((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 27 de junho de 2010

SAINDO DA ILUSÃO 38 - ARCANJO ANAEL - AutresDimensions

SAINDO DA ILUSÃO 38** - ARCANJO ANAEL - AutresDimensions
"O único problema é que muitos seres humanos, ainda que se abra a porta da prisão deles, não vão querer sair, porque eles não conhecem o que está fora da prisão. Há os que estão, eu diria, confortáveis em sua prisão."


Questão: o que significa estar a Serviço dos outros?

Estar a Serviço do outro não é o Serviço, no sentido físico.
Pode ser um olhar, pode ser uma intenção.
Amar e servir é abençoar cada ser humano que vocês encontram.
Se vocês não puderem abençoá-lo, então, sigam o seu caminho.
Vocês devem amar cada ser humano com quem cruzam, com um olhar, com um sorriso, com uma atenção.
Não lhes é pedido para se engajarem no Exército da Salvação.
Não lhes é pedido para se engajarem, todos, na ajuda das doenças ou na ajuda dita terapêutica.
Entretanto, todo ser humano é capaz de amar.
Amar é uma atenção.
Amar é um olhar.
Amar é uma Vibração.
Isto basta amplamente.
Se lhes acontecer de amar uma dezena de pessoas, em sua jornada, sem julgar, sem se prevalecer do que quer que seja, mas unicamente pela beleza do instante, pela beleza de um sorriso, pela beleza de uma intenção, então, sua Vida mudará completamente, estejam certos.
Amar e servir, é isto.
Não são necessariamente atos complexos colocados em jogo de investimento profissional ou num investimento específico dos seus próximos.
É, antes de tudo, uma atenção e uma atitude.
Amar e servir, é isso.
Olhar com benevolência, olhar sem julgamento e dar seu olhar, seu Amor e abençoar.
A bênção é muito melhor do que a mão que você estende, entretanto, você pode também estender a mão.
Isto é o Serviço.
O olhar, a atenção, a bênção, a ausência de julgamento são o melhor dos serviços que vocês podem propiciar ao conjunto da Humanidade, ao conjunto de seres com quem vocês cruzam.
Vocês não precisam cruzar com milhares de seres a cada dia.
Alguns vivem sós, então, nesse momento, tentem pensar nas pessoas e ame-as.
Aí está, a aprendizagem do Amor é tão simples assim.
***
Questão: desde meu nascimento eu tenho um dom para curar. Este é o meu bom caminho?

Todo dom é um dom do Espírito.
Todo dom manifestado deve ser utilizado, na condição de que ele lhe traga Alegria e leveza.
Não há que se colocar questão em relação a isso.
É o caminho?
O caminho que for simples, o caminho que favorecer e que for favorecido, o caminho que os conduzir a viver a simplicidade, é o seu caminho.
O dom de cura é um dom que deve ser utilizado com humildade.
Inúmeros de vocês foram chamados para viver isso.
Isto pode ser a sua Vida, inteiramente, ou uma experiência temporária.
Vocês não têm que se colocar a questão da justiça ou da não justiça do que fazem.
Se vocês o fizerem, e se isto lhes trouxer Alegria, em vocês e no outro, quaisquer que sejam os meios, então, isto é justo e isto é verdade.
Não deve deixar o mental se exprimir e fazê-los duvidar do que vocês fazem.
A Verdade e a prova não se encontram no nível do intelecto ou do mental, mas, sim nos fatos percebidos em vocês, e percebidos pelo outro, do que vocês fazem.
***
Questão: qual a diferença há entre a Alma e o Espírito?

A Alma e o Espírito são duas coisas profundamente diferentes.
A alma é polarização e atração.
A alma é a ligação entre o corpo e o Espírito.
O Espírito é Liberdade.
O Espírito não é colorido.
O Espírito é Um.
O Espírito é Luz.
A alma é Luz alterada e velada, é aquela que lhes serve para se manifestar nesta densidade, mas você não é a Alma, você não é o corpo, você é o Espírito.
Nesse sentido, isso foi denominado Sementes de estrelas.
Você é animado corpo/Alma/Espírito, mas você não tem a Consciência da totalidade do seu Espírito.
A totalidade do seu Espírito o espera no Sol, trata-se do corpo de Estado de Ser, corpo de Luz, corpo de Cristal, do qual você tem apenas uma pálida cópia e uma pálida ressonância na Vida que você vive.
É como se você tivesse deixado o seu casaco que é, de fato, a sua interioridade, no vestiário, para vir nesta densidade e você esqueceu o que você é e você vive ao nível do corpo, às vezes ao nível da Alma, mais raramente ao nível do Espírito.
O Espírito é leveza.
O Espírito é ausência de polaridade.
O Espírito é Unidade.
Há, portanto, uma grande diferença entre a Alma e o Espírito, mas a Alma permite ao corpo se comunicar, às vezes, com o Espírito.
A Alma é uma camada intermediária que lhe serve, nesta densidade e em sua manifestação, nesse mundo.
Além disso, não há mais Alma, há apenas o Espírito, este Espírito que vocês devem reencontrar porque ele é Eternidade, Estado de Ser, Cristal e Luz.
É este o corpo que você vai reencontrar.
Trata-se, realmente, de um corpo, mas você não tinha Consciência.
Você tinha Consciência, eventualmente, apenas de uma Centelha, de um fragmento da Luz Autêntica, mas você é bem mais do que aquilo.
Você não é esse corpo.
Você não é esta Alma.
O corpo e a Alma são veículos de manifestação que vocês tomaram para se manifestarem nesta dualidade, nesta experiência.
Você é Espírito, em Verdade e em Unidade.
O Espírito não é, portanto a Alma, e ainda menos o corpo.
Em breve, você fará a escolha entre a personalidade e o Estado de Ser, ou seja, entre o corpo e o Espírito.
Em qual você quer viver?
No Espírito, na Eternidade, na Verdade, ou na experiência da dualidade, mas, lembre-se: esta não é mais possível.
Vocês estão, todos, sem exceção, interessados no Estado de Ser e no fato de reencontrar, nos Casamentos Celestes, místicos, o seu corpo de Estado de Ser.
Assim o decidiu a Fonte.
Assim o decidiram os seres os mais elevados que concernem à sua Criação.
***
Questão: de onde vêm as cores muito luminosas que podemos ver agora em meditação?

As cores que você percebe, de olhos fechados, são as luzes da sua 3ª visão.
Ela existe, como disse inúmeras vezes, em diferentes níveis vibratórios.
Cada nível vibratório alcançado, durante as meditações ao nível do 3º olho, ou mesmo ao nível de outros chacras, dá acesso a uma percepção colorida.
Esta percepção colorida assinala um nível de energia.
O 3º olho, assim, pode se apresentar sob diferentes formas, diferentes cores, conduzindo-o para a Luz branca, ao final, mas, entretanto, o que você percebe, o que você vê, de olhos fechados, durante suas meditações, assinala um nível vibratório que você alcançou, obviamente.
A Luz e a cor vistas em suas meditações não são a finalidade.
A finalidade é o som obtido ao nível do ouvido, porque a Vibração é mais sutil do que a cor.
O som é um comprimento de onda, de fato, mais sutil ao nível de sua Alma e de seu Espírito.
Assim, você deve passar por certo número de sons, para chegar além do som e penetrar a Eternidade, lá, onde não há mais cor, lá, onde não há mais som, mas onde há o silêncio da forma, silêncio da cor e silêncio do som.
Naquele momento, você bascula e passa do outro lado, ou seja, na Eternidade.
Naquele momento, lhe é permitido viver o que numerosos místicos descreveram e puderam, infelizmente, apenas descrever de maneira falsa, com palavras, porque isto está além da palavra.
Isso toca o «indizível», e toca o Divino, e não há palavra para isso.
Entretanto, há, efetivamente, aí também, uma montanha a escalar, etapas necessárias e preliminares.
Mas vocês devem bem compreender que essas etapas não são o objetivo.
Vocês devem ir para além da cor, para além da Luz, para além do som, para penetrar os mundos do Estado de Ser e da Eternidade.
É apenas fazendo esse silêncio (assim como o Arcanjo Miguel lhes falou durante os últimos Casamentos e que vocês têm muita dificuldade para realizar devido a certo número de bloqueios que vamos retirar), quando vocês realizarem isto, quando penetrarem o infinito, vocês penetrarão o «indizível», a realidade do que vocês são além desta aparência e desta dimensão.
Naquele momento, o véu se rasgará para vocês e sua Vida não será mais a mesma, porque vocês penetrarão o corpo de Estado de Ser e estarão, assim, rapidamente sobre dois mundos.
Vocês não são deste mundo, mas vocês estarão ainda sobre este mundo porque a sua missão será, então, de retranscrever a linguagem da Luz, a linguagem do Fogo do Amor, não através de palavras, mas uma retranscrição através da Radiação que vocês emanarão, simplesmente, estando na Alegria, involuntariamente, participando da Criação e do Canto da Criação, penetrando essas moradas da Eternidade, penetrando o seu corpo de Luz que os espera, de toda Eternidade, no Sol.
Isto é para breve.
***
Questão: quais podem ser as causas de câncer nas crianças?

O câncer de uma criança não vem da criança.
O câncer da criança vem dos pais.
Ela acolhe, sobre si, a Vibração e sacrifica, de algum modo, o seu corpo, para permitir aos pais se liberarem.
Entretanto, isto não é inevitável.
Inúmeros psicólogos entenderam e demonstraram.
Isto é simples.
Basta reencontrar, na história dos pais, a causa primária e o elemento causador do câncer da criança dentro da própria história dos pais, em seus filhos.
Cada filho com câncer é a história dos seus pais levada como uma cruz.
A criança Interior deve ser encontrada nele ou nos pais responsáveis pelo câncer.
Eles são responsáveis, mas não há culpa a ter.
É a sua Vibração perturbada, ligada à sua própria vivência, que se manifesta em sua prole, por meio de transferências genéticas, transgeracionais.
Esta é uma conscientização importante a alcançar.
Assim, ajudar seus filhos é um ato de Amor e de Graça, mas ajudar os pais é o que soluciona, do mesmo modo, e de modo muito importante mesmo, a história do filho.
Assim, convém decodificar, descobrir a história da criança enferma, não unicamente na criança atingida pelo câncer, mas, bem mais, em um dos dois pais.
O fato de descobrir essa criança Interior enferma em um dos dois pais permite, muito frequentemente, aliviar o sofrimento da criança que o tomou sobre si e lhe permitir, naquele momento, atingir muito mais facilmente sua criança Interior, qualquer que seja o grau de sofrimento.
Existe, literalmente, nesse caso, pela conscientização, uma explosão do vínculo transgeracional e Revelação total da Unidade, na criança e no pai (ou na mãe).
Assim, cada câncer assinala o alcance psicológico de um arquétipo importante, em meio à história de um dos dois pais, ou mesmo dos dois pais.
O poder do amor não é o Amor.
Inúmeros pais não chegam a compreendê-lo e a vivê-lo.
A pressão, assim nomeada, colocada sobre o filho, o adoece e o sufoca, literalmente.
***
Questão: poderia nos falar do Diabo e de Lúcifer?

O Diabo não tem de ser visto como um personagem com chifres, mesmo se vocês o criaram a partir do zero.
Lúcifer não é o Diabo.
Lúcifer é um anjo rebelde que tentou criar uma dimensão, sem a concordância da Fonte.
Ele não quis perdê-los, ele não quis conduzi-los à sua perda.
Ele quis fazê-los encontrar a Unidade e a Divindade através de um caminho que a Fonte não concordou.
Ele é todo o contrário do Diabo.
E daquele a quem vocês chamam de Deus.
Deus e Diabo é o mesmo personagem.
Existe uma Fonte Pai/Mãe Una, indestrutível e quando vocês pronunciam a palavra Deus, o Diabo não está longe.
Obviamente, crer em Deus é crer no Diabo.
Deus pune.
Deus é vingador.
O Diabo está exatamente na mesma dimensão.
A Fonte não é Deus.
É necessário que vocês aceitem que aquele que vocês chamam de Pai, e aquele que o Filho nomeou Pai, não é Deus, no sentido Bíblico.
Deus e Diabo são a mesma entidade que se opõe à sua liberação.
É o que tem sido chamado de Arcontes, que os fizeram crer que vocês eram seres de Liberdade, nesta Matriz.
Eles os colocaram na jaula e na prisão fazendo-os crer que era a Liberdade.
Isto lhes será revelado e vocês terão muito em breve a confirmação.
Isto lhes será revelado em Consciência e em Verdade.
Quando Maria lhes falar individualmente, vocês compreenderão que são todos seus filhos, que não há Deus e que há uma Deusa, uma Criadora, que é Maria.
E que ela tem um Filho e que esse Filho foi gerado dela mesma.
Ele é Cristo.
Cristo ou KI-RIS-TI, ainda chamado de Ressuscitado, aquele que vem, NIB-IRU, lhes trazer a Luz.
Não há Deus, não há Diabo.
Há apenas falsificadores que tomaram esses dois nomes e os escravizaram, desde centenas de milhares de anos, nesta Ilusão.
Assim, progressivamente e à medida que a Humanidade se desenvolveu e a própria falsificação do Cristianismo, o que aconteceu?
Os homens oraram.
E quanto mais eles oravam, mais eles eram atacados pelo Diabo, obviamente.
Orando a Deus, vocês chamam o diabo.
Afastando o Diabo, vocês chamam Deus.
E, entretanto, é a mesma entidade que os engana e que prega uma peça em vocês, literalmente, desde milhares de anos.
Existe uma Fonte que é totalmente Amor.
Existe um Pai / Mãe Una que é a sua Fonte primária.
Mas, quando vocês pronunciam Diabo, isto equivale a pronunciar Deus.
Eu sei que isto é muito, muito difícil de aceitar.
Vocês viveram tantas e tantas vidas pronunciando esse nome que não é a Verdade, mas que é a falsificação desejada pelas forças da Sombra, que hoje não existem mais em sua dimensão.
Existem apenas homens que as serviram e que tentam manter o seu poder sobre a Humanidade.
Vocês devem aceitar isto.
Se vocês se afastarem do Diabo e de Deus, vocês reencontrarão a Fonte e reencontrarão o Amor.
O Amor infinito de Maria, o Amor infinito dos Arcanjos e dos Seres de Luz.
Vocês devem reencontrar a sua Unidade.
A sua Unidade não passa por qualquer Ser exterior levando-os à sua Unidade.
Nem Deus, nem Diabo.
Há apenas vocês que podem aceder à sua Unidade, por vocês mesmos.
Tentem.
Deem um passo para a Unidade.
Deem um passo para além do que regeu as suas vidas, desde tanto e tanto tempo, e vocês encontrarão a Verdade.
E a Verdade os libertará, assim como disse Cristo.
Procurem o Reino dos Céus, procurem o Pai, procurem a Fonte, mas ali não vejam Deus.
Deus e Diabo são um Arconte.
Eles são uma Criação daqueles que os controlam e os têm controlado desde tanto e tanto tempo.
Vocês terão a Revelação formal muito em breve.
Esperem viver momentos que eu qualificaria de emocionantes, porque se trata da Revelação do Apocalipse.
O Apocalipse não é sofrimento, é Revelação, é o momento onde as máscaras caem e inúmeras máscaras confinaram vocês, literalmente.
O único problema é que muitos seres humanos, ainda que se abra a porta da prisão deles, não vão querer sair, porque eles não conhecem o que está fora da prisão.
Há os que estão, eu diria, confortáveis em sua prisão.
Então, vocês devem mostrar o Caminho da Luz e mostrar que, na Unidade, não há nem Deus, nem Diabo, há apenas Amor, Alegria, Unidade.
A dualidade é uma falsificação da Criação, ela existe apenas para que vocês se unam e unicamente para que vocês se unam a ela.
Obviamente, ela não vai desaparecer, simplesmente, mudando o ponto de vista em dois minutos.
Mas se vocês aceitarem esse ponto de vista e aceitarem viver as primícias da Alegria, da Unidade, do Amor da Criadora e da Criação, do Pai / Mãe Fonte Una, vocês superarão já certo número de contingências ligadas aos esquemas nos quais vocês se lançaram.
Vocês foram criados livres.
Entretanto, foram inseridas em vocês sementes de falsificação e de aprisionamento.
É disso que vocês devem se libertar, hoje.
Eu sei que as minhas palavras não são agradáveis, sempre, de ouvir, mas elas sinalizam a Verdade a mais autêntica.
***
Questão: como um Arcanjo, como Lúcifer, pode agir em desacordo com a Fonte?

Bem amado, por uma razão que é muito simples: vocês são, nesta dimensão e nas outras dimensões, quer vocês sejam um Anjo, um Arcanjo, um humano, um Anjo em transformação, ou quer vocês pertençam a dimensões não humanoides, vocês são Criadores e, enquanto Criadores, vocês são livres de criar o que vocês quiserem.
A única necessidade, quando criam algo (e mesmo os Elohim fazem isso) é acompanhar a sua Criação até o final do ciclo.
Assim, Arcanjos se opuseram à Fonte.
Eles propuseram algo que a Fonte não quis.
Entretanto, isto se traduziu por uma amplificação da Luz.
Assim, quando lhes é pedido para não julgar, nós mesmos não julgamos.
Aqueles que os escravizaram, não devem, tampouco, ser julgados.
Porque esses seres, que, hoje, estão na Sombra, serão, em outros tempos, seres ainda mais luminosos do que vocês.
Nada se perde nas Criações, tudo se transforma.
Não existe, contrariamente ao que quiseram fazê-los crer, a aniquilação da alma ou do Espírito.
Todo Espírito criado vai até o final, que é se juntar à Fonte.
Existem numerosas moradas na Casa do Pai, existem numerosos caminhos para a Casa do Pai.
Os caminhos da Criação são múltiplos e infinitos.
Algumas experiências, em particular esta dualidade, esta atração desta densidade, que foi chamada erroneamente de Queda, corresponde a uma experiência.
A Fonte, como ela mesma disse, deixou essa experiência se levar em certo número de ciclos.
Hoje, ela não deseja mais que a experiência prossiga, porque vocês devem reencontrar a Luz.
Assim, existiu, durante o combate vivido no mês de agosto (2009), nos planos da Luz, uma rendição das forças da Sombra, em massa, que se renderam à Luz e que se tornaram Luz, pelo processo do Perdão.
Não há limite à Graça e ao Perdão da Fonte.
Não há limites ao Amor de Maria.
Cada filho, mesmo rebelde, é seu filho.
Mesmo aquele que vira as costas à Luz é respeitado pela Criação da Sombra.
Isto lhes é difícil de compreender, mas, entretanto, faz parte da experiência desta dualidade.
Então, sim, quando o Cristo lhes disse para não julgar, você não sabia o que tinha à sua frente.
Somente os grandes seres são capazes de ler a alma e o Espírito daqueles que estão à sua frente, porque eles veem as linhagens espirituais, eles veem o caminho da alma e do Espírito.
Então, aí, sim, eles podem efetivamente dar uma opinião, mas, em nenhum caso, julgarão.
O assassino de hoje, o pecador de hoje, será o Santo de amanhã, assim como lhes disse a Fonte e eu repito a sua frase: «não há pecador sem futuro, não há Santo sem passado».
Meditem nesta frase, ela responde à totalidade do que vocês têm a viver.
***
Questão: como superar as dificuldades para expressar o Amor?

Vocês não foram habituados a expressar o Amor.
Vocês não foram elevados para expressar o Amor.
Vocês foram elevados na contenção.
Vocês são seres de contenção.
E, no entanto, em vocês brilha um Fogo devorador de Amor e é preciso expressá-lo.
Não há técnica, não há meio a dar para de realizar isso.
Deem o primeiro passo.
Peçam aos Arcanjos e peçam a Maria para abri-los à realidade do Amor em sua Vida.
Peçam-lhes a manifestação do Amor da sua Presença, a fim que vocês mesmos se tornem como ela.
E vocês verão que as coisas realizar-se-ão.
Quando Maria lhes diz que ela responde a todos os pedidos, esta é a estrita Verdade.
Agora, ela está aqui.
Não duvide jamais.
***
Questão: qual diferença você faz entre a Fonte Pai / Mãe Una e Maria?

Será extremamente delicado explicar, com palavras, que não existe qualquer diferença entre Maria, a Criadora, e a Fonte Pai / Mãe Una.
Maria não é uma entidade feminina, no sentido que você entende.
Maria é andrógina, assim como os Arcanjos são andróginos.
Nós não conhecemos a dualidade dos sexos.
Nós somos o sexo, na totalidade, no sentido em que você entende, mas isto escapa ao seu campo de compreensão e ao seu próprio campo de percepção.
Assim, por vezes, eu expresso a noção de Fonte Pai / Mãe e, por vezes, eu exprimo a noção de Divina Maria Criadora.
Mas se trata, em última análise, da mesma, não entidade, mas da mesma Consciência.
Por vezes ela se manifesta como entidade masculina, fazendo-se chamar Pai ou Babaji.
Entretanto, Maria jamais foi reencarnada, no sentido que vocês entendem, e jamais tomou corpo desde a sua Assunção.
Ela está presente nas dimensões unificadas.
Maria está presente na 18ª dimensão e da 11ª dimensão.
Ela fica perto do Sol, numa Embarcação de Luz, pronta a se manifestar e a recolhê-los e a acolhê-los.
A sua Presença é percebida, cada vez mais, por inúmeros seres humanos.
Existe, entretanto, uma diferença entre a Presença de Maria e a Presença da Fonte Pai / Mãe Una.
Existe uma diferença de polaridade, como se você olhasse duas luzes ou um cristal, segundo duas faces diferentes.
Mas a realidade abrangida é sensivelmente a mesma.
É mais fácil, entretanto, pela sua polaridade dual, devido a esta encarnação nesta dimensão, para vocês, estar em contato com a Fonte Una Mãe Maria, do que com a Fonte Pai Babaji.
***
Questão: você falou do Pai como Babaji e Omraam Mikhaël falou ultimamente do Pai como Abba. Abba Eli.

Trata-se exatamente da mesma entidade.
O Cristo na cruz disse «Eli Eli lama sabachtani».
«Meu Pai, meu Pai, por que me abandonastes?».
O Pai, assim nomeado por Cristo, também traduzido Abba ou Babaji, na linguagem da Vibração original, corresponde à Vibração da Fonte.
Segundo as tradições e segundo as tomadas de forma que não passam pela encarnação, mas por um processo de Criação de um corpo adulto, o Pai pode tomar a forma que quiser, manifestar-se sob a forma que ele quiser.
Tanto como uma gota d’água em um planeta, como em um sistema solar ou no universo.
Em alguns casos, ele cria um corpo e se manifesta no Interior desse corpo.
É difícil para vocês aceitarem que a totalidade possa se reduzir a um corpo.
E, no entanto, isto acontece.
A Fonte é onipotente, onipresente e pode estar presente no grão de areia, como no Sol que explode em toda galáxia, do mesmo modo.
Ele é Consciência absoluta, pode decidir e criar uma forma e ali habitar durante certo tempo.
Este foi o caso, há algumas dezenas de anos, de um ser que vocês chamaram de Babaji Haidakhan.
Cristo, quando falou de seu Pai que o enviou, falou da mesma entidade, que se chamou em grego Abba e em aramaico também Abba.
***
Questão: o que está mais próximo da Luz estaria além mesmo das cores?

Sim.
O termo exato é a Vibração.
A verdadeira Luz é Vibração, ela não é cor, mesmo se a cor for manifestação da Vibração.
Entretanto, adquirir a Vibração corresponde à Luz da Vibração, e corresponde à Realidade.
Muitas pessoas falam de Luz.
Muitos seres humanos veem luz, com os olhos fechados.
Mas esta luz não é a Vibração.
Assim, existem falsas luzes que não são Vibração.
A Luz é, antes de tudo, Vibração.
Se ela não for Vibração, você não tem qualquer meio de verificar o que ela é.
***
Questão: e quanto ao futuro do casal, sabendo que se vê cada vez mais casais de mulheres, de homens e que há igualmente muitas mulheres sozinhas?

Este é o caso da sua dimensão.
Este não é o caso de dimensões além da sua dimensão.
A noção de casal, tal como a conhecem, a noção mesmo que alguns de vocês chamam de «alma gêmea» ou de «chama gêmea», não é mais que uma deformação da Verdade.
Acedendo aos mundos unificados além da sua dimensão e, portanto, ao que vocês chamam de quinta dimensão, vocês descobrirão lugares onde nada é partido, onde nada é separado.
A Consciência unificada funciona, regra geral, sob a forma de 24 unidades de Consciência, que corresponde à organização da Luz na quinta dimensão.
Não pode haver casal, no sentido que vocês entendem, a partir do momento em que as energias se fundem com o ambiente, no sentido amplo, assim como lhes descreveram ainda alguns desencarnados nas comunicações, mesmo do mundo astral, correspondentes à perda de seus corpos.
Quando vocês encontram uma entidade, vocês trocam uma Vibração.
Isto poderia ser assimilado, por vocês, a uma relação sexual, mas, obviamente, isto não é uma Relação de corpos, mas de Vibração.
Vocês são chamados, nos multiversos e nas dimensões unificadas, para viver este aspecto energético.
Vocês não serão mais separados, vocês não terão mais necessidade de viver o que vocês chamam de casal.
O que não quer dizer que as almas não sejam afiliadas ou reunidas de uma maneira ou outra.
Mas vocês não poderão mais estar isolados e fechados dentro de uma relação, qualquer que seja.
Porque toda Relação será, por definição, aberta.
***
Questão: os chiados no ouvido podem também ser zumbidos e não o som Si?

O que você chama de zumbido é apenas a visão mórbida do seu despertar à energia da sua alma, bem amado.
Você deve, portanto, parar de chamar o que é sinal da alma, de zumbido.
Inúmeros seres humanos hoje têm esta percepção e esta Vibração.
Existem inúmeros sons no ouvido esquerdo (ou direito, aliás), assinalando o seu contato com a Unidade da alma e do Espírito.
Assim, mesmo se isto for penoso, traduzem, entretanto, a irrupção da Luz e da Vibração da sua densidade.
Perceber esse som é o sinal da ativação em você de certo número de canais que trabalha em você a fim de liberá-lo.
Alguns têm isso desde muito tempo.
Outros o descobriram com os Casamentos Celestes e isto vai se fortalecer.

Não se trata de doença, ainda menos de zumbido.
***
Questão: é possível, no curso dos processos de transformação atuais, que estados, ligados à Luz e que contatamos ultimamente, se manchem ou desapareçam?

Obviamente, bem amada.
O que você chama de Luz não era Vibração.
O que você chama de Luz era manifestação astral e emocional.
A abertura aos canais superiores e à dimensão superior passa pelo fechamento de portas astrais.
Assim, a clarividência não é a vidência.
Assim, o acesso à Luz da Vibração não é a luz e a informação obtida pelos canais astrais.
É necessário aceitar isto.
Novas portas se abrem, portas antigas se fecham.
Isto é indispensável.
Você não pode reivindicar a Luz e a Vibração da Luz e manter os canais emocionais e astrais.
***
Questão: como se faz se, paralelamente a isto, sente-se uma perda de energia?

Uma porta se fecha, a outra não está ainda aberta.
Não há estabilidade, há oscilação entre o emocional e a Luz da Vibração.
Não há estabilização, portanto, isto é vivido como um luto e uma perda e não corresponde à Verdade, ao estabelecimento da Verdade.
Não estando na aceitação da Verdade nova, há desperdício de energia, porque a energia não pode se encarnar.
A porta que está aberta, nova porta ao nível da cabeça, não pode penetrar o espaço sagrado do coração.
Então, ela permanece na cabeça e gira em perturbação mental e em agitação mental.
A personalidade quer a todo custo recriar o que perdeu e isto não é possível.
***
Questão: como superar então isto, para encontrar o caminho?

É preciso, para isso, aquiescer, acolher e aceitar que o que deve desaparecer realmente desapareceu.
Não é preciso se apegar às coisas do passado, quaisquer que elas sejam.
Mesmo se certo número de dons foi muito agradável de viver, eles não são a Verdade.
A Luz astral não é a Luz da Vibração.
Isso, é preciso compreender.
A Luz astral é apenas o reflexo da Luz da Vibração.
Ela é Ilusão, como o é a personalidade.
Então, para abrir algumas portas de acesso à Luz da Vibração necessita fechar as portas da Luz astral e da personalidade.
A partir do momento em que isto estiver integrado, aceito, o caminho pode se desenrolar e as portas podem se abrir.
Há, portanto, um trabalho de revolução e de luto a fazer.
Não há necessidade, bem ao contrário, de reativar o que está morto e que deve morrer.
************
Trecho da mensagem do Bem Amado ARCANJO ANAEL no site francês:
20 de setembro de 2009
***

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Transcrição e edição: Zulma Peixinho
************
P.D.A - http://portaldosanjos.ning.com
http://a-casa-real-de-rigel.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails