((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sábado, 3 de julho de 2010

Visualizar 10 dimensões !

Visualizar 10 dimensões !

As 5 vertentes das teorias das supercordas estão unificadas naquilo que é chamado a Teoria M.
A teoria das supercordas é um modelo físico que nos diz que a matéria não é composta por partículas (átomos, e partículas subatómicas) mas sim por obejctos semelhantes a cordas.
As implicações desta nova teoria sugerem levam a afirmar que o Universo é composto por 11+1 dimensões (3 espaciaisl, 1 temporal, 7 dimensões recurvadas e a dimensão 0).




Através dum modelo simples vou tentar explicar como estas se organizam.

0D - Tudo começa com um ponto, sem lados ou dimensões é simplesmente uma ideia imaginária que indica uma posição num sistema,

1D - Um segundo ponto é usado para traçar uma linha criando assim um objecto da primeira dimensão (só possuí comprimento, n possuí largura ou profundidade)


2D - se à primeira linha imaginária desenharmos uma segundo a cruzar a inicial, criamos um obejcto bi-dimensional, possui comprimento e largura.


3D - é o que vemos no nosso dia-a-dia... um objecto tridimensional possuí altura, largura e comprimento.




4D - também chamada a dimensões temporal ou duração.
é a linha que um acontecimento em dois tempos distintos.
poderia ser a linha que o leitor a ligar o computador e a estar a ler esta frase neste momento.

Se fosse possível vermos a 4ª dimensão da nossa vida daria para ver o nosso passado desde que nascemos até ao nosso futuro quando estamos mais envelhecidos.
A nossa percepção da 4D parece-nos como uma linha recta pois somos seres 3D e é assim que a conseguimos percepcionar.
Podemos dizer que a 4D dimensão é a linha que une o Big Bang a um dos possíveis finais do universo.




5D - embora a nossa percepção tridimensional nos engane a pensar que nos movemos numa linha na 4ª dimensão na verdade na 5ª dimensão estamos a percorrer uma multitude de caminhos que podemos escolher e através do nosso livre arbítrio podem mudar a qualquer instante.
O facto de escolher o emprego A sobre B leva-nos a A' e não a B'. E quando chegarmos a A' vai-nos parecer que percorremos uma linha temporal recta de A a A' quando na verdade estamos a percorrer um de muitos caminhos.
Portanto na 5D há uma multitude de caminhos para os quais podemos ramificar a qqr momento.



Sempre que na nossa vida escolhemos um caminho é-nos impossível voltar atrás no tempo e escolher a outra opção. Se numa linha temporal em criança inventamos algo fantástico que nos leva a sermos ricos no futuro é nos impossível pela 5D saltar para a vida rica devido à invenção aquando criança se estivermos a viver uma vida onde em criança n inventamos nada.
A 5D permite-nos ver todas as linhas possíveis, mas não nos permite saltar de uma para a outra.
Permite-nos sim dobrar a 4D e voltar atrás e para a frente na nossa mesma vida com as mesmas decisões.

A física quantica diz-nos que as partículas subatómicas que constituem o nosso mundo são colapsos de ondas de probabilidade simplesmente pelo acto de observação. Portanto nós como seres 3D conseguimos ver um evento contido na 5D com uma percepção 4D desse evento que experienciamos como tempo.




Por exemplo se neste caso a nossa vida estiver representada pela linha verde e todo o resto da árvore mostra os diferentes destinos que temos mas não vivemos devido às nossas escolhas é nos possível na 5ª dimensão viajar através da 4D e da linha verde com 100 anos voltar para o mesmo eu na linha verde com 1 anos, mas é impossível saltar para qualquer outro lado da árvore.

6D - A sexta dimensão permite-nos dobrar a 5D e como tal podemos viajar para qualquer ponto da árvore, para a vida onde somos médicos, outra onde somos professor, engenheiro, etc... não estamos limitados à linha verde.


7D - Para percebermos a 7D temos de tratar a 6D como um só ponto, ou seja o ínicio e todos os possíveis finais seriam um só ponto que reprenta o infinito



Chegamos a um ponto em que nos perguntamos..."Ok... se a 7D é definida como um ponto que contém todos os possíveis futuros, que mais há?"

Ora bem... Há outras infinidades completamente diferente criadas por inícios completamente diferentes.
Portanto a 7D une duas Infinidades uma à outra. Onde o Início é diferente e os finais provavelmente também o serão.
Por exemplo. Um ponto na 7D representa o Big Bang como o início do Universo com todos os seus fianis possíveis. A linha 7D une essa infinidade a outra onde a origem não é o Big Bang mas sim outro evento Universal completamente diferente com finais provavelmente completamente diferentes, com leis físicas diferentes, etc...

8D - Portanto a 8D tal como antes é um ramo que sai da linha 7D e leva a uma infinidade completamente diferente, com os seus novos fins e um início que é parte da linha 7D





9D - Como anteriormente na 9D é nos possível dobrar a 8D e viajar para qualquer ponto das infinidades.


10D - Todos os possíveis ramos, de todos as possíveis linhas temporais de todos as possíveis infinidades unidas num só ponto na 10D.

11D - é nos impossível teorizar sequer como é (visto q a 10D já cobre tudo), embora matematicamente a sua existência esteja prevista.

--------------
No mundo espíritual ouvimos muitas vezes falar em "tempo vertical" e não horizontal, ora bem agora é compreensível aquilo que isso significa. Significa que quando olhamos para a nossa vida não a podemos ver como uma linha recta que une o nosso passado ao presente mas temos sim que ver além disso e percepcionar que as nossas decisões é que vão criar o nosso futuro e há muitos deles à espera.


Note-se que tal como no mundo espíritual também a física acaba por teorizar as 12 dimensões que estamos tão habituados a falar (0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11 -> total de 12).
Ou 12 chackras, 12 cadeias do ADN, 12 sephirots da cabala/árvore da vida, 12 signos do zodíaco, 144(12x12) choans dos 144 raios de Alfa e Omeg, 12 corpos, etc...





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails