferir-me.


Gastrite (gases)
Reter idéias indigestas; sufocar o ar por medo.
Eu deixo a vida fluir através de (gases) mim.


Gengivas (problemas)
Inabilidade de levar avante as decisões uma vez que elas sejam tomadas.
Eu sou uma pessoa decidida. Eu deixo-me ir pela vida.


Glândulas (problemas)
Desequilíbrio; falta de ordem; distribuição insuficiente.
Eu estou em equilíbrio total. Meus sistemas estão em ordem.


Glaucoma
Pressão emocional por sustentar por longo tempo sentimentos feridos.
Ninguém pode jamais me ferir. Eu vejo com amor e ternura.


Gota
Impaciência, raiva, dominação.
Eu deixo o ego e sentimentos de superioridade irem-se. Deixo .
os outros serem o que são.


Gripe
Respostas a negatividade e crença geral; medo, crença em estatísticas.
Eu não sou governado pelas crenças de grupos ou preconceitos.
Eu sou livre de todas influências.


Hemorróidas
Carga, pressão, tensão, medo de deixar acontecer.
Eu descanso todo o peso e as cargas. Eu vivo na alegria do presente.


Hepatite
Medo, raiva, ser odiado. O fígado é o local da raiva e emoções primitivas.
Eu deixo ir agora tudo que não preciso mais, minha consciência esta limpa, cheia de vida.


Hérnia
Carga, resistência mental, autopunição; raiva; expressões criativas incorretas.
Minha vida é calma e harmoniosa. Eu me amo com ternura.


Herpes
Prolongada suspensão nervosa.
Estou descansado de todos os meus pensamentos e de todas atividades. Que a paz esteja comigo.


Hipoglicemia
Desequilíbrio no sistema.
A aceitação do prazer equilibra o meu sistema.


Impotência
Pressão sexual, tensão, culpa; crenças sociais; rancor contra um antigo parceiro.
Eu permito que todo poder dos meus princípios sexuais opere com facilidade e prazer.


Inchaços (verrugas)
Auto-rejeição, medo, falta de amor.
Eu só adiciono amor em mim. Nada terá mais poder em mim.


Indigestão
Medo, ansiedade, pavor.
Eu recebo o novo e assimilo.


Infecções
Irritação, raiva, chateação.
Nada tem o poder de irritar-me. Eu sou pacífico e harmonioso.


Insanidade
Escapismo, recolhimento; violenta separação da vida.
Ressentimentos familiares.
Minha mente sabe sua verdadeira identidade e eu sou um ponto criativo da expressão divina.


Insônia
Tensão, culpa, medo.
Eu descanso do dia e mergulho num sono perfeito, pacífico.


Laringite
Medo de verbalizar opiniões; raiva. Ressentimento da autoridade.
Eu posso falar por mim. Eu me expresso livremente.


Mãos
A habilidade de segurar e deixar as idéias escaparem; medo de novas idéias
Eu lido com todas as idéias com amor e facilidade.


Mau hálito
Atitudes podres, pensamentos estúpidos.
Eu falo com amor. Eu expiro o que é bom.


Menopausa
Medo de não ser mais querido, auto-rejeição. Modo de envelhecimento.
Eu sou equilibrado em todos os ciclos da mudança, abençôo meu corpo com amor.


Nervos e nervosismo
Comunicação, luta, pressa; medo, ansiedade. Pensamentos confusos.
Eu estou na interminável jornada pela eternidade. Que a paz.
esteja conosco. Não existe nenhum lugar para o qual devamos nos apressar.


Olhos (problemas)
Não gostar do que vê em sua vida. Medo do futuro; não ver a verdade.
Eu vejo com olhos amorosos, eu vejo, a verdade, eu vejo claramente.


Ombros
Suportar carga, excesso de carga.
A vida é alegria e liberdade; tudo o que aceito é bom.


Ossos (problemas)
Rebelião contra a autoridade (os ossos são a estrutura do universo).
Eu estou em paz com a autoridade. Em meu mundo, sou minha própria autoridade.


Paralisia
Medo, escapismo, resistência, choque.
Eu sou uno com a vida. Eu bendigo minhas experiências.


Pele (problemas)
Sentir-se ameaçado na individualidade; falta de segurança, impaciência; assadura; maneira de ganhar atenção.
Eu aceito minha individualidade. Eu sou emocionalmente seguro.
Eu ganho atenção de maneira positiva.


Pernas (problemas)
Medo do futuro (as pernas carregam você para frente).
Eu me movo com confiança e alegria.


Pés (problemas)
Medo do futuro
Eu paro na verdade. Vou adiante com prazer. Tenho compreensão espiritual.


Pescoço (problemas)
Inflexibilidade, recusa em ver outros lados da questão; teimosia.
Eu sou flexível. Aceito outros pontos de vista.


Pneumonia
Desespero; cansaço da vida, preocupações emocionais; distúrbios internos.
Eu recebo livremente idéias divinas, impregnadas com o hálito da vida.


Pressão sangüínea
ALTA: manter por longo tempo problemas insolúveis; BAIXA: depressão, mágoa, derrotismo, raiva.
ALTA: eu sou alegria e deixo o passado dissolver-se. BAIXA: eu vivo com mais alegria agora; a vida é alegria.


Prisão de ventre (intestinos)
Recusa de relaxar sobre velhas idéias; mesquinhez.
Eu relaxo o passado, generosamente permito que a vida flua através de mim.


Próstata (problemas)
Desistência, derrotismo sensualidade excessiva com sentimento de culpa; crença na velhice
Eu aceito minha masculinidade; eu sou eternamente poderoso. Sexo é prazer.


Psoríase (pele)
Insegurança emocional.
Eu sou pacífico e seguro. Eu estou em paz com tudo na vida.


Pulmões
Medo de receber e dar-se à vida.
A respiração flui através de mim.


Quadris (problemas)
Medo de ir avante em decisões importantes.
Sigo com alegria, amparado e sustentado pelo poder da vida.


Queimaduras
Raiva; queimar-se com os outros.
As pessoas não tem poder contra mim. Eu tenho paz no meu ambiente.


Raquitismo
Desequilíbrio emocional; falta de amor e segurança.
Eu sou seguro e nutrido pelo amor do Universo.


Resfriados
Confusão, desordem, pequenos machucados; família e crenças estereotipadas.
Eu sou livre-pensador; estou em paz com minha mente.


Retenção (líquidos)
O que é que você tem medo de perder?
Eu descanso com alegria, e espontaneidade.


Reumatismo
Falta de amor; ressentimento; amargura crônica; vingança.
Eu tenho compaixão com os outros e comigo. Eu aceito sentimentos prazerosamente.


Rins (problemas)
Crítica, sensibilidade, desapontamento.
Eu vejo somente o bom em tudo. Ações corretas sendo tomadas.
Eu estou realizado.


Roer unhas
Separação dos pais, pedaço de si que se recalca.
Eu sou indivíduo criativo. Aceito, sou seguro em minha maturidade.


Sangue (problemas)
Falta de alegria; faltas de circulação das idéias; pensamentos estagnados.
Alegria. Com alegria as novas idéias circulam livremente.


Sinusite
Presença de pessoa que o irritam.
Ninguém tem o poder de me irritar a menos que eu permita. Paz e harmonia.


Surdez
O que você não quer escutar? Rejeição, teimosia, isolamento.
Eu escuto Deus. Eu escuto o prazer e a vida, sou parte dela.


Tórax (cisto)
Super dimensão de atitudes e propósitos na vida. Super proteção.
Eu sou livre e permito liberdade a todos.


Tosse
Nervosismo, amolação, crítica.
Me expresso pacificamente e falo com amor.


Tuberculose
Egoísmo; possessão; crueldade.
Eu não me sufoco na vida. Meus pensamentos desenvolvem ótimas idéias. Todos momentos da vida são cheios de sentido.


Tumor
Crescimento falso; ferimentos e choques emocionais.
Descanso e perdão. O amor dissolve ferimentos.


Tumor no cérebro
Crenças incorretas computadas; teimosia; recusa em mudar os velhos padrões.
Tudo na vida é mudança. Meus padrões são sempre novos.


Úlceras
Algo se corrói em você; ansiedade, medo, tensão. Crença em pressões.
Nada pode irritar-me; sou pacífico, calmo e feliz.


Urinar na cama
Medo dos pais (normalmente do pai).
Amor, compreensão e compaixão.


Urticária
Pequenos medos escondidos; exagero de pequenos problemas.
Eu estou em paz com as pequenas coisas da vida.


Vaginite
Culpa sexual; sentimento de perda de alguém ou algo amado.
As formas e as vias podem mudar. O amor nunca se perde. Todas as partes do meu corpo são bonitas.


Varizes
Negatividade, resistência; remoer emoções; sustentar um trabalho que você odeia; circulação entravada, atulhada de idéias; desencorajamento.
Eu me movimento e vivo com prazer. Eu amo a vida e circulo livremente.


Vesícula (pedras na)
Amargura; pensamentos dolorosos que você não encontra meios de evitar.
Jubilosamente deixo o passado ir-se. A vida é boa. Eu sou bom.


Acidentes - Rebelião contra autoridade. Crença em violência, raiva.
Paz e segurança. Eu amo e aceito tudo na vida.


Acne - Não se aceitar; desamor de si.
Eu me amo, eu me aceito onde eu estou agora. Eu sou maravilhoso.


Adenóides - Atritos familiares, discussões. Criança se sente mal querida.
A criança é querida e bem-vinda.


Alcoolismo - Sentimentos de futilidade, inadequação, culpa e auto-rejeição.
Eu relaxo o passado. Eu tenho valor. Eu me amo e me aceito agora.


Fonte:
http://www.ahau.org/doencascausas.0.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails