((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

terça-feira, 20 de julho de 2010

SANANDA(JESUS) - REVELAÇÕES EXTRATERRESTRES

sananda - jesus - revelaçoes extraterrestres.



“Porque Deus amou o mundo de tal maneira
que deu o seu Filho unigênito,
para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna.”

Nesse texto vamos falar sobre Jesus, segundo as informações e conhecimentos superiores transmitidos pelos nossos irmãos do espaço (espacitômeles).

Jesus Cristo veio do vigésimo quinto universo para a Terra. Ele veio à Terra e trouxe os conhecimentos avançados do vigésimo quinto universo (Hipecro-Sistema-Imaterinoligado) para todos os Seres Humanos.

Jesus não reencarnou na Terra por um processo de reencarnação que ocorre com os espíritos de uma forma geral. Cristo foi trazido para a Terra pelas Naves Espaciais e parte do seu Astral pôde se materializar e se adaptar no nosso espaço-tempo através de Maria.

O nome CRISTO tem origem no Astral Superior Crisostelar (espaços extrafísicos-espirituais-superiores do Sexto Universo). O nome CRISTO significa: fito-fixação das energias neural crisostelar (Cristo Materializado).

Jesus Cristo nasceu através de Maria e não poderia ser de outra forma. Jesus e Maria são almas gêmeas, almas irmãs, fazem parte do mesmo ser, um é parte do outro, juntos foram criados, mas este “juntos”, o homem ainda não pode compreender, pois faz parte de um tipo de vida crisostelar. Jesus não poderia ter nascido de outra mulher, pois tudo estaria contaminado. Ele nasceu de Maria pois ambos se completam.

Jesus disse: “As Terras existem, os Céus existem; para chegar até aqui e para cumprir a minha missão, não poderia fazê-lo totalmente se não descesse a dois mundos consecutivos e abaixo que, na realidade, são três, pois o seu último estágio é a minha maior prova, a que tenho que passar e vencer, e isto farei em trinta e três anos de vida na Terra”. 33 significa 3 + 3 espaços, acima e abaixo da sua existência na Terra e da existência terrestre.

Jesus não veio apenas na Terra, na terceira face terrestre. Ele veio em todo o Sistema Terrestre, em todas as faces paralelas da Terra, ensinar verdades universais. Enquanto aqui Ele ensinou a não matar, em um mundo superior, a quarta face terrestre, Ele ensinou a não tocar. E ensinou a todos os povos, nos diferentes mundos, nas diferentes faces da Terra, transmitiu conhecimentos superiores, diferentes em cada mundo, conforme a evolução e amadurecimento dos seus habitantes, porém iguais na sua mensagem divina de paz e amor. Maria e os Apóstolos vieram, igualmente, em todo Sistema Terrestre.

JESUS CRISTO: ELE É O SENHOR DE TODO SISTEMA TERRESTRE!

Na Terra (terceira face terrestre) Jesus foi crucificado. Nas faces inferiores do Sistema Terrestre, Ele também foi morto, porém, passou por mortes diferentes da Terra. Mas o mesmo não ocorreu em mundos superiores. Jesus Cristo viveu 33 anos que significa 3 existências abaixo da Terra, nas três faces inferiores, e 3 existências acima da Terra, nas três faces superiores, ou seja, a sua grandiosa missão se estendeu por todo o Sistema Terrestre, em benefício das diferentes humanidades, para a elevação de toda a Vida.

À Terra, Ele disse: “Vocês vivem ainda por um sistema de reencarnações sucessivas até ao amadurecimento do cérebro e o desvendar da verdade. Parte do escurecimento de vocês não sou Eu, parte da luz que vive em vocês é parte da Minha Luz”.

Enquanto isso, no mundo superior mais próximo ao nosso, consecutivamente mais evoluído, Ele disse: “Não toquem os seus semelhantes. Vocês permanecerão aqui por um tempo somente. Aqui não existem reencarnações, não agravem o astral de cada um com as energias do outro. Logo Eu volto e os levarei para o Alto, para o quinto espaço. Lá vocês saberão que se separaram por parte, cada um do seu próprio ser, e que por parte não se tornaram conscientes”.

Relembrando as palavras deixadas pelo nosso único Mestre terreno: “O homem virou os olhos a Deus e esqueceu que é filho”. Um dia a estrela de Davi lhes abrirá estes olhos, porque ela significa parte da luz crisostelar pela qual todo homem vive por ser filho de Cristo. Por parte da luz e por parte do homem, por parte do espírito e por parte da matéria. Luz esta, trazida do vigésimo quinto universo, do Próprio Deus, Filho de Deus que se fez Homem e se tornou Filho do Homem, Filho do seu próprio Pai. Trazido para a Terra, vive em todas as Terras. Filho de Davi, Luz de Davi. Chamou a atenção para a Luz e fez um pedido aos homens: que transparecessem os seus rostos e virassem os seus olhos iluminados de Sol para o Universo do Pai, para onde deveriam voltar.

A estrela de Davi significa Luz Consciente, parte da Consciência da Luz, de Jesus Cristo e de Maria Santíssima, que fez reviver todos os que caíram desde o quinto espaço celeste, desde a quinta face terrestre. Fez reviver todos os homens, todos os tipos de vidas, paralelas ao homem, desde a morte total e da consciência inerte, desde dois mundos abaixo deste. Esta Luz trouxe todos até aqui, esta face planetária, e os adaptou à matéria.

Quando Jesus caminhou para o Gólgota, caiu três vezes e deixou esclarecido: o homem caiu e está caído, por parte dele mesmo, ainda na Terra e também em dois mundos anteriores à Terra.

As três quedas de Cristo até o Calvário significam: esta Terra atual (terceira face terrestre); uma Terra anterior (segunda face terrestre); e uma outra inferior consecutiva (primeira face terrestre). Em outras palavras, as três quedas de Cristo significam as duas destruições anteriores que o ser humano não pode lembrar*.

Jesus Cristo esteve morto por três dias. Ressuscitou no terceiro. Significa que no exato momento em que aqui foi morto, também o foi em dois mundos inferiores à Terra. Quando ressuscitou no terceiro dia, através da Terra, no exato momento também ressuscitou nos dois mundos anteriores. Ele passou pelas provas e todo o acontecimento passou pelo nosso espaço-tempo terrestre e por sobre Ele. Se não fosse assim, Ele não teria dito: “EU SOU O CAMINHO”. Por isso, também, Ele é o Primogênito. E por isso também, ficou escrito: “Muitos que estavam mortos, ressuscitaram com Ele.” Mas há uma diferença na história de Cristo. Ele apareceu fisicamente para seus discípulos e, fisicamente, foi levado da Terra. Isto faz parte de uma outra história que o ser humano não conheceu.

O tempo terrestre é chamado, na linguagem extraterrestre, de um dia solar, um dia lunar, um dia terrestre. Jesus, nos seus ensinamentos, também fazia referência a essas realidades.

Ainda sobre a história de Cristo, quando José e Maria O levaram para o Egito, encontramos a seguinte referência bíblica: “Egito, lugar onde o Cristo também foi morto”. Sabemos que os verdadeiros egípcios são os descendentes de uma raça que viveu num mundo anterior ao nosso.

O mundo não conhece a sua história. Mas outros, de fora da Terra, a conhecem antes mesmo da sua criação.

A realidade da Terra e de dois mundos existentes abaixo dela está também retratada neste episódio. Quando Cristo disse a Pedro: “Antes que o galo cante três vezes, três vezes negarás o meu nome”.

Mas por ser real também a existência de um mundo superior, ao mesmo Pedro Ele disse: “Pedro, tu és pedra, acima de ti erguerei a minha Igreja”. Acima da Terra, em uma outra Terra realmente (a partir da quarta face terrestre).

Jesus, o Cristo, disse mais: “Muitos herdarão a Terra, a quarta face terrestre. Outros Eu levarei comigo até a quinta, outros até a sexta face terrestre. E outros ainda, Eu os farei colunas nos céus, colunas que reerguerão as nações”.

Jesus Cristo comanda também as 33 Telas Cósmicas existentes entre a Terra e o Sol (Telas Cósmicas planetárias) e as 33 Telas Cósmicas existentes entre o Sol e a Terra (Telas Cósmicas Solares). Nelas existem verdadeiras cidades (cidades astrais-espirituais) implantadas através do Astral Terrestre. Uma destas chamadas cidades serve para as reencarnações sucessivas dos seres humanos na Terra, em que o espírito permanece por um período de tempo, no intervalo entre as vidas, aguardando por uma nova reencarnação. Quem as comanda totalmente, desde o seu Primeiro Comando, é JESUS CRISTO.

A Terra e o Sol, portanto, estão interligados através de 33 telas cósmicas da Terra para o Sol (Telas Cósmicas Planetárias) e através de 33 telas cósmicas do Sol para a Terra (Telas Cósmicas Solares). Esta interligação através de Telas Cósmicas dá-se em todo o sistema, da Terra ao Sol, do Sol à Terra, do sistema astral terrestre até ao sistema de Alpha+Ômega, por onde também são contadas 33 telas maiores universais pelo astral central até ao astral da Terra, até ao astral solar. E deste sistema astral terrestre-solar-lunar até aos sóis de Alpha + Ômega por 33 telas espaciais astrais. Tudo isto significa também os 33 anos de vida de Cristo na Terra. Ele conquistou tudo o que existe, até o que está abaixo e acima da Terra, por 3 + 3 tempos espaciais e por 33 + 33 telas cósmicas espaciais.

Jesus disse: “Eu sou o Alpha e o Ômega, o Princípio e o Fim”. O significado de Alpha + Ômega, princípio e fim, quer dizer que tudo voltará as suas origens, como era antes da formação das cinco esferas paralelamente decaídas abaixo da sexta. Isso significa também que quando Ele esteve na sexta face terrestre, Ele se multiplicou, se dividiu, e assumiu os comandos de Alpha e Ômega, o Grande Sol Central, que se localiza no Sexto Universo, portanto ilumina a sexta face terrestre. Jesus Cristo e Maria comandam o Firmamento Estelar Crisostelar (Sexto Espaço-tempo Celeste). Portanto, neste sexto espaço estelar, nesta evolução, todos são filhos crisostelares do Primeiro Filho do Criador, ou melhor, do Filho Primeiro, o Cristo.

Jesus Cristo e Maria dirigem o Sistema Central Universal de Alpha + Ômega, que se localiza no Sexto Universo, pois Ele sustenta e eleva o Firmamento para níveis superiores, pois Ele é o Filho Primeiro, o Cristo, dirigido pela vontade mais alta do Pai.

Ele também disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. Pelo caminho que Ele passou, todo homem terá que passar, para voltar às suas origens e ao seu próprio Ser Maior. Ele abriu um caminho solar ascendente para que todos pudessem voltar à Casa do Pai, o mundo solar, de luz, claridade e sabedoria.

Jesus e Maria serviram espiritualmente, energeticamente e fisicamente para o futuro da vida e da humanidade e para a reconstituição da vida humana atual existente nesse espaço-tempo, nesta face terrestre. Esta verdade ficou revelada através da seguinte cena: repartiu o pão e o vinho aos seus doze discípulos e disse: “Comam do meu corpo, bebam do meu sangue.” Significa ainda que os seres humanos terão que viver do espírito e do corpo físico, mesmo que, num futuro, não venham mais a viver na Terra.

Quando Jesus nasceu, a estrela de Belém guiou os três Reis Magos até Ele. É evidente que se tratava de uma Nave Espacial em operação.

Revelamos aqui uma outra parte da história que a humanidade não conheceu. Os primeiros habitantes da Terra são descendentes de Cristo e Maria. Quem viveu naquela época, nunca Os esqueceu. Cristo e Maria são descendentes de um Pai Extraterrestre. E todo o seu povo também. Esse povo representa a 13ª esferóide terrena, a raça que construiu a Terra, edificou todas as civilizações sobre ela e conhece todos, um por um.

“No princípio era o Verbo
e o Verbo estava com Deus
e o Verbo era Deus.
E o Verbo se fez Homem
e habitou entre nós.”

Jesus Cristo é a nossa história. Nós somos esta história. E precisamos sempre exaltá-lO:

O Sábio Senhor dos Espaços
O Poderoso Senhor dos Exércitos
O Senhor dos Espíritos
Filho de Deus
Filho do Homem

Nota MINHA MESTRIA: * "as duas destruições anteriores" = Lemúria e Atlântida.


http://www.missaoterra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails