((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 27 de junho de 2010

SOCIEDADES SECRETAS E AS MENSAGENS DE MARIA

SOCIEDADES SECRETAS E AS MENSAGENS DE MARIA

Alguns atuais vestí­gios da nociva influência das sociedades secretas

"E derramaram sangue inocente, o sangue de seus filhos e de suas filhas que sacrificaram aos ídolos de Canaã; e a terra foi manchada com sangue" (Sl 106:38).
"De todos os meios que eu conheço para conduzir os homens, o mais eficaz é por meio de um mistério escondido. O anseio da mente é irresistível." Adam Weishaupt (Spartacus, pseudônimo ritualístico).
Club Bohemian
Acredita-se que o bosque Bohemian seja um ramo da Skull and Bones (a mais sinistra sociedade secreta dos EUA) cuja filosofia é nazista. Praticam bizarros rituais pagãos druidas e canaanitas sob um enorme ídolo de pedra com 40 pés de altura que simboliza o “conhecimento” Durante o ritual, um sacrifício de cremação é oferecido ao ídolo com grande algazarra de todos os participantes
Em pleno século XVII Maria Santíssima alertava à Irmã Mariana de Jesus sobre "a seita", que estenderia suas garras desde o recinto sagrado do templo até o lar, influenciando perniciosamente todos os campos da atividade humana.
No contexto desse sobreaviso maternal profetizado há três séculos, o que dizer de uma organização que promove uma reunião secreta anual durante duas semanas, congregando cerca de 1500 CEOs americanos entre oficiais do governo, economistas, industriais, magnatas, artistas e alguns dos homens mais poderosos e influentes do mundo?
E mais: este estranho e secreto grupo, pouco divulgado pela mídia, promoveria reuniões, discursos e compartilharia suas agendas. Durante esse período praticariam bizarros rituais pagãos druidas e cananitas sob um enorme ídolo de pedra com 40 pés de altura que para eles simboliza o “conhecimento”.
O que conjeturar desse evento que teria como integrantes ambos os presidentes Bush, Bill Clinton, Richard Nixon, Jimmy Carter, além de Colin Powell, Henry Kissinger, David Rockefeller, Arnold Schwarzenegger, entre outros tantos políticos notáveis internacionais permanecendo durantes essas duas semanas reunidos em tal insólito e secreto encontro e participando desses rituais noturnos travestidos com mantas semelhantes as da Ku-Klux-Klan?
O que deduzir ainda se nesses encontros, fosse realizado um sacrifício ritual de cremação, oferecido ao ídolo de pedra do bosque, com grande algazarra de todos? (1)

Uma classe governante intocável

Club Bohemian
Os presidentes americanos Reagan e Nixon, em uma das seletas reuniões do Bosque Bohemian
Pois bem, tal associação existe. É o Clube Bohemian. (2) Acredita-se que o bosque Bohemian, que é propriedade do Clube, seja um ramo da Skull and Bones (a mais sinistra sociedade secreta dos EUA) cuja filosofia é nazista.
Nessa mesma linha, o que pensar do Comitê dos 300? Sociedade altamente secreta, composta da classe governante intocável, que inclui as rainhas da Inglaterra, da Holanda e da Dinamarca e as famílias reais da Europa.
E imaginar que dominam a política e a economia cada vez mais globalizadas, exercem total influência sobre as mídias, as maiores universidades, os partidos políticos e os governos, através do poder que acumulam ao controlar tanto corporações multinacionais quanto organizações privadas, como o “Council on Foreign Relations” (CFR), a “Comissão Trilateral” (David Rockefeller e família), o “Royal Institute of International Affairs” (Grupo Chatam House), os “Bilderberger”, a “Sociedade Liberal de Mont-Pélérin”, o “Diálogo Interamericano,” o “Federal Reserve System”...

Em reuniões secretas, bem longe dos olhos da multidão, as personalidades mais poderosas do planeta determinam os grandes acontecimentos mundiais

Lista   1978
Uma página da lista de participantes do Clube Bilderberg, publicada em 1978. Obtido de DynBase
Em um artigo intitulado Bilderberg: The ultimate conspiracy theory, publicada pelo BBC News, o jornalista Jonathan Duffy aborda a aura mística e secreta do Clube Bilderberg.
Composto pelas maiores fortunas e as personalidades mais poderosas do planeta, suas reuniões anuais, bem longe dos olhos da multidão, determinam os grandes acontecimentos mundiais.
“Não há uma única palavra pronunciada durante as reuniões do clube Bilderberg que possa ser veiculada fora. Nenhum repórter é convidado e nenhum entra. Durante as reuniões não há apontamentos nem anotações”, diz o artigo. (3)
Em depoimentos pessoais como agente do serviço secreto e cientista político em Angola, e também embasado em documentos ultra-secretos aos quais teve acesso, o Dr. John Coleman denuncia em seu livro "Conspirators' Hierarchy: The Story of the Committee of 300" (4) os infames objetivos do Clube Bilderberg.

Uma conspiração que opera sob diversos nomes

David  Rockefeller
O banqueiro e presidente fundador da Comissão Trilateral, David Rockefeller, desembarcando no aeroporto de Ottawa para mais uma reunião secreta do Clube Bilderberg em junho de 2004. No mesmo dia desembarcaram o premier e embaixador americano McKenna Frank; Jorma Ollila, presidente da Shell real holandesa, uma das maiores companhias de energia do mundo; Rainha Beatrix dos Países Baixos; Richard Perle da política da defesa dos EUA e o presidente do banco mundial James Wolfenson. O que decidiram? Nada sabemos. Será que realmente vivemos um regime democrático?
Em seu livro o Dr. Coleman diz que desde a época em que trabalhou no serviço secreto sempre soube que chefes de Estado em outros países se referem a este órgão onipotente como "Os Magos". Stalin criou a sua própria frase para descrevê-los: "As Forças Tenebrosas", e o presidente Eisenhower, que jamais conseguiu passar do nível "hofjuden" (judeu da corte), referiu-se a isso numa declaração que de maneira alguma define exatamente o que são. Ele disse que se tratava do "complexo industrial militar".
E quem seriam esses conspiradores que servem ao poderoso e onipotente, Comitê dos 300? Os nossos cidadãos mais bem informados estão cientes de que existe uma conspiração e que a conspiração trabalha sob diversos nomes como por exemplo Iluminatti (os esclarecidos, aqueles que sabem e detêm o “conhecimento”), Maçons, Mesa Redonda, Grupo Milner, entre outros. Ocorre que não é fácil obter informação verdadeiramente concreta sobre as atividades dos membros do governo invisível, já que a sua carapaça é quase inviolável. O que não impede de sermos todos vítimas de suas decisões. (5)
Dr. John Coleman afirma que uma das organizações principais que comanda os fios nos EUA é o Council of Foreign Relations (CFR - Conselho das Relações Exteriores). Essa organização meio secreta está sob o domínio do sindicato Rockefeller e de uma sociedade secreta européia que tem o nome de "Comitê dos 300".
Entre outros nomes da lista de membros do "Comitê dos 300" encontrados no livro de Coleman há o nome: Sir John J. Louden. Ele é representante do N. M. Rothschild Bank em Londres. Seus outros cargos são os seguintes: presidente do comitê do conselho internacional do Chase Manhattan Bank (Rockefeller), presidente da Royal Dutch Petroleum, diretor da Shell Petroleum Company Ltd. e administrador da Ford Foundation. Isto mostra que esse homem reúne em si mesmo um poder e uma influência extraordinários. E podemos perguntar: como ele chegou lá?

O cidadão comum está longe de imaginar a que ponto o mundo funciona impulsionado e gerenciado por uma pequena elite que conspira sobre nossos destinos

Presidente Ford, Henry Kissinger e Nelson Rockefeller na Casa Branca: seria reunião do Bilderberg Clube?
Esse seleto grupo que compõe o governo oculto, entre inúmeras e infames intervenções nos últimos acontecimentos mundiais, teria promovido desde desestabilizações político-sócio-econômica-espirituais até a ascensão dos Beatles e dos Rolling Stones.
Aliás, não é mesmo estranho que a própria Rainha da Inglaterra os tenha condecorado? E também Mick Jagger, recentemente, ter sido agraciado pelo príncipe Charles com o título de Sir? (6)
E por quais méritos? Por rebolar e vomitar imoralidades, fazer apologia ao satanismo, às drogas e desvirtuar gerações inteiras através de suas músicas de rock?
Coleman relata que essa mesma elite teria feito eclodir o caso Watergate e agido com firmeza para definir o resultado das últimas eleições norte-americanas. Não nos esqueçamos do caso Bush-Gore na Flórida.
Mas ainda assim é difícil acreditar que o mundo possa funcionar impulsionado e gerenciado por uma pequena elite que conspira sobre nossos destinos. (7)

Conspirar significa planejar ou agir secretamente, em parceria, visando a alcançar objetivos predeterminados

Cumplicidade
O alcance de objetivos, está intimamente ligado à vontade e à possibilidade integrais e eficazes da aplicação de poder
Armindo Augusto de Abreu, economista, escritor e conferencista, ex-membro do Corpo Permanente da Escola Superior de Guerra (ESG), um dos mais completos, corajosos e acreditados escritores brasileiros contemporâneos, em seu “Dossiê Conspiração” sintetiza o seguinte:
“Derivada do latim CONSPIRARE significa, literalmente, “respirar junto”. Traduz o ato de planejar ou agir secretamente, em parceria, visando a alcançar objetivos predeterminados. E o alcance de objetivos, está intimamente ligado à vontade e à possibilidade integrais e eficazes da aplicação de poder. Sendo o poder, em síntese, a capacidade de se impor a própria vontade a terceiros, conspirar exprime, em última instância, procurar adquirir, de forma velada, essa competência. A característica fundamental de que se reveste a atividade conspiratória é o segredo e o combustível que lhe dá dinâmica é a busca permanente das INFORMAÇÕES privilegiadas ou estratégicas”. (8)


Ou definindo claramente: as trevas encontram guarida em nossos corações sob o véu do segredo, da conduta dúbia, dissimulada, conspiradora, ou seja, da “postura farisaica” contra a gual Jesus insurgiu e combateu pública e valorosamente... E que Lhe custou a vida...

Decifrando as conexões de poder do governo oculto do mundo e sua atuação através das hierarquias de todas as sociedades secretas e centros de poder

Mas conforme predissera Jesus “nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se" (Mt 10:26). Cada vez mais estudiosos e investigadores decifram as conexões do governo oculto do mundo e sua atuação através das altas hierarquias de todas as sociedades secretas e centros de poder.
George H. Bush (a partir do centro, o primeiro em pé, à esquerda) integrante do grupo secreto Skull e Crossbones, na universidade de Yale, New Haven, 1947. Essa conhecida sociedade secreta é nazista e tem suas raízes na Alemanha
Descobre-se que este governo oculto aproveitando-se das mazelas morais humanas, patrocina, dissimuladamente, a disseminação de doutrinas e a mudança de paradigmas para benefício de seus planos de dominação.
Guerras, revoluções e depressões são partes de um processo "revolucionário" desenhado a conduzir a humanidade a um "governo único mundial" sob a rubrica da Franco-Maçonaria que atua como uma hospedeira para uma aliança de criptojudeus e elites financeiras gentias cujos sinistros ideais são comuns.

Normas e regras paralelas acima das normas e regras oficiais do governo

George   Wasnhington
O primeiro presidente americano, George Washington, com paramentos maçônicos e encarregado de implantar a "nova ordem mundial" a partir dos EUA
Sobre as sociedades secretas, diz a Enciclopédia Canadense:
“As sociedades secretas existem pelo menos desde os primeiros registros da escrita. Algumas serviram para atividades utilitaristas, outras especulativas; algumas foram visíveis, outras invisíveis, exceto aos serviços de informação do governo, que estiveram sempre cientes de sua existência. Cada uma dessas sociedades baseou sua existência no segredo de seu mistério, no propósito, no ritual ou, mais comumente, na finalidade de sua organização. Finalmente, o que distingue todas as sociedades secretas de outras associações, nos mais diferentes lugares, é que seus membros estão organizados de maneira paralela, e frequentemente suas normas e regras estão acima das normas e regras oficiais do governo, o que quer que essas regras e normas possam ser. (9)

“A Maçonaria é uma fraternidade dentro de uma fraternidade — uma organização exterior que esconde uma irmandade interna eleita…"

Hall
Manly P. Hall, março 18, 1901 - agosto 29, 1990. Renomado maçom americano, grau 33, alta honra conferida pelo Conselho Supremo do Rito Escocês
De todas as sociedades secretas a mais popular é a Maçonaria. Na verdade, essa sociedade foi desenhada para ser um conjunto de grupos que se interpõem e se sobrepõem uns aos outros, sob o véu do mistério e do segredo (numa progressão de graus e iniciações). E são os próprios maçons a definirem essas características ocultas que envolvem as articulações da Maçonaria, completamente desconhecidas dos maçons bem-intencionados de menores graus. Um dos proeminentes maçons americanos, Manly P. Hall, assim a define:
“A Maçonaria é uma fraternidade dentro de uma fraternidade — uma organização exterior que esconde uma irmandade interna eleita… é necessário estabelecer a existência dessas duas ordens em separado. E, no entanto, como ordens interdependentes, uma visível e outra invisível. A sociedade visível é uma esplêndida camaradagem de homens 'livres e aceitos' encarregados em devotar-se aos interesses éticos, educacionais, fraternais, patrióticos, e humanitários. A sociedade invisível é um segredo e a maioria dos integrantes da fraternidade [definidos como 'de dignidade e de grandeza majestosa', cujos membros são dedicados ao serviço de um enigmático e misterioso 'arcannum' [definido como 'um segredo, um mistério']". (10)

A Maçonaria está por trás de inúmeras seitas mais recentes como os Mormons, Testemunhas de Jeová, e clubes como Rotary, Lions, etc

Rotary, Lions e  Maçonaria
Monumento evidenciando a ligação da Maçonaria, Rotary e Lions sob o insinuante slogan: "Ninguém é forte sozinho"
Assim, por trás da Maçonaria e suas conexões, é possível rastrear a riqueza do ditador socialista cubano Fidel Castro, que é judeu e multimilionário, (11) ou descobrir Henry Kissinger um agente soviético. A Maçonaria está por trás de inúmeras seitas mais recentes como os Mormons, Testemunhas de Jeová, além de sustentar conexões intrincadas com grandes corporações multinacionais, governos, legislações, religiões, bolsas de valores, sobretudo, o universo do entretenimento, etc.
Rotary e Lions Clubs foram elaborados e fundados pelos maçons. O golf também foi inventado pelos maçons e tem um grande significado para eles.
E todas essas aparentemente ingênuas ações visam a infiltração, a espionagem, a adulação por meio de premiações e atividades filantrópicas, cuja imperceptível influenciação social tem o propósito certo de colher e disseminar informações necessárias a seus interesses.
E claro, doutrinalmente, tudo isso se movimenta através de articulações muito bem elaboradas.

Buscadores da "luz maior"

Iniciação
Os próprios maçons afirmam: "Todos nós, iniciados no alto grau, devemos continuar vivendo nossa religião na pureza do ensinamento de Lúcifer"
Como sabemos, uma das expressões generalizadas nas doutrinas da “nova era” é a de que seus adeptos são “buscadores da luz maior”.
No caso da Maçonaria, embora afirme cultuar a Deus como o grande arquiteto do universo, na verdade este significado —ou sentido— estão invertidos em suas doutrinas. E são os próprios autores maçons que o afirmam:
"Nós veneramos um Deus, que é de fato, um Deus a quem oramos sem superstição. Todos nós, iniciados no alto grau, devemos continuar vivendo nossa religião na pureza do ensinamento de Lúcifer. Se Lúcifer não era Deus, seria ele caluniado por Adonai (Deus) de quem os atos testemunham a crueldade, o ódio ao próximo [...] e a rejeição da ciência? Sim, Lúcifer é Deus, e Adonai, infelizmente, também é Deus. A Lei eterna diz que não existe luz sem sombra, beleza sem feiúra, brancura sem negrume, pois o absoluto não pode existir a não ser em dois Deuses [...] É por isso que o ensinamento do satanismo é heresia. A verdadeira religião filosófica é a fé em Lúcifer, o Deus da luz, na mesma posição que Adonai. Mas Lúcifer, Deus da luz e do bem, luta com os seres humanos contra Adonai, Deus da escuridão e do mal." (12)
Essa citação pode ser lida em inglês e em francês por qualquer um no dossiê de Pike, que se encontra na biblioteca do Rito Escocês em Washington D.C. Pike era, segundo seus próprios dizeres, satanista e agente da "Coroa Britânica".
Ritual de morte e renascimento
Entre muitos outros rituais de origem pagã, a Maçonaria se vale do rito da "morte e do renascimento" para a iniciação do 3.º grau maçônico. A origem deste culto remonta aos antigos mistérios pagãos de Eleusis
Em 1867 Pike confere todos os graus do 4.º ao 32.º do Rito Escocês ao presidente dos Estados Unidos Andrew Johnson. Trinta e nove dias após o presidente Theodore Roosevelt, igualmente racista anglófilo e franco-maçom, toma posse de seu cargo, o monumento de Albert Pike é instalado em Washington, onde ainda se encontra.
Mas, atentemos para a inversão dos significados da citação de Pike: Adonai (o Deus Vivo das Sagradas Escrituas Se manifesta na pessoa de Jesus) passa a ser o “deus da escuridão e do mal” e Lúcifer torna-se o “deus da luz e do bem”.
Assim, Lúcifer torna-se o Portador da Luz. E é exatamente a essa “luz” que, a partir da primeira iniciação, o maçom é instruído a “buscar”! Por isso, orgulhosamente os maçons, esotéricos e espiritualistas de todos os tempos dizem com freqüência que estão "buscando a luz" e que passarão sua vida inteira "caminhando em direção à luz maior".
Mas essa dúbia afirmação é uma tática para tentar convencer que a Maçonaria e as doutrinas paridas de seu seio sejam cristãs. (cf. 57 - A queda dos anjos, segundo o magistério da Igreja Católica e o ensinamento secreto iluminista).

"As energias ardentes de Lúcifer em suas mãos"

Portador
As próprias doutrinas da Maçonaria admitem o engodo ardiloso de ensinar a antiga arte —ou ser detentora dos antigos mistérios (também conhecidos como magia), o antigo nome da feitiçaria
Segundo Manly P. Hall, grau 33, K. T, o maçom deverá aprender a aplicar corretamente “o dínamo do poder da vida” a partir do momento em que for capaz de controlar "as energias ardentes de Lúcifer em suas mãos":
"Chegou o dia em que o Companheiro Maçom precisa conhecer e aplicar seu conhecimento. A chave perdida para esse grau é o domínio das emoções, que colocam a energia do universo à sua disposição. Só se pode confiar grande poder aos homens que provaram sua capacidade de usá-lo de forma construtiva e altruísta [e aqui a grande mentira demoníaca, uma vez que o poder de Satanás nada traz de construtivo ou altruísta ao ser humano, mas sim, tem por objetivo destruí-lo, conforme orienta Jesus e as Sagradas Escrituas]. Quando o maçom aprende que a chave para o guerreiro é a aplicação correta do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério da sua Arte. As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos, e antes que ele dê o passo para a frente e para cima, precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia. Precisa seguir os passos de seu antepassado, Tubalcaim, que com a força poderosa do deus da guerra forjou de sua espada um arado." (Manly P. Hall, Trigésimo Terceiro Grau, K. T., The Lost Key of Freemasonry or The Secret of Hiram Abiff, Prefácio de Reynold E. Blight, Trigésimo Terceiro Grau, K. T., Ilustrações de J. Augustus Knapp, Trigésimo Segundo Grau, Macoy Publishing and Masonic Supply Company, Richmond, Virgínia, pg 48, ênfase adicionada). (13)
Como suas próprias doutrinas admitem a Maçonaria prega o engodo ardiloso de ensinar a antiga arte —ou ser detentora dos antigos mistérios (também conhecidos como magia), o antigo nome da feitiçaria. (Cf. 13 - A Gnose relativiza o mal como mera contraparte do bem até inverter-lhes o sentido).

O governo oculto do mundo labora habilmente para instituir suas práticas satânicas através da “religião planetária”

Ritual maçônico
Cerimônia no Templo maçônico Apron, nos EUA
Hoje não é mais segredo que as doutrinas da “nova era” (portanto, doutrinas que põem em contato com os espíritos decaídos) orientam astutamente seus adeptos a se ingressarem em seus conciliábulos com a finalidade de dominarem a antiga arte. Através do conhecimento e suas práticas sinistras, aprenderem a controlar o poder sobrenatural de Lúcifer, exatamente como Manly P. Hall está prometendo em seu texto acima. E é exatamente nesse sentido que o governo oculto do mundo labora habilmente para instituir essas práticas através da “religião planetária”.
Lynn Perkins, diz que "Shambala tem uma relação com as origens antigas da Maçonaria e sobre seu futuro na vindoura Era de Aquário..." (Masonry in the New Age —Maçonaria na Nova Era— pg 56). Nas páginas 55-56, ele diz que o maçom da atualidade não tem a idéia de que a Maçonaria venha dessa origem esotérica tão antiga.

Preparando a humanidade para a vinda do "senhor do mundo"

Curchil e druidas
Foto rara mostrando as ligações do presidente maçom americano Churchill junto à Loja Albion da Antiga Ordem dos Druidas
Realmente, em sua boa fé, a maioria dos “maçons azuis” (graus menos elevados) atualmente, ou em qualquer época, não compreendem que sua venerada organização tenha suas raízes no satanismo.
Quando Perkins diz que a origem da Maçonaria está em Shambala, ele simplesmente a identifica como satânica, uma vez que é o lugar mitológico o “Senhor do Mundo”, Sanat Kumara, ou Shiva, habita. (14)
Alice Bailey confirma isso, escrevendo por meio de seu espírito-guia, o “mestre ascensionado” D. K., que "Shambala é o lugar mitológico onde o 'Senhor do Mundo', Sanat Kumara, ou Shiva, habita." (Discipleship in the New Age —Discipulado na Nova Era—, Lucis/Lucifer Publishing, 1955, pg 135-136).
Seguramente, este "senhor do mundo" é o falso cristo maçônico da "nova era", Maitreya. Na verdade, o "príncipe deste mundo", largamente anunciado pelas inúmeras seitas ocultistas. E, no entanto, aquele que instaurará seu reinado de terror e dominação antes da segunda vinda gloriosa do Senhor.

O caminho da mente e da ação em oposição ao caminho da fé e do coração

Caim e Abel
Aqueles que seguem o caminho da mente e da ação são os Filhos de Caim, que foi o filho de SAMAEL, o Espirito do Fogo. Atualmente, encontramos os últimos entre os alquimistas, os filósofos herméticos, os rosa-cruzes e os maçons
Manly P. Hall, como vimos, maçom grau 33, K. T., escreveu em seu livro Initiates of the Flame (Iniciados da Chama):
"Aqueles que seguem o caminho da fé (ou o coração) usam a água e são conhecidos como Filhos de Seth, (15) enquanto aqueles que seguem o caminho da mente e da ação são os Filhos de Caim, que foi o filho de SAMAEL, o Espirito do Fogo. Atualmente, encontramos os últimos entre os alquimistas, os filósofos herméticos, os rosa-cruzes e os maçons." [pg 20].
A chama a que se refere Hall é seguramente a de Lúcifer, a “antiga serpente” a quem o próprio Cristo denominou como “príncipe deste mundo”.
Como veremos nesse estudo, não é de hoje que a influência do governo oculto do mundo através das sociedades secretas se mostra muito mais abrangente do que se imagina.
Se a Maçonaria e demais sociedades secretas se limitassem apenas a fazer propaganda de suas falsas doutrinas, através da adesão de seus adeptos, já seria um dano imenso. Mas em seus altos escalões, longe do conhecimento de seus próprios filiados de menor grau, suas ações são realmente satânicas e terrivelmente criminosas.

Caráter revolucionário da Maçonaria tornou-se o berço das revoluções

Comunismo
O sol, a luz e o mestre da loja maçônica. Os trabalhos de Trotsky sobre a Maçonaria agiram como uma espécie de teste para as hipóteses marxistas
Um exemplo da influência das doutrinas maçônicas podemos ver nesta confissão de Trotsky:
"Foi durante esse período que fiquei interessado em maçonaria. (...) No século XVIII a maçonaria tornou-se uma expressiva militante política de iluminação, como no caso dos Illuminati, que foram os precursores da revolução, que em sua esquerda culminaram nos Carbonari. Entre os membros maçons estavam tanto Luis XVI e o Dr. Guillotin, que inventou a guilhotina. No Sul da Alemanha a maçonaria assumiu abertamente um caráter revolucionário, enquanto que no tribunal de Catarina a Grande, foi uma fantochada refletindo a aristocrática e burocrática hierarquia. (...) Eu interrompi o meu trabalho sobre a maçonaria para me ocupar com o estudo da economia marxista. (...) Os trabalhos sobre maçonaria agiram como uma espécie de teste para essas hipóteses. (...) Eu penso que isso influenciou todo o curso do meu desenvolvimento intelectual". (16)
Conhece-se as doutrinas que motivam o pensamento dos homens observando sua conduta e suas ações.

O vulgo não percebe as intensas atividades secretas da Maçonaria “invisível”

Armstrong
O astronauta Neil Armstrong, filmado com seu avental maçônico, mantendo-o levantado para as câmeras sobre seu traje espacial. Esse gesto tem por objetivo cobrir o “centro de força” de sua área genital, ou dínamo, da energia luciferiana, conforme ritual maçônico. Atualmente, uma fotografia de Armstrong com seu avental ocultista encontra-se em uma parede na Casa do Templo, santuário do Rito Escocês, em Washington, C.C.
Mas, ainda assim, é preciso adentrar o terreno da grande conspiração com muito tato. Porque a verdade nunca é clara. Os caminhos são tortuosos e sombrios. As informações incertas e nebulosas. Os fatos, muitas vezes explícitos, quase sempre não são conclusivos. Ao contrário, obscurecidos e camuflados pela sombra da morte, do terror e da dissimulação.
Para muitos estudiosos "quem desencadeia esse processo é o judaísmo revolucionário [aliado a uma elite gentia de interesses comuns], manejando as sociedades secretas. Entre elas, estaria no primeiro plano, a Maçonaria, da qual diz o imparcial Cauzons: ‘O século XVIII viu aparecer uma associação destinada a gozar de enorme influência no nosso tempo, em primeiro lugar pelo número crescente de seus membros, em segundo pela habilidade de criar uma opinião pública sobre os assuntos que ela própria escolhe e em terceiro pela multiplicidade dos agrupamentos saídos de seu seio, dirigidos por seus membros e inspirados pelo seu espírito, tais como sindicatos, mutualidades, associações musicais, grêmios esportivos, sociedades de tiro, clubes, círculos de antigos estudantes, etc.’” (17)
O vulgo não percebe que as atividades secretas da Maçonaria “invisível” —atividade secreta do lado de fora das lojas— consiste em expandir e implantar por todo o mundo seus ideais filosóficos sob uma cobertura comum de humanitarismo, humanismo, ou antropocentrismo, isto é, o homem como centro, o que exclui absolutamente o teocentrismo, ou Deus como centro —como era durante o período da civilização cristã.

"Deixem-nos esconder nossa luz"

Apollo  11
Na página 37 do jornal “Scottish Rite” (outubro 1994), uma publicação oficial desse rito maçônico, mostra Kenneth Kleinknecht, grau 33, gerente do programa Apollo, da NASA, atrás de uma exposição de artefatos da Apollo 11. O artigo comenta sobre a bandeira do Rito Escocês, que foi empunhada pelo astronauta maçom Aldrin durante a conquista da lua
Esse trabalho é consumado por infiltrações secretas no meio profano, através de disseminação e circulação ocultas de ideais, por meios de técnicas como a descrita pelo franco-maçom Regis, quando falava no Convento do Grande Oriente em 1928:
“Sob a influência do Grande Oriente, e na tranqüilidade e silêncio de nossos Templos, nós deveríamos estudar todas as mais importantes questões que afetam a vida de comunidades, da Nação e da humanidade em geral [ou seja, conspirar]. Nossos Irmãos estarão perfeitamente bem informados; eles deixarão o Templo bem instruídos, totalmente equipados para a batalha adiante [influenciar a opinião pública]. Eles nos abandonarão seus aventais e suas insígnias exteriores da Maçonaria; eles afundarão na cidade da mesma forma que cidadãos comuns, mas cada um estará perfeitamente impregnado de nossa visão de mundo, e cada um, em seu circulo profano, em seu partido ou sua união, agirá de acordo com sua consciência —já que, Eu repito, ele estará saturado pelo ensinamento que ele tem recebido [isto é, condicionado através de um longo e gradativo processo de lavagem cerebral ritualístico e doutrinário]. O resultado será rico —não porque é oculto, mas porque a influência da Maçonaria gradualmente penetrará em todo lugar; para a confusão do mundo profano, o mesmo espírito e a mesma unidade de ação forçarão seus caminhos adiante, e, como em um bem construído silogismo, uma certa conclusão produzindo inevitáveis conseqüências gradualmente emergirá e irá se impor em seu ambiente profano [estamos sentindo os efeitos disso hoje atualmente: uma sociedade completamente sem Deus, imersa numa torre de babel]. Sobre e acima de todas nossas outras lealdades, um poder não pode negar que nos governa; esse poder é o poder espiritual chamado Franco-Maçonaria [e que o Manuscrito Hebreu, de Herodes, denominara “Força Misteriosa”]. E por que não seguir esses orgulhosos pensamentos para sua conclusão lógica? Porque nós sabemos mais, porque nós trabalhamos adiante em linhas mais profundas que a massa daqueles que pertencem a grupos profanos, e é quase inevitável que nós venhamos a tomar o seu comando. DEIXEM-NOS ESCONDER NOSSA LUZ [e não colocá-la sobre o velador, agindo contrariamente ao que ensinou Jesus] sob um bushel; para uma grande extensão sem precedente, e desta forma muitos corpos profanos fiquem sem problema de receber uma infusão de nosso quente, sangue vivo. Eu estou perfeitamente bem ciente que nós, DISCRETAMENTE, formamos a elite em todos os grandes partidos sociais sociais e políticos, e que desta forma nós estamos seguros de estarmos aptos a CONTROLAR sua política [através da orquestração e da incitação a ideias de revoluções e guerras, conforme mostra a história]. É nossa obrigação —Eu repito, nossa obrigação— ter certeza que nós controlamos os políticos que são eleitos, que nós corrijamos seus erros, e mostremos a eles seus enganos, e os repreendamos pelo que eles têm falhado em fazer [falhar aqui significa não cumprir com os objetivos e ideiais libertários maçônicos]. Em uma palavra, a Franco-Maçonaria. deveria ser a `consciência do político’”. (18)
Eis o orgulhoso e soberbo lema da Maçonaria: infiltrar para controlar astutamente o vulgo, segundo seus interesses espúrios, por meio de seus ideais doutrinários e conduta dissimulada.

O ciclo dos Mestres dos Illuminati

Adam
Adam Weishaupt, ex-padre jesuíta e mancomunado com o judaísmo revolucionário, abre o ciclo dos Mestres dos Illuminati em 1 de maio de 1776
Atentos a esse ambicioso lema maçônico, foi assim que os Illuminati da Bavária compreenderam que, por meio de suas práticas e doutrinas de segredo e dissimulação, tinham na Maçonaria uma aliada potencialmente forte na sociedade. Estabelecidos oficialmente dentro do Mundo Ocidental em 1717, os maçons ensinavam uma suposta natural evolução moral da humanidade.
Essa evolução chegaria ao ponto em que todas as religiões se fundiriam e todos os homens compreenderiam que são irmãos. Motivados pelas doutrinas pagãs que cultuavam e incentivavam a depositar toda sua confiança unicamente no homem, os maçons orgulhosamente acreditavam que liderariam o caminho para essa nova compreensão global e para ela encetavam seus esforços.
Para Adam Weishaupt, ex-padre jesuíta e mancomunado com o judaísmo revolucionário, que abrira o ciclo dos Mestres dos Illuminati em 1 de maio de 1776, essa idéia de evolução moral maçônica era verdadeira tolice. Para ele isso nunca ocorrerá natural e pacificamente. Ao contrário, será possível somente por meio de revolução violenta. Assim, Weishaupt e seus homens começaram a se infiltrar nas lojas maçônicas européias em 1776.

Os EUA, ou a simbólica "Nova Atlântida", tornam-se a sede de operações para a implantação da “nova ordem mundial”, ou a dominação planetária urdida pelo governo oculto

Americanos maçons
Propaganda patriótica maçônica americana
Mais uma vez, seduzidos pelas doutrinas de mistério do governo oculto a Maçonaria cedeu à tentação de conspirar e promover a “nova era” proposta pelos Illuminati. As doutrinas da Maçonaria e dos Illuminati encaixaram-se como mão na luva. Em apenas treze anos, em 1789, a sociedade secreta fundada por Weishaupt já controlava todas as lojas maçônicas na Europa com sua visão de mudanças violentas.
A tomada das Lojas Maçônicas Americanas não ocorreu até 1830, no entanto, Weishaupt conseguira exercer enorme influência doutrinária em muitos maçons norte-americanos antes dessa data. Assim, os EUA se tornariam a sede de operações para a implantação da “nova ordem mundial”, ou dominação planetária urdida pelo governo oculto. Na verdade, segundo estudiosos modernos, o “sonho americano” jamais existiu!
Hoje, estupefatos, milhares de pessoas se dão conta da calamidade e do pesadelo que essa farsa se tornou.
Por isso mesmo é fato consumado que as três últimas grandes revoluções (francesa, russa e nazista) foram concebidas e organizadas à sombra de sociedades secretas “tradicionalistas”, no sentido esotérico do termo. (19)

"La Fraternité ou la Mort"

Moses  Hess
Moses Hess (Bonn, 21 de junho de 1812 – Paris 6 de abril de 1875) foi um precursor do que mais tarde se chamaria sionismo. Amigo e colaborador de Karl Marx e Friedrich Engels, nesta época era partidário da assimilação dos judeus. Seguramente foram seus certos lemas marxistas como "a religião é o ópio do povo"
É fato histórico que a revolução francesa foi urdida à sombra da Franco-Maçonaria. e seu lema “liberdade-igualdade-fraternidade” foi pregado à guilhotina.
Na cidade de Troyes, França, ainda se lê na fachada da Prefeitura, escrita em letras grandes, em pedra, o inconcebível paradoxo de Caim: "La Fraternité ou la Mort" (a fraternidade ou a morte).
O comunismo ou movimento socialista foi concebido pelo judeu e satanista Moses Hess. (20) Karl Marx e Engels, ateus assumidos, apenas divulgaram-no com ares de academicismo.
Sob a fórmula de Hegel “Tese x Antítese = Síntese” (ou, Problema x Reação = Solução; como por exemplo: comunismo/socialismo x capitalismo = nova ordem mundial) os iluministas teoricamente criaram a Tese desse sistema quando o Manifesto Comunista foi publicado por Karl Marx em 1848.
Amigo e colaborador de Karl Marx e Friedrich Engels, nesta época era partidário da assimilação dos judeus. Seguramente foram seus certos lemas marxistas como "a religião é o ópio do povo".
Providencialmente, foram intensas e extraordinárias as aparições da Santíssima Virgem exatamente nesses períodos críticos. Suas intervenções trouxeram vigor à Fé cristã e tornaram-se sementes que florescerão ainda no futuro da Igreja Triunfante. (Cf . 8.- MENSAGEM DE MARIA SANTÍSSIMA EM PARIS, FRANÇA (1830), 27.-O APOCALIPSE DE LA SALETTE: "O CORAÇÃO DAS MENSAGENS DE MARIA" (1846), 41.- MENSAGEM DE MARIA SANTÍSSIMA EM LOURDES, FRANÇA (1858).

A ligação histórica entre o movimento “nova era” com a Maçonaria, com os Illuminati, os Rosa-cruzes, os Cavaleiros Templários, Gnosticismo, Cabalismo, Marxismo, Espiritualismo, etc

O autor cristão, Gary Kah, descobriu os elos históricos dos movimentos que promovem a religião planetária da "nova era" quando recebeu uma coleção de livros maçônicos antigos e secretos. Ele escreveu sobre isso em seu livro Enroute to a Global Occupation. (21)
New age
Diagrama maçônico que ilustra a ligação histórica entre o movimento que promove a religião planetária da “nova era” com todas as práticas e doutrinas desde a antiguidade e disseminadas pelo governo oculto do mundo
Kah reproduz um diagrama por ele descoberto que ilustra a ligação histórica entre o movimento de “nova era”, com a Maçonaria, com os Illuminati, os Rosa-cruzes, os Cavaleiros Templários, Gnosticismo, Cabalismo, Espiritualismo e a mãe de todos eles, as antigas religiões de mistério do Egito e da Babilônia (bases doutrinais da Maçonaria). Fora, para o lado desse principal corpo de ligação, estavam vários grupos criados pela Maçonaria/Illuminati. "Marxismo" é mostrado em um quadro, com uma seta apontando para Maçonaria/Iluministas.

Revolução, autoritarismo, tirania e dominação

gULAG
Campos de trabalho soviéticos, sob o poder de Stalin, onde morreram milhões de pessoas longe do olhar do Ocidente,
O despotismo de Lênin, Stalin, Mao destilou essa doutrina diabólica na histórica carnificina que se seguiu e com a qual estabeleceram um regime verdadeiramente ditador e tiranicamente assassino. E o mais patético: o silêncio descarado e cúmplice da elite intelectual e revolucionária que tanto barulho fez até bem pouco tempo em apoio a esses movimentos criminosos.
Hoje o Brasil vive tempos da mais escandalosa corrupção politica e criminoso descaso pela vida humana em todos os seus níveis, tendo no topo do poder revolucionários e guerrilheiros das décadas de 60/70, equivocadamente aclamados e apoiados pela insensatez de nossa elite intelectual.
Recentemente, a ex-correspondente da revista The Economist na Europa Oriental, Anne Applebaum mergulhou nos arquivos secretos da antiga URSS e fez uma releitura dos bastidores de um regime assassino e opressor. Seu livro Gulag, a History, (22) devassou a máquina de matar montada pelo stalinismo, narrando a história dos campos de trabalho soviéticos —onde morreram, longe do olhar do Ocidente, milhões de pessoas. O livro descreve o dia-a-dia desses lugares e todas as atrocidades cometidas sob os símbolos da foice e do martelo.
Applebaum lembra que chefes de estado como Roosevelt (23) e Churchill (24) (ambos maçons) apareciam sempre ao lado dele e, no campo das idéias, intelectuais ateístas de esquerda apoiaram o regime soviético nos anos 50 e 60.
Hipocritamente, o filósofo existencialista Jean-Paul Sarte voltou de uma viagem para a Rússia, em 1954, “declarando que existia liberdade de crítica e imprensa na União Soviética”. Ainda segundo Applebaum, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, é um ex-agente da KGB e freqüentemente lança mão de gírias da polícia de Lênin (e também de atos criminosos similares). (25)

Conexões do nazismo com a Thulle Geslschaft, Sociedade do Vrill, Golden Dawn e a Teosofia

Adolfo Lanz von Liebenfels
Adolf Josef Lanz ou Lanz
von Liebenfels (19 de julho de 1874 – 22 de abril de 1954) foi um agente de publicidade australiano, jornalista e ex-monge católico. Fundou a revista Ostara, Glorificou “a raça ariana” como “Gottmenschen” (“deus-homens”), tornando-se o principal mentor de Hitler
O nazismo, por sua vez, simbolizado esotericamente pela suástica teosófica, nasceu e nutriu suas doutrinas criminosas através da ação de várias sociedades secretas, como a Thulle Geslschaft, a Sociedade do Vrill e a Golden Dawn.
É fato histórico que o próprio Hitler fez parte da Sociedade do Novo Templo fundada por Adolf Lanz von Liebenfels (que era um nome falso). Essa sociedade secreta disseminava doutrinas completamente gnósticas. Sua teoria racista apresenta um pseudo-Cristianismo perverso e nebuloso.
Com o obstinado propósito de desfigurar Sua imagem e doutrina, o Cristo é tido como o anunciador da pureza da raça ao disseminar a idéia de que alguns homens têm duas almas, e outros uma só —uma idéia proveniente da cabala hebraica, a mesma proveniente dos príncipes e sacerdotes que mataram Jesus (lembrando que a cabala e suas relações alfa-numéricas ainda é uma das maiores fontes doutrinárias de todo ocultismo ocidental contemporâneo).
Também são bem conhecidas as relações do nazismo com a Gnose cátara, uma vez que muitos nazistas peregrinavam ao Mont Ségur. Hitler também sedimentou suas idéias racistas na teosofia de Blavatsky e de sua Doutrina Secreta, que entre outros ensinamentos apresenta a teoria de supremacia da raça ariana e também na teosofia de Rudolf Steiner. (26)

Revelações de um ex-maçom convertido ao Cristianismo

Adolfo  Hitler
Hitler e seu holocausto tornaram-se o maior trunfo sinistramente orquestrado pelo governo oculto do mundo, uma vez que, pelo terror, forçou as nações e os próprios judeus a aceitarem a formação do estado de Israel para uma possível segurança e proteção
O ex-maçom e iluminista convertido ao Cristianismo, Doc Martin, autor do livro The Secrets of the Illuminati, três anos antes de deixar o satanismo, foi convidado a fazer parte dos Illuminati. Assim, por três anos, Marquis foi doutrinado sobre os planos da nova ordem mundial dos Illuminati.
Ele foi salvo porque um dia, sentiu a necessidade de ler o Livro do Apocalipse na Bíblia. Lendo o capítulo 18 do livro sagrado, Marquis subitamente percebeu que estava lendo os detalhes dos planos super secretos dos Illuminati para o estabelecimento da nova ordem mundial. Foi nesse exato instante que Doc, pela primeira vez, percebeu que não estava servindo ao maior poder no universo.
Uma vez convertido ao Cristianismo, em conversa com o cristão David Bay, da The Cutting Edge, (27) David lhe perguntou: “Se Hitler esteve buscando o Plano da nova ordem mundial, era um tipo do anticristo, e foi apoiado generosamente por capitais ocidentais, por que foi destruído? Qual foi o propósito de sua existência? Nunca esquecerei da resposta de Doc, pois abriu minha mente para tal compreensão!!”
Doc simplesmente disse, "David, os Illuminati nunca estabelecem nada em larga escala, sem que tenham testado em uma escala menor". Essa resposta fez com que David concluísse:
“É lógico!! Os Illuminati planejam estabelecer sua nova ordem mundial globalmente. Faz sentido que quisessem primeiro testar em uma escala menor, para identificar todos os problemas, resolver todas as dificuldades. Depois, quando o verdadeiro anticristo aparecer, poderá confiantemente estabelecer seu sistema global, sabendo que funcionará. A economia fascista de Hitler funcionou, mas Hitler fez várias modificações ao longo do tempo; sua ditadura foi eficiente em governar a Alemanha e em perseguir os adversários; e sua liderança espiritual como sumo sacerdote em uma adoração aberta a Satanás funcionou, pois ele hipnotizou milhões de alemães, convertendo-os em nazistas fanáticos! Agora que os Illuminati sabem que seu sistema pode funcionar, podem confiantemente planejar o estabelecimento dele em escala global. Hitler nunca soube seu verdadeiro papel, nunca soube que estava sendo usado, e que seria descartado quando seu uso terminasse. Não se engane; agora você sabe a verdade”.
Além disso, Hitler e seu holocausto tornaram-se o maior trunfo sinistramente orquestrado pelo governo oculto do mundo, uma vez que, pelo terror, forçou as nações e os próprios judeus a aceitarem a formação do estado de Israel para uma possível segurança e proteção. E que na verdade transformou aquela religião bem como a política mundial num verdadeiro barril de pólvora.

Influências das doutrinas esotéricas e suas trágicas conseqüências no curso da história

Nazismo
Hitler e seus acólitos brutal e maliciosamente empregaram os temas liberais de nacionalismo, secularismo anticristão e devoção ao estado
É fundamental não perdermos de vista o foco desse estudo: abordar as influências das doutrinas esotéricas e suas trágicas conseqüências no curso da história.
Um olhar atento na história mostra as investidas do governo oculto do mundo tentando se impor e arrojando-se sempre contra a figura e a doutrina do Cristo, seu maior obstáculo. “O estado Nazista era uma abominação quase inimaginável para aqueles que não sofreram suas torturas, tanto súbitas quanto terríveis. Como a Rússia stalinista, que Hitler conscientemente copiou, a Alemanha Nacional Socialista repudiou a tradição civilizada de governo que se desenvolveu a partir do período medieval. Hitler e seus acólitos brutal e maliciosamente empregaram os temas liberais de nacionalismo, secularismo anticristão e devoção ao estado”. (28)
Maçons contemporâneos se ufanam do fato de a Maçonaria ter patrocinado e conspirado pela eclosão de todas as revoluções das Américas (e também de muitos outros países). Por isso, não é coincidência nenhuma que durante todas as duas grandes guerras mundiais os Estados Unidos tiveram no poder político presidentes e membros do mais alto escalão governamental filiados a organizações maçônicas e Illuminati, conforme a própria história demonstra.

Três-quartos dos presidentes dos EUA no Século XX foram maçons de alto-escalão

Antropoformismo
Detalhe de uma das salas da Grande Loja de Nova Iorque. A Maçonaria adota o antropocentrismo, ou seja, o homem como o centro do entendimento humano, contrariamente ao Cristianismo, que adota o teocentrismo (Deus como o centro do universo)
Na verdade, três-quartos dos presidentes dos EUA no Século XX foram maçons de alto-escalão. Franklin Dellano Roosevelt, Churchill, Lênin, Trotsky e Stálin eram maçons. A maioria dos líderes sionistas eram e são maçons. Gerhard Schroeder, Jacques Chirac e Tony Blair são franco-maçons. Assim também Saddam Hussein e a guerra no Iraque bem poderiam ser uma charada sadista. (29)
Todos eles estiveram no poder em momentos cruciantes de guerras (as duas guerras mundiais, por exemplo) e períodos decisivos de pré ou pós conflitos bélicos. Basta uma rápida revisão na história para comprovar este terrível fato. Há afirmações contundentes —inclusive em documentário realizado pela CBS, que John Kerry e George W. Bush, além do pai, George Bush— serem membros iniciados e filiados na sociedade secreta mais poderosa da América, a Skull and Bones (caveira e ossos), baseada na Universidade de Yale, em New Haven, Connecticut. (30)
A tumba
A “tumba” da sociedade secreta Skull and Bones (caveira e ossos), localizada na Universidade de Yale. É uma das sociedades secretas mais poderosas da América e tem como membros afiliados John Kerry e George W. Bush, além do pai, George Bush, além de muitos outros em postos decisivos de poder
Essa sociedade secreta seria um ramo americano dos Illuminati. Ali alguns dos jovens de linhagem, pertencentes a famílias secularmente influentes com carreiras promissoras são seduzidos pelos iniciados e, secretamente, levados a uma lavagem cerebral sem precedentes por meio de práticas rituais secretas inspiradas nos rituais de terror semelhantes aos praticados pelo conde Saint-Germain para obter fidelidade absoluta do membro, através de controle mental Illuminati.(31) (Cf. 15.- A verdadeira face do “deus” da nova era).
Essa iniciação escraviza-os vinculando-os à hierarquia bem como aos objetivos escusos da organização que os patrocinará, através de privilégios diplomáticos, inserindo-os e manipulando-os nos cargos estratégicos de poder e influência internacional.

A exteriorização da hierarquia

Conferência de Yalta
Conferência de Yalta, fevereiro de 1945. Churchill, Roosevelt e Stalin. Segundo a teosofista Alice Bailey, discípula de Blavatsky, "ali, três homens, constituindo um triângulo básico, reuniram-se com boa vontade e se esforçaram para preparar o terreno para os futuros acontecimentos mundiais"
E se ainda assim tudo isso é difícil de ser digerido sem ceticismo, uma vez que essas declarações não constam oficialmente em nossos livros de História, uma declaração extremamente reveladora da ocultista Alice Bailey, discípula predileta de Blavatsky pode soar bastante significativa.
É fato incontestável que Bailey foi a mais importante líder de “nova era” na história. Seus escritos psicografados têm sido seguidos como uma bíblia para atingir a nova ordem mundial. Em seu livro mais importante, The Externalization of the Hierarchy (A Exteriorização da Hierarquia), (32) ela escreveu, referente ao encontro histórico em Yalta, em 1944, "Ali, três homens, constituindo um triângulo básico, reuniram-se com boa vontade e se esforçaram para preparar o terreno para os futuros acontecimentos mundiais".
Conforme citamos anterioremente, quem participou da Conferência histórica de Yalta, onde as potências ocidentais fizeram concessões inacreditáveis aos russos foram os seguintes líderes políticos, fantoches dos iluministas:
O presidente maçom norte-americano Franklin Delano Roosevelt;
O primeiro-ministro maçom britânico Winston Churchill;
O ditador comunista Josef Stalin.
Para que tenhamos alguma noção da influência do poder do governo oculto do mundo, o "espírito-guia" de Bailey revela que esses três homens eram líderes iguais na condução para o objetivo da nova ordem mundial.
Assim, os Mestres dos Illuminati mancomunados com outras sociedades secretas, apoiados monetariamente pelos líderes mais poderosos do mundo, criaram o comunismo como a Antítese perfeita ao capitalismo (Tese) para que a luta prolongada produzisse um sistema novo e diferente, a Síntese, ou seja, a fascista nova ordem mundial.

Financiado os dois lados de todos os conflitos bélicos dos últimos tempos

Dólar
O dólar americano estampa símbolos iluministas, sinalizando que os EUA foram escolhidos pelo governo oculto do mundo como a “nova Atântida”, de onde seriam iniciados os planos de dominação através da implantação da "nova ordem mundial"
Nesse contexto é bem fácil entender o porquê da dinastia Rothschild, por exemplo, historicamente ter financiado os dois lados de todos os conflitos bélicos dos últimos tempos, manipulando bolsas de valores e expandindo escandalosa e quase discretamente seu fabuloso império financeiro. Para tanto, cinicamente, não se esquiva em hipocritamente beijar a mão do Papa com o objetivo de enlear e comprometer o Vaticano através de empréstimos financeiros.
Finalmente, o conceito de que os Mestres dos Illuminati criaram o comunismo liga-o com o movimento da religião planetária da “nova era”, por meio da Sociedade Teosófica da senhora Helena Blavatsky, criada em 1875.

Planejamento dos Illuminati para erradicar o Cristianismo e lançar os niilistas e os ateístas

Em uma carta cuja autenticidade é posta em dúvida por associações maçônicas (mas que não foge da linha de pensamento exposta em seus escritos publicados), datada de 15 de agosto de 1871, dirigida a Guisseppe Mazzini e escrita pelo maçom Albert Pike, dizia que os Illuminati planejavam "lançar os niilistas e os ateístas" e
"
provocar um formidável cataclismo social que em todo seu horror mostrará claramente para as nações os efeitos do ateísmo absoluto, origem da selvageria e da mais sangrenta agitação. Então, em todo o lugar, os cidadãos, obrigados a se defenderem da minoria mundial dos revolucionários, exterminará esses destruidores da civilização, e a multidão, desiludida com o Cristianismo, e cujos espíritos deístas estarão a partir daquele momento sem bússola (sem direção), ansiosa por um ideal, mas sem saber onde depositar sua adoração, receberá a verdadeira luz por meio da manifestação universal da pura doutrina de Lúcifer, trazida finalmente à vista do público, uma manifestação que resultará do movimento reacionário geral que seguirá a destruição do Cristianismo e do ateísmo, ambos conquistados e exterminados ao mesmo tempo”.
Com um mínimo de bom-senso é possível perceber claramente que estamos a bem mais de meio caminho da concretização deste sinistro objetivo. (Cf. 55.- O ateísmo moderno declaradamente anti-cristão).
Propaganda
Cartaz do Comitê de Atividades Estudantis de Yale trás os nomes dos alunos selecionados na primavera do ano de 2007 para filiação nas sociedades secretas Skull & Bones e Scroll & Key
SB SB
No Brasil, há uma fraternidade denominada E.S.P.A.R.T.A. também conhecida como Lambda-Beta que funciona na na FFLCH (Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas) da Universidade de São Paulo - USP que utiliza em seu símbolo a caveira e ossos da Skull & Bones sobre o número 326 assim como outro símbolo particular de cores vermelha e branca, formado por um Lambda (branco) e cinco "raios" (brilhos) vermelhos
Propaganda
Documento, datado de 15 de Junho de 1882, convoca os membros da Ordem para a reunião semanal, que ocorreu no dia 28 de Junho deste mesmo ano, numa quarta-feira, como é de costume.
"Nullam omnino arbitramur de ea hereditate controversiam eum habiturum, est hodie in bonis"
Tradução: "Pensamos que ele, de todo, não disputaria aquela herança, e hoje está em meio a bens (rico)"
No rodapé, há uma inscrição em russo, que, para a decepção da maioria (que esperava algo velado, por isso o uso de outra língua), apenas diz:
"Documento da sociedade privilegiada (secreta) Skull & Bones"

http://www.thelatinlibrary.com/
cicero/fam13.shtml#30

O destino dos povos sob a regência da alta hierarquia secreta do governo oculto do mundo

As imagens, a seguir, mostram alguns dos inúmeros templos maçônicos pelo mundo. É da sombra desses templos que, sob o véu do segredo e dos juramentos de morte, disseminam suas doutrinas, conspiram guerras e revoluções, manipulam decisões, mobilizam opiniões, interferem no destinos dos povos sob a regência da alta hierarquia secreta do governo oculto do mundo.










Sob o véu do segredo, dos mistérios e da ação dissimulada, os inúmeros templos maçônicos espalhados pelo mundo atestam a declarada oposição que a Franco-Maçonaria faz frente a Igreja de Cristo. Embora menos influente que no passado, e até mesmo em decadência por trazer em si mesma os gérmens de sua própria destruição, seus princípios já foram largamente difundidos e assimilados, influenciando nocivamente a mentalidade e as decisões da sociedade contemporânea. Seu lema doutrinário é exaltar exageradamente o humanismo, o antropocentrismo, a tolerância imoral e incentivando os adeptos e simpatizantes de suas teorias a uma falsa auto-suficiência espiritual. O que os leva a se afastarem deliberadamente da verdadeira fé e da ligação com Deus
Os franco-maçons, como muitas outras organizações paridas de seu seio, nada mais são do que uma cobertura que permite ao governo oculto do mundo implementar sua influência.
Descreve Lyndon LaRouche: "A imagem das lojas locais dos franco-maçons não é dada, na maioria das vezes, pelas ações que elas demonstram. Frequentemente, são círculos de pessoas, solicitando certas finalidades de utilidade pública, que usam um aperto de mão secreto, ou outros sinais gestuais, próprios das sociedades secretas. Ao se reunirem, eles acreditam poder fazer-se passar por personalidades comuns do lugar. Isso é vantajoso para seus negócios e suas carreiras. Suas esposas também encontram, dessa forma, boas freqüentações na sociedade e ficam sabendo as últimas bisbilhotices da vizinhança. Mas na direção é bem ao contrário. Um simples irmão de loja não sabe em verdade o que se passa na direção" (Neue Solidarität, 10/3/1993).

Conclusão

Jesus diante dos fariseus
Jesus possui o destemor real para se opôr, enfrentar e vencer a impostura do império do mal
Esses e outros tantos fatos, portanto, levam-nos a crer que o Verbo de Deus, na pessoa de Jesus Cristo, —o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo— há dois mil anos mantém-Se em franco combate com a subjugadora “doutrina secreta” do governo oculto do mundo: a Gnose, a religião de Lúcifer, príncipe dos espíritos decaídos.
Sim, apenas Ele que possui o destemor real de se opôr e a capacidade divina para vencer a impostura do império do mal.
Como previsto na seguinte passagem das Escrituras novecentos anos antes de Sua vinda, o Cordeiro de Deus, indissuadível em Seu amor e justiça "protegerá os humildes do povo, salvará os filhos dos pobres e abaterá o opressor (...) Todos os reis hão de adorá-lo, hão de servi-lo todas as nações, porque ele livrará o infeliz que o invoca, e o miséravel que não tem amparo. Ele se apiedará do pobre e do indigente, e salvará a vida dos necessitados. (...) por ele hão de rezar sempre e o bendirão perpetuamente (...) Nele serão abençoadas todas as tribos da terra, bem-aventurado o proclamarão todas as nações" (...) (Sl 71).
________
Fontes de consulta:
1 - (Cf. “Dark Secrets Inside Bohemian Grove”, documentário realizado por Alex Jones - http://video.google.com/videoplay?docid=-82095917705734983 )
2 - O bosque Bohemian é uma floresta de 2700 acres, situada em Monte Rio, Califórnia. Contém acomodação para que 2000 pessoas “acampem” com grande luxo. É propriedade do Clube Bohemian. Este clube é confidencial, masculino, tendo sua sede no edifício Bohemian, em San Francisco. Foi fundado em 1872.
3 - BBC News. Bilderberg: The ultimate conspiracy theory. http://news.bbc.co.uk/1/hi/magazine/3773019.stm – acesso em 28/09/07.
4 - COLEMAN, John. 'Conspirators' Hierarchy: The Story of the Committee of 300. America West Publishers, Carson City, Nevada:1992.
5 - Cf. Coleman, John. Diplomacy by Deception e One World Order: Socialist Dictatorship Bridger House Publications, Incorporated. 1998.
6 - BBCNews. Stones frontman becomes Sir Mick. Friday, 12 December, 2003, 17:28 GMT. http://news.bbc.co.uk/2/hi/entertainment/3312639.stm - Acesso em 02/10/07.
7 - Cf. Wikipedia. List of Bilderberg attendees. http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Bilderberg_attendees – acesso em 28/09/07.
8 - ABREU, Armindo Augusto de. Dossiê Conspiração. Publicação digital. Cf. Armindo Augusto de Abreu. http://www.armindoabreu.ecn.br/artigos/dossie.pdf – acesso em 28/09/07.
9 - Enciclopédia Canadense. www.thecanadianencyclopedia.com – acesso em 24/09/07.
10 - HALL, Manly P. Lectures on Ancient Philosophy. p. 433. The Hall Publishing, 1929.
11 - Em 2006 Fidel Castro tornou-se mais rico que as rainhas da Inglaterra e Holanda, segundo a acatada classificação da revista "Forbes". Sua fortuna atingiria 900 milhões de dólares e consiste em empresas nacionalizadas, incluída a rede cubana de distribuição de remédios. Há meses, Castro deflagrou ofensiva contra os cubanos que subtraem recursos do Estado, "ameaçando o futuro do socialismo”. Segundo um investigador estatal, os 11 milhões de habitantes tiram um dólar por dia da máquina estatal, em média, para conseguirem sobreviver. O igualitarismo socialista promete distribuir riqueza, mas de fato multiplica a miséria e tiraniza todos.
12 - (Instructions to the 23 Supreme Councils of the World, Albert Pike, Grand Commander, Sovereign Pontiff of Universal Freemasonry, 14 julho, 1889).
13 - Note o leitor que essa revelação é feita em linguagem direta e clara, sem palavreado arcano e confuso que somente estudiosos possam compreender. Hall e Reynold E. Blight são maçons Grau 33, enquanto que o ilustrador é Grau 32. A Macoy Publishing Company é também uma das mais respeitadas editoras maçônicas.
14 - Nomes esotéricos de Lúcifer.
15 - Set, Shet ou Sete (do hebraico שֵׁת apontado, substituto) na presente citação, é uma personagem da Bíblia, filho de Adão e Eva, citado no livro de Gênesis, capítulo 4:25-26. Depois da morte de Abel, Set é indicado como justo e temente a Deus, em contraponto com Caim. No livro do Zohar 1:36b, Set é chamado de "ancestral de todas as gerações dos justos".
16 - TROTSKY, Leon Trotsky. My Life: The Rise and Fall of a Dictator
pages 124-127.
17 - BARROSO, Gustavo. A História Secreta do Brasil, Vol 2, pp. 1. Revisão Editora Ltda. 1991.
18 - Irmão Regis, Convento do Grande Oriente 1928, p. 256. Grifos nossos.
19 - Cf. Vicomte Leon De Poncins. Secret Powers Behind Revolution, A & B Book Dist Inc 1994.
20 - WURMBRAND, Richard. Marx & Satan. Living Sacrifice Book Co, 1986.
21 - KAH, Gary H. En Route to Global Occupation. p. 94. Huntington House Publishers. 1996.
22 - APPLEBAUM, Anne. Gulag, a History, Doubleday, Random House, Inc., 2003.
23 - Matinecock Lodge No. 806, Oyster Bay, NY 1° Matinecock Lodge No. 806, Oyster Bay, New York January 2, 1901 - http://www.srmason-sj.org/ - srmason-sj.org Scottish Rite S.J. USA. 1° October 11, 1911, Holland Lodge No. 8. First Honorary Grand Master of the Order of DeMolay, April 13, 1934.
24 - Studholme Alliance Lodge No. 1591, Rosemary Lodge No. 2851. (Note: The Churchill Society claims he resigned from his Lodges in 1912.) - http://216.239.63.104/search?q=cache:mzSZN4qXElIJ:www.Churchill-society-london.org.uk/lttrs.fmasons.hall.html+winston+Churchill+freemasonry+
resignation+&hl=en
25 - Revista Superinteressante, pp. 88-89, edição 201, Abril, junho de 2004.
26 - Uma releitura interessante sobre o nazismo e sua religião oculta pode ser conferida em The Hitler Conspiracies: Secrets and Lies Behind the Rise and Fall of the Nazi Party, de David Welch, Brassey's Inc, 2002. O livro relata como o partido nazista foi baseado e enraizado nas ciências e no misticismo ocultista. Com boas ilustrações e enfoque acurado, faz revelações sobre os rituais de sangue empregados pelo regime para ganhar a guerra e confirmar esotericamente a idéia de supremacia racial germânica. O filme também resultou em um documentário, denominado Nazis: The Occult Conspiracy - Hitler Documentary. Com depoimentos de historiadores e ilustrado com imagens raras, o vídeo de duas horas mostra a dimensão que as doutrinas esotéricas podem tomar, cegando e motivando à loucura e à crueldade personalidades em cargos proeminentes como Hitler, Goebbles, Göring, Hess e Himmler, etc. Em duas partes, o documentário pode ser conferido em http://www.illuminatiarchives.org/?p=148
27 - The Cutting Edge. http://www.cuttingedge.org/ - acesso em 09/08/07 15:05:47
28 - ELBRIDGE, Clolby. In Hitler’s Shadow – The Myth of Nazism’s Conservative Roots, The Harvard Salient
29 - LINA, Jyri. Architects of Deception, Box 15149 104 65 Stockholm, Sweden.
30 - CBS News - http://64.233.179.104/translate_c?hl=pt-BR&u=http://www.cbsnews.com/stories/2003/10/02/60minutes/
main576332.shtml&prev=/search%3Fq%3Dgeorge%2Bw.%2
Bbush%2Bskull%2Bbones%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR205BR205 - acessado em sexta-feira, 23 de Março de 2007
31 - A Skull and Bones é uma sociedade secreta estudantil dos Estados Unidos da América, fundada em 1832. Foi introduzida na Universidade de Yale por William Huntington Russell e Alphonso Taft em 1833. Foi Russell que trouxe, após seus estudos, em 1832, da Alemanha para Yale. A ordem foi incorporada por Russell Trust Association em 1856. Russell tornou-se, em 1846, membro da assembléia do estado de Connecticut e, em 1862 foi nomeado General da guarda nacional. Alphonso Taft tornou-se Ministro da guerra em 1876, depois Vice-general e embaixador dos Estados Unidos na Rússia em 1884. Seu filho tornou-se mais tarde, primeiro magistrado e depois presidente dos Estados Unidos. Yale é a única universidade com sociedades secretas onde são admitidos somente seniors, quer dizer antigos. As duas outras são Scroll and Key (Rolo e chave) e Wolfs Head (cabeça de Lobo). Os candidatos são exclusivamente homens brancos, protestantes, e são originários habitualmente de famílias muito ricas. Frequentemente, seus pais já eram membros da ordem. No ultimo ano de estudo, são denominados cavaleiros. George W. Bush assumiu publicamente ser um membro da Skull and Bones. (Wikipedia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Skull_and_Bones – acesso em 09/08/07. Cf. CBS News, 60 Minutes. Skull And Bones Secret Yale Society Includes America's Power Elite - http://www.cbsnews.com/stories/2003/10/02/60minutes/main576332.shtml – acesso em 22/09/07.
32 - BAILEY, Alice A. The Externalization of the Hierarchy. p. 448. Lucis Pub; 2Rev Ed edition. 1983. Grifos nossos.
http://www.mensagensdemaria.org

http://a-casa-real-de-rigel.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails