((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

segunda-feira, 28 de junho de 2010

A Reconstrução e a Sucessão.

A Reconstrução e a Sucessão.

“As Listas de Reis Sumérios - um registro de governantes, cidades e eventos organizados em ordem cronológica - dividem o todo formado pela pré-história e história em duas partes distintas: antes do dilúvio e depois do dilúvio. Na primeira época, os “deuses” da família de Anu - também conhecidos como Anunnakis, se considerarmos toda a população que chegou em Nibiru - e seus filhos nascidos de “filhas dos homens”, os chamados semideuses, reinavam sobre a Terra; na segunda, os governantes humanos - reis escolhidos por Anu, depois Enki /EA e nomeados por Inanna - foram interpostos entre os “deuses” e o povo. “
Terra - 11.000 a.C. para 3.200 a.C.
A Reconstrução
ddiluvio
Depois da inundação, os nibiruanos retornaram à Terra para começar a reconstrução. Enki e Enlil - principais herdeiros de Anu - trouxeram sementes, instrumentos para lavoura e o conhecimento de agricultura animal para Noé e sua família. Noé começou a cultivar no sopé do Monte Ararat, onde o submarino com o material genético havia assentado quando as águas baixaram. Ninurta e Nannar - herdeiros do lado de Enil - ajudaram represando e escoando a área circunvizinha, como Enki tinha lhes ensinado a fazer.
Por volta de 10.500 A.C. a Mesopotâmia havia se recuperado juntamente com muitas outras áreas. A Humanidade mais uma vez tinha se multiplicado e disseminado.
A estação espacial foi reconstruída, mas desta vez em um novo local, o Monte Moriah. O Monte Moriah, como vocês sabem, se tornou conhecido como Jerusalém. As outras cidades pré-diluvianas de Nippur, Eridu e o restante também foram reconstruídas. As pirâmides sobreviveram à inundação, mas foi necessário escavar para fazê-las ressurgir novamente, pois estavam cobertas por muita areia e lixo orgânico.
Por volta de 9.000 a.C. tudo havia voltado ao seu pleno ritmo. Enki havia devolvido o governo do Egito aos seus descendentes, Osíris e Seth. Foram os filhos de Enki que construíram as pirâmides com a ajuda dos seus ancestrais os Carians. E este era o seu maior orgulho: trazer para a Terra a atmosfera elevada de Nibiru no início dos tempos para as suas civilizações e empreendimentos no planeta. Muito embora, as pirâmides não tenham impedido a decadência crescente da família de Anu na briga pelo poder.
Marduk havia sido banido do Egito depois do seu desastre Atlantiano – Enki sabia que já não poderia confiar em seu filho Marduk.
Adad, um filho de Enlil, foi enviado para a América do Sul para encontrar ouro, e conseguiu.
enlilsons3ofenkis
Enlil teve ajuda de Nannar e Ninurta (o filho dele e Nin) na administração do restante da Terra. Logo ele teria que escolher um herdeiro também. Ele não teria que aderir à Lei Pleiadiana/Nibiruana, pois, como estava na Terra, novas regras de sucessão poderiam ser feitas.
Este foi o período de tempo no qual a geração mais jovem começou a lutar pelo poder da geração mais velha. A geração mais jovem consistia de, entre outros, Ninurta, Nannar, Utu, Inanna, Seth, Osíris, Ningishzida e claro, Marduk, embora Marduk estivesse neste jogo há bastante tempo. Estes foram os netos mais importantes de Anu.
Neste período, também, os filhos e filhas da Terra, a humanidade terrestre, assume um novo papel, pois é a descendência dos deuses que governará e os jovens deuses serão o poder por detrás do trono. As grandes linhagens terrestres que manterão o poder dos jovens deuses. Também são os humanos na Terra que serviriam para fazer a propaganda daqueles “deuses” que a protegem… o poder e conhecimento que antes viria de uma conexão com o conhecimento estelar original passa a vir da exploração de uns pelos outros… o Kali Yuga acelera, em seus últimos anos, na direção da escuridão e da falta de harmonia com as leis cósmicas.


CONTINUA EM OS YUGA OU ERA E AS LEIS COSMICAS.  NA SEÇÃO "A ORIGEM"

http://a-casa-real-de-rigel.blogspot.com/ 
    
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails